O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

terça-feira, 13 de julho de 2010

Um Casamento Diferente - Lynne Graham



Agora Leah entendia por que durante os cinco anos que estava casada, seu marido a tinha ignorado completamente: seu pai tinha chantageado Nik para que se casasse com ela. Mas quando Leah decidiu esquecer o doloroso passado e construir uma nova vida junto ao homem que realmente a amava, Nik apareceu dizendo que já estava preparado para o casamento e que a partir desse momento ela ia dormir em sua cama...

Palavras de uma leitora...

Ler esse livro não estava nos meus planos atuais. Estou no momento que quero ler os livros da Helen Bianchin. Mas, visitando o blog da LILITH, encontrei o Top 10 dessa semana. Quando vi o nome "Lynne Graham" fui logo correndo ler. Sabia que ainda não havia lido esse livro porque nunca esqueço um título.

Deixei os livros da Helen Bianchin de lado um pouco e mergulhei na leitura desse livro.  É óbvio que o livro me irritou. Já leio os livros da Lynne ciente de que ficarei com vontade de esmurrar alguém. Acho que os livros da Lynne me prendem porque sempre tem uma ótima trama. As mentiras, omissões, traições e paixões desenfreadas em meio ao ódio me fascinam. Isso não quer dizer que eu gosto de como o mocinho trata a mocinha. Longe disso. Sinto vontade de estrangulá-lo. Às vezes fico com raiva da mocinha também por ser fraca e se deixar levar pela luxúria.  O que me fascina é a história em si, o enredo, o drama... É claro que às vezes quero distância dos livros dessa autora. Minha relação com ela é cheia de altos e baixos. Normalmente perdoo o mocinho, mas tem vezes que ele não obtêm meu perdão, não.

- O que detesto nos livros da Lynne é a chantagem e a vingança. Mas esses elementos também deixam a história mais interessante.

Sei sempre o que esperar dos livros da Lynne. Ela é uma ótima profissional no seu ramo.

- Uma coisa que não entendo é por que ainda não coloquei os livros dela na categoria "MUITO HOT". Os livros dela são quentes, mas não me deixam tão enjoada como o livro "A Última Virgem"- Dorie Graham, me deixou. Até agora só coloquei nessa categoria os livros que me deixam com vontade de vomitar...rsrsrs...Livros muito quentes não me atraem.

-Agora acho que já está na hora de falar da história.  Então, vamos ao que interessa!

Esse livro me irritou, mas o considero um dos melhores livros que a Lynne já criou. A história é muito boa mesmo e tem mistério... E a gente só descobre o segredo quando o livro está quase no fim. As atitudes do mocinho são justificadas realmente. Posso dizer que dessa vez o mocinho também foi vítima. Nessa história, tanto a Leah quanto o Nik são vítimas dos outros. Ambos sofreram muito. E claro que foi a própria família de ambos que provocou esse sofrimento. Tem vezes que nossos familiares são mais perigosos do que os estranhos... 

Nessa história há um elemento novo: o mocinho comete adultério, infidelidade ou o nome que quiserem dar. É verdade! Ele realmente traiu a esposa. Traiu a Leah. No primeiro ano de casamento as traições foram mais frequentes... Nos outros quatro anos, diminuiu, mas não deixou de existir. Ele não dormiu com a Leah durante esses cinco anos e a traiu por rebeldia... Essa rebeldia foi contra o pai de Leah e ela acabou estando no meio da confusão toda. Cadê a inocência do Nik? Onde ele é a vitima? Até agora a única vítima foi a Leah... Só que o Nik foi realmente obrigado a se casar com a Leah. O pai da Leah chantageou o Nik utilizando-se de um certificado que o Nik pensava que tinha o poder de destruir a vida de um familiar que ele amava muito.

Bem... Vamos ao resumo!

