O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Olhos Feiticeiros - Penny Jordan



Daniel era a imagem do sucesso... E a última coisa que Charlotte desejava era se apaixonar!

Desde o princípio, Charlotte não confiou em Daniel Jefferson, um bem-sucedido advogado, dono do sorriso mais sedutor que já conhecera. E tudo tornou-se pior quando foi obrigada a trabalhar direto com ele. Era muita humilhação. Depois de ter sua vida transformada em um verdadeiro caos graças ao próprio fracasso, ainda teria de aguentá-lo dando-lhe ordens!

Mas, à medida que o conhecia, tornava-se cada vez mais difícil não sucumbir à aura de paixão que impregnava o ar quando Daniel estava por perto. E cada vez mais impossível resistir aos olhares que ele lhe lançava...


Palavras de uma leitora...

- Vocês pediram.... e Penny Jordan ganhou a enquete em 2º lugar. Graças a isso, haverá maior frequência de livros escritos por essa autora postados aqui no blog.

Bem... Quem me indicou esse livro foi a Carla e não me arrependi depois de lê-lo. Confesso que depois de ter lido Dança do Destino e me arrependido profundamente... fiquei mais cautelosa com os livros dessa autora e tbm não pretendia ler seus livros durante um tempo... A decepção às vezes faz isso... Enfim... Mas como a autora ficou em segundo lugar e essa é uma colocação privilegiada, eu me vi na obrigação de enfrentar seus livros mais uma vez... Claro que não iria chegar na internet e escolher qualquer um. Claro que não! Correria o risco de quebrar a cara mais uma vez... Mas é pra isso que servem as amigas, né? rsrsrs... A Carla já havia me recomendado os melhores livros da autora e eu, é claro, pedi socorro à eles...rsrs...

- Olhos Feiticeiros é um livro leve, agradável de ler, doce... Enfim... É aquele livro que não promete grandes emoções e estresse..rsrs... Mas que vc tbm não se arrepende depois de ler. Ele é bem suave e eu gostei muito dele.

- Não tenho muito o que criticar na história, não. No início me diverti com a personagem Charlotte (adoro esse nome), mas depois ela me estressou. Houve momentos em que ela me estressou bastante, mas no fim consegui entendê-la. Me coloquei na situação dela e entendi alguns de seus sentimentos, não todos. O que me fez ter vontade de sacudi-la foi seu modo de ficar interpretando tudo que as pessoas lhe disseram, principalmente o Daniel, de forma errada. Ela transformava tudo que lhe diziam de bom no contrário... Se uma pessoa, por exemplo, lhe dissesse que seu cabelo era lindo, ela iria pensar que a pessoa estava achando o cabelo dela horrível, grande demais, chamativo demais... Enfim... Nesses momentos eu achei ela insuportável, mas no final a perdoei.

Outra coisa que tbm fez com que eu me estressasse com ela foi o que disse ao Daniel quase no final da história. Aquilo foi "baixo" demais, humilhante... E se é nojento vindo de um homem é mais ainda quando uma mulher o diz. Só a perdoei porque foi algo totalmente dito da boca pra fora... no calor do momento e até o Daniel admitiu que ela disse aquilo da boca pra fora. Mas aquelas palavras podem magoar muito e achei que o Daniel poderia ter a feito sofrer um pouquinho pra aprender a não dizer tolices. Só que ele estava louco por ela e beijaria o chão que ela pisa se a mocinha quisesse. Ela é uma sortuda! Merece a sorte que teve e não merece ao mesmo tempo...rsrs... É... Eu perdoei essa mocinha, mas isso não significa que eu goste muito dela. Gostei dela, mas não tanto, entende? Ela deu muita mancada. 

Bem... Vamos ao "um pequeno resumo"...

Um pequeno resumo:

Ela estava falida e por sua própria culpa. E saber disso a fazia se sentir muito pior... Ela havia sido uma aluna esforçada no colégio e muito inteligente na faculdade, tirando notas boas e se formando com êxito. Trabalhou duro para se tornar uma mulher bem sucedida e quando estava prestes a alcançar seus sonhos... se deixou influenciar pela pessoa errada: seu noivo, com quem ela pretendia dividir o resto da sua vida. Depois que deixou Bevan influenciá-la e dizer até o que ela deveria ou não vestir, sua vida começou a sofrer alterações cada vez mais perigosas e somente um cego não enxergaria que ela iria cair muito feio...  Mas quando o momento da queda chega é bem pior do que se podia imaginar...

