O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

domingo, 8 de agosto de 2010

O Lado Escuro do Desejo - Michelle Reid


Durante dez anos, Rebecca voltou as costas ao passado, decidindo aceitar a traição de Jay Lorence e começar uma nova vida. Mas agora, nada podia afastá-la do leito de sua mãe; nem sequer para enfrentar Jay de novo... depois de tudo, ele jamais se incomodou em averiguar o que aconteceu a adolescente que fugiu de Thornley, jurando nunca retornar, nem como sobreviveu a garota cujo amor e confiança ele rejeitou com tanta crueldade...

Palavras de uma leitora...

-Vou deixar claro, antes de mais nada, que senti vontade de matar esse tal de Jay. Ele teve motivos para se revoltar contra o destino, mas não tinha o mínimo direito de bater na Rebecca. Ele já é grande o suficiente para aprender a controlar seu temperamento. Caramba, a bofetada que ele lhe deu foi tão forte que tive que parar de ler por alguns minutos para não começar a discutir feito uma louca com a personagem de um livro! Ou seja, um ser não-vivo! Senti muita vontade de esmurrá-lo! E fiquei também com muita raiva da Rebecca por não ter revidado. Tudo bem que essa frase dela que culminou com a bofetada foi cruel, nojenta e baixa, mas ela não o agrediu, logo, não merecia ser agredida: "É meu filho, Jay. Meu! Ouviu? A única parte que você proporcionou para criá-lo foi uma breve ejaculação de animal no cio". Baixa, né? Ela pagou com um forte bofetão. Mas acho que ela deveria ter revidado, pois seria certo ele retrucar com palavras e não com tapas. Eu penso assim: bateu levou! Se um homem bate numa mulher ela deve revidar e vice-versa... rsrsrs.... Por esse motivo perdoo alguns mocinhos-vilão da Charlotte Lamb, pois às vezes eles batem depois de apanharem. Mas não são todos!

-Senti muita compaixão da Rebecca e fiquei feliz pelo sucesso que ela fez depois de ser tão humilhada e traída na vida. Inclusive, pela sua própria mãe que a expulsou de casa para proteger o próprio pescoço. A mãe dela se arrependeu e ficou se atormentando com a culpa por ter abandonado a filha no momento que ela mais precisava, mas eu acho que no lugar da Rebecca não a teria perdoado tão fácil. Ela estava doente, e daí? E o que poderia ter acontecido com a Rebecca quando teve que sair da pequena e única cidade que conhecia para se virar na vida grávida e com 16 anos de idade? Quantos males existem no mundo? Quanta maldade? Ela era só uma menina e foi muito humilhada... Era dever da mãe dela protegê-la acima de tudo, mas ao invés de fazer isso, só ajudou a pisarem em cima dela.

-O pai de Jay também foi um verdadeiro canalha. Ainda bem que morreu! Não fez falta pra ninguém. Gente, tenho que dizer o penso, pois detesto hipocrisia. Na minha opinião foi muito bom ele deixar de existir. Ele não pagou para tirar a vida de um ser indefeso ainda dentro do ventre da mãe?

-Não achei justo todos culparem a louca da Olivia, pois ela não foi a única culpada e já que estavam distribuindo perdão, por que não a perdoaram também? Por questão de economia? Um perdão a mais um perdão a menos não faz muita diferença, verdade? rsrsrs...

-Rebecca foi uma verdadeira guerreira. Acho que seu gênio forte e rebelde e sua determinada força de vontade a ajudaram muito. Imagine-se na situação dela... Você teria a mesma força? A mesma coragem ou simplesmente desistiria? Eu não tenho a resposta para essa pergunta. Ano passado passei por sérios problemas de saúde e se não fosse por Deus e o apoio de pessoas queridas, teria desistido. Então, não sei como reagiria se estivesse na situação da Rebecca. A admiro por sua força.

-A história é muito boa.... Apesar da parte da surra, gostei muito do livro. Michelle Reid tem o dom para criar mocinhos arrogantes, autoritários, porém apaixonados.

Um pequeno resumo:

Jay e Rebecca cresceram, praticamente, juntos. Embora, Jay passasse a maior parte do ano num internato. Eles se tornaram melhores amigos e logo, amantes. Rebecca só tinha 16 anos quando fizeram amor pela primeira vez... Tudo foi lindo e natural. Eles se amavam muito, mas o amor deles não foi suficiente para vencer a oposição.... E isso causou muito sofrimento e os afastou por dez longos anos.

Jay teve que ir trabalhar na América e uma semana depois, Rebecca descobriu que estava grávida. Ela sentiu medo e tudo que mais queria era ter Jay ao seu lado lhe dizendo que tudo ficaria bem e que ele cuidaria dela... Mas nada disso aconteceu. O pai de Jay a humilhou e fez acreditar que seu filho negava a paternidade do filho de Rebecca e que queria que ela abortasse. Expulsou Rebecca de lá e ordenou que ela abortasse e não voltasse nunca mais. Ela ficou muito ferida e chocada e como se não bastasse, sua mãe gritou com ela, ordenou que ela se livrasse do filho e também a expulsou de sua vida, ordenando que jamais regressasse. Rebecca foi embora jurando jamais voltar... Mas por ironia do destino, sua mãe fica muito doente e tudo que mais deseja é ver a filha que um dia abandonou....

Dez anos já havia se passado e Rebecca já não era mais a jovem que sempre sorria, independente de tudo. No lugar dela nasceu uma mulher fria e amargurada que só sabe sorrir para o filho que é sua razão de viver. A criança que todos queriam que morresse, mas que ela lutou e se sacrificou para criar.

A doença da mãe de Rebecca provoca o reencontro dos amantes que jamais conseguiram se esquecerem do amor que sentiam um pelo outro.... Mas as mágoas do passado prometem conspirar contra eles... E será que dessa vez terão forças para resistir ao que vier?

 

4 comentários:

Anônimo disse...

Oi sou fa de Lynne Grham mas nao consigo encontrar para baixar Feitiço do deserto, Marcados pela paixão e Em nome do desert se conseguires coloca para baixar. Gosto imenso do blog bgd xau bjs.

Luna disse...

Olá Anônimo!

Vou procurar pelos livros, tá bom? Espero poder te ajudar. O último livro é "Em nome do deserto" ou "Em nome do Desejo"?

Se achar, coloco os links aqui.

Bjs!

Bella disse...

Amei o seu site, achei super interativo.
O livro Feitiço do deserto já está disponível p/download no 4shared.
Bjo.

Luna disse...

Olá Bella!

Seja bem-vinda!

Muito obrigada.

Bjs!

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.delua@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.