O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

sábado, 11 de setembro de 2010

Sombras do Passado - Helen Bianchin


Quando o casamento de Shannay com o bilionário Marcello Martinez acabou, ela voltou para seu país levando um segredo precioso...

Agora, quatro anos depois, Marcello encontrou a esposa e descobriu que ela escondeu dele que ti­nham uma filha!
Marcello fará Shannay pagar por tê-lo enganado, trazendo-a de volta para sua vida... e para sua cama?




Palavras de uma leitora...

-Um livro digno de ser colocado na lista dos melhores! Eu amei essa história... Tudo. Adoro histórias sobre casamentos em crise e, embora a deles não fosse difícil de ser resolver, era difícil de se resolver...rsrsrs. E tudo isso por falta de uma coisa essencial num relacionamento: a confiança. E quem foi que não confiou? A Shannay. Os dois são responsáveis pela dolorosa separação de quatro anos atrás? Sim. Mas a separação poderia ter sido evitada se Shannay encarasse seus medos e os problemas de frente e não fugisse como uma covarde.

-Shannay brigou com o marido e quase destruiu o casamento por causa de apenas estúpidas palavras de uma rival invejosa. Ela preferiu acreditar nessa mulher do que no homem que amava. É demais, né? Marcello também cometeu erros ao tentar resolver cada briga com sexo. Isso poderia ser prazeroso, mas não era a resposta à questão. E Shannay era muito tola na época e profundamente insegura... Já não acreditava mais no amor de Marcello, embora não tivesse reais motivos para isso. Tudo que ela tinha eram as palavras da rival e sua imaginação muito fértil.

- O que mais amei na história é que Marcello desejou se vingar e não conseguiu. Sabe quando o amor é forte demais e não permite que corações sejam machucados? O amor de Marcello não permitiu que ele se vingasse e eu adorei isso. Adorei tudo na história...

Gostei também da determinação do Marcello. Ele não desistia dela, não importava o que ela fizesse ou dissesse. Fiquei profundamente decepcionada quando ele a deixou ir de novo, mas quase pulei de alegria quando soube o porquê. Fui uma tola por acreditar que aquele homem tão determinado iria desistir tão fácil da razão de sua vida. A teimosa e cabeça-dura, Shannay Martinez.

-A história é bem leve, sem muitas complicações, sem um enredo desgastante e complicado... Tem um pequeno toque de drama, muita sensualidade, romance.... Brigas violentas que sempre terminam em paixões íncontroláveis.... É perfeito.


Um pequeno resumo:

Shannay esatava loucamente apaixonada por Marcello... Vivia uma vida que qualquer mulher invejaria e pensou que nada poderia estragar sua felicidade.... Até....

....Uma ex-amante de seu marido começar a infernizar sua vida com insinuações perigosas e cada vez mais dolorosas. Os seus nervos ficaram à flor da pele e ela sabia que não aguentaria conviver por muito tempo com a dúvida que foi plantada no seu coração.

Brigas violentas começaram a fazer parte da rotina do casal e o casamento foi caminhando cada vez mais rápido para o fim. Shannay não acreditava na inocência do marido e nada que ele fizesse ou dissesse a convenciam de que ele era inocente.

Shannay passou a viver num inferno particular e não aguentou o tormento: fugiu no meio da noite da casa de Marcello, do país de Marcello e... De Marcello.

Quase quatro anos se passam e Shannay vive feliz ao lado de sua pequena filha, fruto de seu amor por Marcello. A vida dela estava indo bem. Ela era uma moça inteligente e amorosa e havia conseguido criar a filha sem dificuldades e acima de tudo, sem a ajuda do dinheiro de Marcello. Aliás, ele sequer sabia da existência da filha e ela não tinha a mínima intenção de deixá-lo saber... Porém o destino considera isso um absurdo e decide interferir...

É aí que o reencontro eletrizante acontece... Shannay e Marcello ficam cara a cara novamente e dessa vez, ela não poderá fugir da paixão... Ela não tem a menor chance.

4 comentários:

Anônimo disse...

Oi. Amei o seu blog. O seu gosto é muito semelhante ao meu, adorei as suas resenhas (são verdadeiras resenhas, muito bem redigidas). É super útil pois eu sempre gosto de ler as opiniões alheias na hora de escolher um livro. Muitos parabéns. Vou continuar vindo sempre aqui. Beijos. Carla

Luna disse...

Carla,

Seja bem-vinda!

Muito obrigada pelo elogio. Fico feliz que tenha gostado do blog.

Tbm gosto muito de saber a opinião de outros leitores antes de ler um livro e fico decepcionada quando não encontro ninguém que tenha dado sua própria opinião sobre determinado livro.

Volte sempre!

Bjs!

Beatriz Solano Pinzon disse...

Olá Luna,

Eu acho que nós lemos versões diferentes do mesmo livro rsrsrsrsr! Acabei de ler pela 2ª vez esse romance, pois já tinha lido a quase um ano atrás e no final a deixei minha opinião em outro blog, que coincidia com outro comentário de outra leitora de lá. E as dúvidas de ambas eram:
"Eles se separaram no passado, mas ninguém sabe o porquê. Ela não contou sobre a filha, mas ninguém sabe porquê. Nem o relato do sofrimento da separação foi dito. Ele sofreu? Ninguém sabe! E a rival? O que ela fez ou disse no passado? Como o mocinho se comportou? O que a tia fez no passado? No presente a rival foi ridícula e a tia gente boa. Não vi nadinha. Tem química? Todo gostoso tem! Basta o leitor imaginar e soltar a fantasia. A filha é bonitinha e engraçadinha, mas não se comporta como se tivesse três anos, mais parece uns seis, de tão articulada.
Assim, dei outra chance ao livro, como você costuma dizer, e a minha opinião continua a mesma.
Tenho a impressão de que o livro foi retalhado na tradução, pelo menos na versão que eu li, pois dá pra ver que houve cortes em alguns trechos, talvez por isso a estória ficou totalmente estranha. Tudo bem, deu pra entender o principal, mas escapou a emoção e a empolgação do amor dos dois que era bem intenso!

Luna disse...

Olá, Beatriz!

kkkkkkkkk... Faz muito tempo que li este livro e não consigo me lembrar de cenas suficientes para ter as respostas para essas dúvidas. E eu fiquei bem curiosa agora! Não devo ter percebido nada disso na época. Não sei se uma nova leitura da história me fará ver as coisas da mesma maneira, ter as mesmas dúvidas, mas vou colocar o livro na lista para uma releitura. Também quero as respostas para essas perguntas! Devo relê-lo ainda este ano.

Bjs!

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.