O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Depois do Amor - Sally Wentworth


Depois de um naufrágio no Caribe, Samantha perdeu a memória. E ficou desesperada quando acordou num bote salva-vidas junto com um estranho que insistia em dizer que era seu marido! Na ilha deserta onde foram parar, Samantha vivia um inferno e um paraíso, pois Mike a tratava com uma intimidade perturbadora. Como o marido que ele dizia ser, exigia todos os seus direitos. Sim, ele era um homem forte, seguro e agressivo... um homem verdadeiramente sensual. Mas uma suspeita começou a atormentar Samantha. Será que Mike estava dizendo a verdade?


Palavras de uma leitora...

Não posso falar muito do livro. Ele todo é cheio de mistério. E se eu começar a falar sobre ele acabarei revelando os segredos.

Tenho a declarar o seguinte: Amei o Mike e sua persistência. Ele foi muito corajoso e amoroso. Tinha que amar mesmo a Samatha para suportar tudo que suportou. Odiei o pai da Samantha, que não se importava com outra coisa que não fosse poder e dinheiro. Entendi a Samantha, até porque ela não sabia nada sobre a própria vida.. Não tinha memória. Tinha que acreditar no que os outros diziam sobre ela. E quando as pessoas dizem coisas opostas? Fica complicado. E no final, ela teve que acreditar somente no que seu coração dizia.

2 comentários:

Beatriz Solano Pinzon disse...

Esse é um dos raros romances em que torci para o mocinho encontrar outro amor. O livro vale a pena ler somente por causa do Mike... Um cara muito apaixonado que lutou muito para ficar com a mulher amada, enfrentou o pai dela e a corja toda dele pra resgatar a lesada da mocinha... A mocinha aff que estúpida, idiota, totalmente manipulável e BURRA. Foi uma barbaridade, um crime, o que o pai e o médico fizeram com ela e a imbecil ainda foi conivente achando que o pai estava certo, só isso já era motivo suficiente para o mocinho dar-lhe um tremendo pé na bunda. Achei o cúmulo que enquanto o mocinho era espancado toda vez que tentava resgatá-la, ela andava aos beijos e excitada com o namoradinho comprado pelo pai, por isso o tal amor dela não convenceu, assim como a tal amnésia não justifica certas atitudes...

Luna disse...

Já não lembro muito dessa história. Mas tenho muitos problemas com essa autora, Beatriz. E entendo sua revolta! As mocinhas da Sally Wentwhorth são muito permissivas e tolas.

Faz séculos que não leio nada dela. Não cheguei a odiar as duas histórias que li. Deusa de Pedra é um livro bem complicado, mas não cheguei a odiar completamente o livro.rsrs Só que após ler Depois do Amor não tive vontade de seguir lendo os livros dela. Não creio que voltarei a lê-los um dia.

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.