O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

sábado, 31 de julho de 2010

Marcas de Amor - Lynne Graham


Eles resolveriam pendências do passado... Do modo dele!


Assombrado por uma infância de ilegitimidade e pobreza, Valente Lorenzatto jamais perdoou Caroline Hales por tê-lo abandonado no altar. Agora, ele ganhou milhões, reivindicou sua herança aristocrática veneziana... E está determinado a ter sua vingança. Valente arruinará a família de Caroline ao se tornar dono de tudo o que têm... A menos que ela lhe dê o que lhe negou cinco anos atrás...


--- Sei que não acredita, mas não quero seu maldito dinheiro... Apenas segurança para meus pais e os funcionários.
--- Não existe nada que me obrigue a casar com você! --- despejou Valente com ênfase desdenhosa. --- Você é uma bruxinha mentirosa, fingida e mercenária. Tire essa idéia de casamento da sua cabeça de uma vez por todas.


Caroline manteve o queixo erguido.
--- Receio que seja a única opção que possa aceitar...
--- Mas o que eu ganharia com isso... Além de me sacrificar? --- retrucou ele sem ocultar a ironia, e ultrajado por Caroline ter mencionado tal possibilidade, depois de tê-lo deixado esperando no altar, cinco anos antes.
--- Então aceite o fato de que jamais serei sua amante, Valente. Sem dúvida chegamos a um impasse --- disse ela, erguendo o queixo, abrindo a porta, e voltando à escada com toda a dignidade que ainda conseguia manter.
--- Eu iria querer um filho...


Palavras de uma leitora...

Primeiramente, gostaria de pedir desculpas aos leitores, pois abandonei o blog por alguns dias. Não foi por minha culpa, mas por problemas de conexão com a internet.


- Estou feliz porque dessa vez li um livro da Lynne Graham ao vivo e a cores. Era último livro na banca e também é um lançamento desse ano. Vou guardá-lo para sempre, apesar de ter tido vontade de matar o mocinho vingador da história.


-Valente é um idiota. Entendo perfeitamente o que ele passou. Realmente não foi pouca coisa e até eu teria me revoltado. Mas não é porque todos os rejeitaram que Caroline faria o mesmo. Se ele a amasse tanto como dizia amar, teria verificado o motivo dela não ter comparecido ao próprio casamento. Ela o amava, enfrentou a família por ele, mas no fim, ele foi embora jurando se vingar sem ao menos ler suas cartas... Se tivesse lido teria evitado que ela passasse por tanto sofrimento

- Esse livro nos ensina a nunca confiar completamente num amigo ao ponto de dividir um casamento. Caroline cometeu o pior erro da sua vida ao se casar com seu “melhor amigo” após Valente ter partido para não voltar. Ela cedeu a pressão da família e se casou com Matthew Bailey, um desgraçado que dou graças por ter morrido. A Terra não precisava de um canalha desses. Ele destruiu o amor-próprio da Caroline, a humilhou, ridicularizou e agrediu. E o que sua família fez a respeito??? Nada! Matthew era o ídolo deles. O genro perfeito. Aff!!!!


- Por causa de Matthew, Caroline ficou com pavor de sexo. Real pavor... Nem Valente foi capaz de fazê-la perder o medo tão fácil. Caroline rejeitou Valente, atingindo seu ego e fazendo-o odiá-la. Ele demora um pouco para perceber que o problema de Caroline é sério e não é em relação a fazer sexo com ele (amor não, porque Valente mesmo disse que não a ama e não quer o amor dela), mas com qualquer homem em geral. Mas mesmo quando Valente acorda para a realidade ainda é um pouco grosseiro e no lugar da Caroline, eu o teria mandado catar coquinho na China.

- Achei que Valente não merecia que Caroline o perdoasse tão fácil. Ela tinha que tê-lo deixado e feito ele sofrer antes de perdoá-lo. Droga, ela apanhou por causa dele! E o que ele disse sobre isso? “É hora de dormirmos um pouco”. Por favor! Ela merecia palavras mais carinhosas!!!


- A Lynne Graham cisma com a virgindade de suas mocinhas. Tudo bem ela gostar que suas mocinhas sejam virgens e só percam a virgindade com sua “alma gêmea”, mas isso é até um pouco machista. Na verdade é muito machista. Os mocinhos nunca são virgens e sempre tem muitas amantes, mas se as mocinhas tiverem amantes são consideradas vadias, prostitutas... Peraí! Assim já está demais! Mas adoro os livros dela e posso agüentar seu machismo... Isso me incentiva a não colocar mocinhas virgens nos meus livros...Rsrsrs...

