O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

sábado, 31 de julho de 2010

Diários do Vampiro- O confronto - L.J Smith


2º Livro da Série Diários do Vampiro


O amor pode matar.

Elena conseguiu o que queria: Stefan é seu. Por outro lado sua semelhança com Katherine faz com que ela seja irresistível também a Damon - e ser amada por dois vampiros pode ser fatal.



Depois de ceder a Elena, Stefan acredita que o amor pode redimi-lo. Só que a chegada de Damon o faz temer pela vida de sua amada, e ele a cerca de cuidados. Mas, conseguirá Stefan protegê-la de si mesmo?



Damon escolheu Elena para ser sua companheira nas sombras, e a atração entre os dois é inegável. Belo e charmoso, ele se aproveitará de tudo e todos para conquistá-la. E não irá se arrepender depois.


***

Elena: perdidamente apaixonada, Elena tem certeza de que encontrou em Stefan um amor para a eternidade. Mas a cada vez que Damon se aproxima, fica evidente um vínculo profundo entre os dois.


Damon: determinado a conquistar Elena e destruir o irmão, Damon se infiltra no cotidiano de Fell`s Church. Sedutor e implacável, em pouco tempo ele está freqüentando a casa de Elena - e brincando com seus sonhos.


Stefan: ameaçado por Damon, Stefan não suporta a idéia de perder Elena. E está disposto a arriscar tudo e ir contra seus próprios princípios para protegê-la.


- Há muito tempo, quando transformou Damon e Stefan em vampiros, a bela Katherine nunca imaginou que separaria os irmãos para sempre. Seu coração pertencia aos dois, mas ambos a queriam para si. A batalha pelo coração da jovem culminou em sua morte e num pacto de vingança entre os irmãos Salvatore.


E a história se repete em Fell`s Church, séculos depois. Refém do acaso, Elena Gilbert não demora a perceber que se, existe algo mais arriscado do que estar apaixonada por um vampiro, é ser desejada por dois deles. Enquanto Stefan luta para controlar seus instintos, Damon persevera na missão de conquistar Elena: mas o perigo espreita o destino dos três.



Palavras de uma leitora...

Mais uma vez, peço desculpas pelos dias que fiquei longe do blog. Como disse antes, não foi minha culpa, mas sim do infeliz do técnico que fez besteira e deixou minha internet sem funcionar.


- Demorei um pouco, mas finalmente comprei o segundo livro da série. Eu poderia lê-lo em e-book, mas não queria. Preferi esperar um pouco e valeu a pena. Agora estou ansiosa para ter o terceiro livro.


- O livro é apavorante. Tive momentos de sentir imenso horror. E a capa do livro???!! Parece até que o Damon está olhando para você!!! Fiquei com tanto medo que quando terminei de ler, virei a capa do livro para baixo...rsrsrs... A história para num momento crucial.... Deixa você louquinha para saber o que acontecerá depois.


- Antes de conhecer profundamente a série da L.J Smith, eu conheci a série de TV que foi baseada na história, mas que mudou muita coisa. Não assisti a série toda... Na verdade, não peguei o início, mas assisti alguns capítulos.


Na série de TV, não sei se foi só comigo, você acaba se afeiçoando mais ao cruel, sedutor e maravilhosamente lindo, Damon. Na série ele parecia gostar da Elena. Lembro de um capítulo no qual ela está com o carro na estrada... Não lembro se ela está fugindo dele ou o que é, só lembro que ele se aproxima dela... Ela parecia estar com medo, mas ele não a machuca. Ele parecia, na série de TV, sentir algo profundo por ela... O jeito como a olhava... Lembro também que assisti um capítulo no qual ela o salva, acho que é no mesmo capítulo, de um homem ou vampiro, sei lá, que queria matá-lo. Parecia que havia mais romance entre a Elena e o Damon do que entre ela e o Stefan.


- Já na série do livro, o Damon é muito cruel e é difícil a gente gostar dele. Ele fica brincando com a Elena, a amedrontando e chantageando. A cena que achei muito triste e revoltante, foi quando Damon ameaçou machucar a Margaret, a irmãzinha de quatro anos de Elena, se ela não o deixasse sugar o sangue dela e matá-la ... Ele a mata??? Não posso dizer... A transforma em vampira???

