O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Esposa Conveniente - Kay Thorpe


CASE-SE COMIGO... AGORA!


Liam Bentley sempre foi um homem determinado. E, quando descobriu que Regan Holmes dera à luz a um filho seu há sete anos atrás, decidiu que a queria como esposa!

Quando conheceu Liam, Regan ficou impressionada com seu poder, sua ambição e sua habilidade sexual. Agora, mais experiente e mais sábia, devia saber um pouco mais sobre a vida. No entanto, de algum modo, quando Liam exigiu que se casasse com ele, ela disse sim!


Palavras de uma leitora...

- Antes de mais nada, gostaria de dizer que não sou fã do livro: "Encontro com o Destino" - Kay Thorpe. Tmabém não gostei muito do livro: "Noites de Amor e Ódio" da mesma autora. Os dois livros nem parecem escritos pela mesma autora. Será que existem duas escritoras Kay Thorpe? Daqui a pouco irei fazer alguns comentários nas postagens desses dois livros.

-Já o livro: "Esposa Conveniente" achei perfeito. Humano. Muito humano, aliás. É bom quando o mocinho não é um cara totalmente perfeito... Correto. Liam agiu como um pefeito canalha! E não merecia que Regan o perdoasse tão fácil, não. Mas na verdade ela não perdoou tão fácil... Em cada oportunidade jogava na cara dele o passado e eu gostei muito disso. Sabe por quê? Ele mereceu!

- Sabe o que ele fez? Começou um relacionamento com Regan, fez amor com ela, lhe fez juras de amor e depois disse que não podia mais namorar com ela, pois ia se casar... Com outra! E sabe por que ele ia se casar com outra? Porque precisava de uma esposa "adequada" para poder subir na carreira. Isso foi muito, muito cruel. E não senti nem um pouquinho de pena pelos inúmeros chifres que a "esposa adequada" colocou nele. Ele mereceu cada um dos chifres. E podia ter passado por muito mais...

-Confesso que no lugar da Regan não o teria perdoado nem agora nem nunca. Ele fazia parte do passado e no passado eu o deixaria. Mas entendo que Regan o tenha dado uma segunda chance. Ela o amava demais e ainda havia duas crianças que precisavam ser consideradas... Sempre disse para minha mãe que aceitaria me casar com um homem que já tivesse filhos. Adoro crianças e nunca as desprezaria, pelo contrário, amaria cuidar delas... Mas no caso da Regan é mais complicado. Sabe por quê? A Melanie, filha de Liam, não é uma criança que ele já tivesse antes de conhecê-la. A Melanie é filha da mulher "adequada" por quem Liam a rejeitou. Não estou dizendo que seria correto ela desprezar a menina... Nada disso! Estou dizendo que é complicado aceitar um relacionamento com um homem que tinha uma filha da mulher por quem a trocou... Melanie é a prova viva de que Liam fez amor com a outra... É a prova de que estiveram muito juntos... Enquanto Regan passava noites e mais noites lembrando de Liam e de como era estar em seus braços, de como era fazer amor com ele... Liam passava noites e mais noites fazendo amor com a outra. Não é fácil aceitar essa situação. Eu acho que nunca aceitaria.

- Liam se arrependeu de tudo que fez e queria Regan de volta. Ele não a merecia, mas realmente estava arrependido. Acho que se ele pudesse voltar no tempo nunca a teria deixado. Mas isso é impossível, né? Então, ou deixavam o passado no passado e seguiam em frente juntos como se ele nunca tivesse existido, ou, cada um seguia seu caminho sem olhar para trás... Só que nenhum dos dois teve forças para escolher a segunda opção. Eles se casam, embora digam que pelas crianças, se casam porque se amam muito.

Um pequeno resumo:

Regan já havia sofrido demais no passado. Foi rejeitada pela mãe e pelo pai e expulsa de casa. Teve que seguir seu caminho sem a ajuda de ninguém e tinha tudo para ter um bom futuro. Ela era inteligente, corajosa, forte e persistente. Tinha sonhos muito altos, mas os jogou fora ao conhecer Liam. Ele a seduziu... Ela se deixou seduzir por ele. Acreditava que ele era o homem da sua vida e que iria se casar com ela. Entregou-se à ele sem pensar. Queria ser dele, estar com ele, ser amada... E passou semanas maravilhosas, mas seu conto de fadas teve fim no dia que ele a deixou para casar com outra mulher... Uma mulher que, para ele, era mais adequada à sua posição social e o faria subir na carreira. 

Regan sofreu muito e, como se já não bastasse, descobriu que esperava um filho do homem que destruiu seu coração. Pensou em abortar e se tivesse abortado, talvez conseguisse ter uma vida melhor. Mas não teve coragem. Seu amor pelo filho que crescia em seu ventre foi mais forte e ela se sacrificou por ele.

Teve que contar com a ajuda do governo na época da gravidez e depois de um tempo, encontrou um emprego. Depois conseguiu outro emprego como secretaria na empresa Longman e foi numa festa onde acompanhou seu patrão, que o destino fez com que ela o reencontrasse após sete anos...

Reencontrá-lo mexeu muito com suas emoções e num momento de loucura e ataque de ciúmes, revelou a quem não devia que tinha um filho com Liam. Isso faz com que Liam a persiga e proponha casamento... No princípio foi um pedido, mas depois ele teve que chantageá-la e usar o filho de ambos para fazê-la aceitar ser sua esposa.

O casamento começa com conflitos... Liam queria formar uma família com Regan, mas essa família já estava formada e vinha com uma filha que não era de Regan... Uma filha da mulher por quem ele a rejeitou... uma criança linda que não tinha culpa de nada, mas que seria uma constante lembrança da outra mulher... Sem contar que a família de Liam não aceitava Regan e ainda por cima havia o ciúme e a arrogância de Liam. E podemos contar também com a amargura de Regan, que o havia aceitado novamente em sua vida, mas não conseguia esquecer o passado e confiar em seu marido.

Será que esse casamento pode dar certo?

-A história é maravilhosa mesmo. Não consegui largar o livro até terminar de lê-lo. Adoro livros com pessoas que não são perfeitas. Pessoas que são realmente humanas. Embora Regan fosse uma boa pessoa e gostasse da filha de Liam, ela não deixou de jogar na cara dele que Melanie não era filha dela. Achei isso muito humano, pois ela não tinha que simplesmente passar uma borracha no passado e facilitar as coisas para ele. Ele a havia rejeitado e merecia que ela o lembrasse desse erro... Aliás, ela foi a maior prejudicada.

- Liam não amava Regan no passado... Ele a usou. Gostava de ser um mulherengo e mesmo sabendo que ela era virgem, quis dormir com ela. Queria ser o primeiro e não se importou em ferir seu coração. Mas ele pagou por esse erro ao se casar com a mulher "adequada" e ser traído inúmeras vezes por ela e ainda ser abandonado. Ele foi infeliz e gostei bastante disso, mas ainda acho que ele merecia chorar lágrimas de sangue...rsrsrsrs...

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.