Um pequeno resumo:

Caroline foi adotada por seus pais quando só tinha três anos. Eles a amaram da maneira que sabiam, mas eram e sempre seriam pessoas esnobes.

Caroline estava cansada de ser criada para ser uma “perfeita dama” e decidiu fazer um curso profissionalizante mesmo contra a vontade dos pais. Também conseguiu um emprego temporário na empresa dos pais e foi onde ela o viu pela primeira vez...

Valente não passava de um caminhoneiro na época e sonhava se tornar um grande empresário... Mas seus sonhos não foram suficientes para fazer a família de Caroline o aceitar. Eles o desprezaram, rejeitaram e despediram. Achavam que a princesinha deles não merecia se casar com a “ralé”. Caroline se rebelou contra sua família amada e aceitou se casar com Valente, mas por força das circunstâncias, não pôde comparecer ao casamento, deixando Valente esperando no altar... Valente não leu nenhuma das cartas de Caroline e não queria saber de seus motivos... Ele foi embora, deixando-a à mercê de sua família manipuladora...


Cinco anos se passaram e Valente regressou... Para se vingar de todos que o rejeitaram e seu principal alvo é: Caroline Bailey.

Valente tem beleza, riqueza e poder, mas lhe falta algo: Caroline. Mas será que ele finalmente a terá? Ou será que sua sede de vingança só destruirá o amor que ela ainda sente por ele?

A história é boa. Se não me engano, tem todos os elementos principais das histórias da Lynne.


Eu sofri com a Caroline. Simpatizei muito com ela. Foi a única personagem da Lynne que não se deixou levar pela luxúria. Ela soube falar para Valente as palavras certas e o tratou com ironia e até mesmo desprezo. O que me irritou nela foi sua facilidade para perdoar Valente.


“Como bem sabe, não há nada sentimental em nosso acordo, portanto, falar de amor é ridículo. Mantive minha parte no trato financeiramente, e agora espero que faça o que paguei para fazer”. Sabe o que ele a pagou para fazer?? Sexo e filho. Nossa! Fiquei furiosa com aquele infeliz! Ela o amava tanto... Havia declarado seu amor à ele e ele desprezou seu amor sem piedade... Desprezou seu amor! Ele merecia penar para recuperar o amor que ela o oferecia gratuitamente. Adorei a seguinte frase dela: “ Sem problema. Mas não se esqueça que se colhe o que se planta”. E os trechos dessa frase: "Irei superar essa humilhação. Claro que sim... Porque não vejo em você o homem que já amei...”


- A aparição da recente ex-amante de Valente na casa deles foi uma péssima piada. Já não bastava haver peças de roupa da ex na casa? Precisava haver ela também? Não fiquei nada contente com essa cena e acho que Caroline deveria ter feito alguma coisa.

Mas a Caroline, mesmo com seus defeitos, ganhou minha simpatia, pois ela soube ser fria e indiferente como Valente.


- Há uma outra frase da Caroline que achei fantástica. Nessa frase ela joga na cara de Valente como era grande o amor que ele dizia sentir por ela: “Apenas não me amava o suficiente, Valente. Ao me dizer agora que nunca mais sentirá o mesmo por mim outra vez, é porque nunca sentiu muita falta, não é mesmo? Se me amasse de verdade teria engolido o orgulho e procurado conversar comigo... Mas não fez isso. Grande amor você sentia por mim! Deu as costas e me esqueceu”.


...“Se me amasse de verdade teria engolido o orgulho e procurado conversar comigo... Mas não fez isso. Grande amor você sentia por mim! Deu as costas e me esqueceu”.

3 comentários:

betebordaeira disse...

OLÁ luna, estou adorando seu blog.Um LUXO!!!Gostaria ter ter o ling para baixar este livro "Marcas de Amor". Não achei o ling dele.

Anônimo disse...

Consegui encontrar

http://download854.mediafire.com/xc9ip30c3dvg/99436xo4aa2yfob/Marcas+de+Amor+-+Lynne+Graham.rar

adoro seu blog Bjuss

Denise Queiroz

Luna disse...

Olá Denise!

Que bom que vc conseguiu. Tenha uma boa leitura. O livro é muito bom apesar de estressante...rsrs...

Bjs1

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.