O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

terça-feira, 6 de julho de 2010

A Amante do Grego - Lynne Graham

O multimilionário grego Andreas Nicolaidis nunca tinha estado com a mesma mulher mais de três meses... Até que Hope Evans apareceu em sua vida... e em sua cama. No entanto, inclusive depois de dois anos de relação, Andreas não tinha a menor intenção de pedir a Hope que se casasse com ele.

Hope desejava mais, por isso quando Andreas a acusou injustamente de tê-lo traído, soube que devia abandonar o homem que amava e começar de novo. O que não suspeitava então era que tinha ficado gestante...
Aquela gravidez ia mudar muito a idéia que ele tinha do casamento...


Palavras de uma leitora...
 
Arrogante, injusto, insensível e juiz como todos os mocinhos da Lynne Graham.
 
Bem... Ultimamente, tenho lido livros da Lynne Graham seguidos. Por isso, decidi que o próximo livro que lerei será um livro da Helen Bianchin. Sempre me acalmo quando leio seus livros.
 
Andreas foi injusto com a doce Hope... Nenhuma novidade, né? Me irritei tremendamente com ele e ia classificá-lo como mocinho que não posso perdoar... Porém, ele me fez perdoá-lo (um pouco) depois que tentou reconquistar a Hope e convencê-la que seria um bom marido...
 
Gostei do fato da Hope ter amigos de verdade e de ter talento para desenho... Ela criou bolsas que fizeram sucesso entre as mulheres e fez fortuna, ou seja, eles (Hope e Andreas) ficaram em pé de igualdade em relação ao sucesso financeiro. Não gosto quando as mocinhas são inferiores aos mocinhos.
 
Um pequeno resumo:
 
Hope havia dedicado dez anos da sua vida à sua mãe que estava doente... E qual foi sua recompensa? Sua mãe deixou todos os seus bens para o irmão de Hope. Ela não se importou, fez tudo de coração... Mas aos vinte e oito anos, ainda não tinha formação universitária e tinha adiado seu sonho de estudar desenho.
 
Conheceu Andreas após uma entrevista de emprego fracassada. Ela estava perdida e ele tinha acabado com o carro após quase matá-la atropelada. Estava nevando e eles precisavam de um lugar para ficar. Juntos num abrigo, a atração se tornou irresistível e ambos se entregaram à paixão. Hope entregou à ele duas coisas preciosas pra ela: sua virgindade e seu coração. E ele não valorizou nenhum dos dois.
 
Ela ficou sendo sua amante por quase dois anos, mas nunca se considerou sua amante. O amava e ele sabia disso... Mas não se importava. Só a queria para o seu prazer. Não a apresentou aos seus amigos, familiares...Sequer morava com ela e ela não tinha permissão para visitar seu apartamento nem seu escritório. Qual era o papel que ela ocupava em sua vida? Por mais que quisesse negar e pior do que amante... Ela era a prostituta do Andreas. Palavra forte, não? Mas foi exatamente assim que ele a tratou... Como se tivesse pagando por ela.

A única vez que a apresentou à um familiar, foi um verdadeiro desastre. Elyssa, irmã de Andreas, a chamou de "puta do meu irmão". Exatamente assim. E a acusou de ter se agarrado com outro homem. Andreas acreditou nas acusações da irmã e expulsou Hope de sua vida... Ela foi. Sofreu, chorou... E muito mais ao descobrir que estava grávida... Como será que Andreas reagirá à notícia? Será que lhe irá propor casamento? E será que Hope aceitará um casamento sem amor?

Respondendo a última pergunta: ela não aceitará um casamento sem amor. Está na hora do juiz virar réu. Está na hora dele ser julgado... E Hope faz questão de colocá-lo à prova. Ele a humilhou e maltratou demais para chegar com um pedido de casamento estúpido e achar que ela tem que aceitar e esquecer tudo que aconteceu... Mas a Hope dele mudou e graças a ele. Foi ele que a fez ver que o mundo não é cor-de-rosa e que não pode ser boazinha com todo mundo. Ele a fez conhecer o ódio e a frieza. Dessa vez Andreas não pode resolver tudo com sexo... Será que ele conhece outra forma de resolver esse problema?

Hope faz Andreas finalmente perceber que o mundo não gira ao seu redor...

Gostei muito da Hope, mas não gostei da família dela. Um bando de egoístas. A mãe dela foi ingrata até nos últimos momentos de vida... E o irmão dela só procurou lhe ajudar depois que sua vida já estava perfeita. Ela teve que se virar sem dinheiro, profissão e casa... O irmão de Hope é um imbecil! Toda sua família é! Só ela salva o nome da família... Acho que essa mocinha nasceu na família errada.

2 comentários:

Leu disse...

oi querida, tem selinho pra vc lá no meu blog. Bjs

http://romancesforever.blogspot.com/2010/07/selinho-livro-eterno-er.html

Beatriz Solano Pinzon disse...

RECOMENDADÍSSIMO. Para quem gosta de romance florzinha é uma estória linda com um mocinho muito apaixonado, mas é aqueles casos em que o mocinho morre antes de admitir que está de quatro pela mocinha. E a irmã do mocinho uma mulher vulgar, mimada e egoísta, se aproveita da situação para envenenar o irmão contra a mocinha criando toda uma confusão e separando o casal. Mas o que é lindo é o arrependimento e o sofrimento dele quando descobre a armação da irmã. Adorei!

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.