- Damon é muito cruel. Ele ataca Elena na casa de Bonnie, a fere sem dó nem piedade. Se a amasse não faria o que fez... Não procuraria feri-la e fazê-la sentir medo dele. O que Damon sente é uma grande obsessão e inveja. Como nos séculos passados, Damon sempre quer tudo o que Stefan tem de valor. Primeiro foi Katherine e agora é Elena... E como no passado, sua maldade vai acabar causando a morte. Embora, eu ache que quando Bonnie, a amiga de Elena, falou que a Morte estava esperando por Elena, eu não ache que era Damon. Não sei... Parece que existe algo mais... Algo a ver com a ponte... Acho que se Damon quisesse matar Elena, não precisaria esperar que ela chegasse na ponte proibida. Podia matá-la onde quisesse. O que quer que seja, acho que só pode atingir Elena na ponte.


Veja um trecho das visões de Bonnie sobre Elena:


“- Elena - disse sua voz - não vá à ponte. É a Morte, Elena. Sua morte a espera ali.”


-Apavorantes essas palavras, não é? Eu fiquei horrorizada. Sei que a Elena morre em um dos livros. Lembro que li isso numa das sinopses da história, mas não queria que fosse nesse livro. E não é. Não considero spoiler, porque a sinopse do próximo livro revela: Elena vai virar uma vampira. Não gostei muito da idéia porque a série ainda está no início e queria que ela permanecesse humana por mais tempo, mas quem decide não sou eu...Fazer o quê?? rsrsrs...


- Não gostei muito das ausências do Stefan, não. Cadê ele quando a Elena precisa??? Por que ele não chegou na casa de Caroline para salvá-la do Damon? Por que ele não chegou para salvá-la quando Damon entra na casa dela e ameaça sua irmãzinha? Por que ele não a salvou quando aquela coisa horrível a perseguiu? Por que ele não a salvou quando ela gritou pela ajuda dele? Ele nunca estava perto o suficiente e nunca chegava a tempo. Era sempre o Damon. O Damon teve até que salvá-la de si próprio.


- Disse, anteriormente, que a gente não gosta muito do Damon nessa história... Porém, analisando minhas próprias emoções... Acabei de perceber que gostei mais dele do que do Stefan. Não gostei da maldade do Damon, mas era sempre ele quem estava por perto... Nunca era o Stefan. Stefan nunca era forte o bastante e seu papel de mártir chegou a estressar um pouco. Ele tinha que agir. Tomar uma atitude. Lutar por Elena e protegê-la de tudo. Mas ao invés de fazer isso, estava sempre faltando a escola, se ausentando, sofrendo, sofrendo e sofrendo... Tá bom! Sabíamos que ele estava sofrendo, mas ele parecia querer dar ênfase a palavra “sofrimento”.


- Elena ainda não é lá essas coisas para mim... Mas simpatizei um pouco mais com ela nessa história. Parece que ela parou um pouco de querer que o mundo gire ao seu redor. Parece ter se tornado mais humana e se importar mais com os amigos.


No primeiro livro ela parecia apenas usar as pessoas que dizia ser seus amigos e eu fiquei com raiva dela... Mas agora ela quis proteger Bonnie e Meredith. Isso sim é amizade.


- Não farei um resumo pessoal porque sei que revelarei a história toda...rsrsrsrs..


Quero terminar a resenha com a frase do Damon (acho que isso me coloca em contradição com minhas próprias palavras, não é? Parece que o Damon conseguiu me impressionar mais nesse livro... É que existe um curto momento no qual parece que ele se importa com a Elena. Se Damon teve a ver com a transformação de Elena, vou odiá-lo, mas se como suspeito, não teve... Posso mudar de opinião. Aliás... Não sei com quem Elena fica no final. Alguém sabe?):


“O INVERNO ESTÁ CHEGANDO, ELENA. UMA ESTAÇÃO IMPLACÁVEL. ANTES QUE O QUE INVERNO ESTEJA AQUI, TERÁ SE UNIDO A MIM. VOCÊ SERÁ MINHA.

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.