O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

domingo, 27 de junho de 2010

A Noiva do Deserto - Lynne Graham

DESTINO: JORDÂNIA

ATRAÇÕES: Desertos, montanhas, castelos... e um príncipe fascinante!

Bethany estava desesperada para impedir sua deportação da Jordânia, e só Razul, a quem tentara desesperadamente esquecer, podia ajudá-la.
Estivera envolvida com ele dois anos antes, mas não fora capaz de lidar com um homem tão orgulhoso e passional.
Bethany tinha de permanecer na Jordânia. Entretanto, a renovação da “amizade íntima” com Razul teria seu preço... e o preço estipulado por ele foi o casamento.

Palavras de uma leitora...

Me diverti muito com essa história no início. Não consegui sentir raiva de nenhuma personagem, exceto, dos pais de Bethany.
Senti piedade daqueles dois apaixonados orgulhosos e teimosos. Eles nasceram um para o outro e o que os separava era o orgulho e a teimosia. Eles são idênticos no gênio. Os ataques de ambos são dignos de uma comédia... E o amor de um pelo outro é contagiante, apaixonante, fascinante! Gostei muito da história e das personagens. Bethany e Razul conquistaram meu coração...

Um pequeno resumo:

Bethany conheceu Razul na Inglaterra, quando ele passou um tempo na universidade... Ele era um mulherengo e nunca havia recusado ou recebido uma recusa de alguma mulher antes... Até conhecer Bethany. Ele fez de tudo para levá-la para cama, mas ela manteve-se distante... E até fugiu para o Canadá! Embora não cedesse, estava completamente apaixonada pelo príncipe, mas eles pertenciam a mundos diferentes. E também havia o choque de culturas. Embora negasse e sua profissão não permitisse, Bethany tinha preconceitos contra os jordanianos... Mas amava-o com todo o coração e tudo que queria era pertencer à ele pra sempre... E seus desejos são atendidos dois anos depois. Sabe como?

O príncipe Razul nunca esqueceu a mulher de cabelos vermelhos que incendiou seu coração e conseguiu a permissão do rei para que se casassem. O problema era fazê-la ir até a Jordânia. Problema esse que ele resolveu com facilidade utilizando-se de seu poder e riqueza. Preparou uma armadilha para Bethany e a fez chegar no seu país... Onde ele ditava as regras. Manteve-a numa doce prisão até o dia do casamento... E mesmo com todos os contras, a fez sua. Brigas, diferenças culturais, orgulho e teimosia ameaçam essa relação... E cansado de sofrer, Razul abandona sua esposa... Mas uma gravidez preparada por sua doce mulher pode mudar seus planos... rsrsrs... O que será que vai acontecer? Será que a prisioneira voltará para a liberdade ou permanecerá para sempre cativa?

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.