Charlotte perdeu tudo que havia conseguido: apartamento, carro, empresa, noivo... tudo. Ela ficou sem nada e novamente, como na época de infância e adolescência, ela passou a depender dos pais. Era uma situação muito humilhante, mas podia piorar... Claro que sim. Charlotte, apesar da crise econômica que o país estava sofrendo, teve a sorte de encontrar um trabalho maravilhoso e que não era para qualquer um: ela foi contratada para ser uma das advogadas da firma de Daniel Jefferson, um famoso e bem sucedido advogado. O queridinho da mídia e de todos que o conheciam. O que era para ser uma benção, foi para Charlotte o pior castigo do mundo, pois ele era tudo o que ela não conseguiu ser... E por isso, Charlotte começou a nutrir um ressentimento irracional pelo seu novo chefe e tudo de bom que ele fazia por ela, era visto com maus olhos...

Mas, apesar de toda sua mágoa e ressentimento por ter que trabalhar com alguém de tanto sucesso, ela começa a sentir algo totalmente inesperado por ele. Pouco a pouco, vai se tornando quase impossível odiá-lo e tudo que ela passa a desejar é que ele a ame e queira dividir sua vida com ela.

Mas, para serem felizes, Charlotte e Daniel precisarão aprender a dizer a verdade e confiar um no outro. Só o amor não será suficiente...

- Eu gostei muito do Daniel, do seu carinho pela Charlotte e de como ele tentava fazê-la se sentir feliz por trabalhar ao seu lado. Em nenhum momento, nem mesmo quando ficou com raiva dela, ele tentou humilhá-la por causa do seu fracasso. Ele não foi um "chefe" em momento algum. Parecia mais que ela era sua sócia do que sua advogada assistente. Ele a tratava muito bem, escutava suas opiniões e levava muito a sério seu trabalho. A admirava como profissional e mulher e só essa tontinha não via isso. Estava mais do que óbvio que ele estava louco por ela. Se nossa mocinha parasse de sentir piedade de si mesma, talvez tivesse enxergado isso. 

Mas o nosso Daniel tbm cometeu um erro sério. Ele não confiou nela o suficiente para contar a verdadeira natureza de seu relacionamento com Patrícia e não posso culpar só a mocinha por causa disso. O argumento dele não foi suficiente, na minha opinião, para justificar sua atitude. Foi o único erro que ele cometeu, mas que poderia ter feito com que eles não ficassem juntos nunca. Mas, fora isso, o mocinho é maravilhoso! Seus sentimentos, não só pela mocinha, mas pelas pessoas que o cercavam e até por sua falecida tia, eram muito bonitos e uma característica muito admirável. Eu gostei muito dele. E se ele não amasse tanto a mocinha, iria desejar que ele ficasse com alguém melhor do que ela...rsrs... É uma maldade contra a mocinha? Talvez. Mas não quis dizer que ela é uma má pessoa ou que não merecia ser feliz. Nada disso. Só acho que ela não é o suficiente para alguém como ele...rsrs... Mas como se amam muito entendo que tenham ficado juntos no final. Se tem uma coisa que não posso duvidar em relação a essa mocinha, é o amor dela pelo Daniel. Ela o ama de verdade e por esse motivo, acima de todos, posso perdoá-la por suas tolices.

Enfim... A história é muito boa, apesar das tolices da mocinha...rsrs...

3 comentários:

Anônimo disse...

Pois é... nos romances da Penny Jordan, pelo menos os dessa época, o que o mocinho tem de MARA a mocinha tem de insegura, cega e tonta. kkk Mas eu não cheguei a ter raiva dela. Ela no fundo levou um golpe grande no ego e na auto-estima, deixou de acreditar no amor e de esperar o melhor das pessoas e eu várias vezes em vez de raiva tive pena dela. rsrs Mas pelo menos você gostou do Daniel, né? :P

beijos
Carla

Luna disse...

Olá Carla!

Eu gostei dos dois...rsrs...Apesar de ter sentido raiva dessa mocinha, eu não deixei de gostar embora tenha gostado mil vezes mais do Daniel. Ele é maravilhoso!

Estou lendo Jogo de Sedução. Eu ia ler Corações Cativos, mas, como estou sem tempo e esse livro merece total atenção, vou deixá-lo para o domingo.

Bjs!

Anônimo disse...

Ah, eu já li Jogo de Sedução. Amei!

bjs
Carla

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.