Um pequeno resumo:

Leah só tinha dezessete anos quando viu Nik pela primeira vez. Ela era ingênua e se apaixonou à primeira vista. O romance poderia seguir o curso natural e ter terminado, de qualquer forma, em casamento. Mas o miserável, nojento e sujo pai da Leah usou a chantagem para fazer com que Nik se casa-se no momento que ele queria... Antes que Leah e Nik tivessem tempo suficiente para se conhecerem melhor. O pai de Leah revelou a Nik um segredo doloroso e ameaçou mostrar esse papel à mídia. Foi um golpe muito baixo. Embora estivesse apaixonado pela Leah, o Nik quis se rebelar contra aquele casamento imposto. Como tinha que se casar e permanecer casado, decidiu que não se manteria casado realmente. Passou a sair e dormir com outras mulheres e evitar sua esposa. Viveu assim durante longos cinco anos... Leah quase não o via. Aguentou a situação durante muito tempo. Enfrentou todos os olhares de piedade das pessoas... Até o momento que conheceu alguém que parecia lhe amar e lhe tratou com respeito, carinho, afeto. Passou a se encontar sempre com esse homem. Trocavam beijos e carícias. Leah decidi pedir o divórcio. É aí que Nik decidi que quer ser verdadeiramente casado com sua esposa... Só que agora ela não o quer mais... Como será que fica essa situação?

Como disse, os dois são vítimas. No princípio, achei que o tal certificado não existia ou não tinha a importância que Nik lhe dava... Mas quando descobri do que se tratava percebi que na situação dele também ficaria revoltada. É desumano alguém se aproveitar do passado, dos problemas e sofrimento das pessoas... Foi mesquinho. Tanto Nik quanto Leah sofrem bastante. É claro que ela sofre mais. Poxa! Ela foi traída. Mas o desespero do Nik quando ela quer deixá-lo e mais tarde quando ela vai embora, mostra o quanto ele está arrependido... Ele tenta usar de mentiras para mantê-la ao seu lado. Acredita que ele disse que não dormiu com outras mulheres durante aqueles cinco anos? rsrsrs... Mas tanto a Leah quanto os leitores sabem que ele dormiu. Mentir não foi a melhor solução, então, ele confessa a verdade.

Ele fica tão desesperado que parece querer voltar no tempo. Mesmo ferindo seu orgulho, deixa a traição da Leah passar... Ele pensa que ela ama o outro e tenta convencê-la a ficar com ele. Diz que não vai mais fazer perguntas sobre ela e o outro homem. Que vai deixar pra lá. Chega a ser engraçado. "Você foi mais sincera comigo do que eu mereço, pethi mou. Se te perdi foi por minha culpa". Gostei bastante dessas frases. E houve muitas outras. Ele pede perdão várias vezes e fica morrendo de medo de perdê-la.

A história é maravilhosa!!! Muito bonita mesmo. E toca num ponto crucial: a traição. Você no lugar da Leah teria perdoado o Nik? Acho que a música "Tudo por nada" do Paulo Ricardo, descreve bem os sentimentos da Leah. Achei a história dos dois muito bonita, humana e triste.

2 comentários:

Beatriz Solano Pinzon disse...

Não sei nem o que dizer desse romance. Acho que os dois foram vítimas do velho, porém a mais sofrida foi a Leah, ela era apenas uma adolescente de 17 anos. Nick era adulto aos 25 anos, sabia muito bem o que se passava e porque a desprezava. Mas Leah ficou muito tempo no escuro sem entender porque o marido a desprezava tanto. Ela tinha uma carência de amor muito grande e Nick só contribuiu mais pra isso, foi extremamente cruel com ela durante 05 anos. Pra Nick não foi tão difícil assim, pois ele levava a vida que queria, vida de um completo solteiro, como ele mesmo confessou não se considerava um homem casado e vivia rodeado e saindo com muitas mulheres, enquanto Leah levava uma vida insípida e solitária. Ele somente prestou atenção nela quando outro homem apareceu, sem contar que Nick era muito pretensioso por achar que Leah o amava incondicionalmente, ele sequer percebeu que ela tinha crescido e amadurecido. Não sei se ela deveria ter perdoado tantas infidelidades e humilhações!

Luna disse...

Olá, Beatriz!

Na minha opinião, essa é uma das mais tensas histórias que a Lynne já escreveu. As coisas são muito complicadas e o mocinho realmente se comporta como um verdadeiro canalha. Há traição, abandono, descaso. E concordo, ele só percebeu a existência dela quando outro a quis. Muito fácil assim! Não foi ele quem sofreu as consequências daquele casamento forçado. Leah suportou tudo sozinha. No lugar dela eu não perdoaria.

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.