O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Diários do Vampiro - A Fúria - L.J Smith (Desafio de Férias)


3º Livro da Série Diários do Vampiro

Um pacto de sangue é para sempre.

Ela foi avisada: amar um vampiro é perigoso demais. Mas o destino de Elena, apesar de assustador, atende aos seus desejos. Ao lado de Damon, ela terá que reaprender tudo enquanto um Outro Poder misterioso e sedutor a perturba e atrai.

Damon agora tem sua escolhida ao seu lado. Sua busca por vingança terminou? Uma força sombria e terrível renasce para forçá-lo a fazer uma escolha.

Stefan sabe que precisa pôr um fim ao pacto de vingança com Damon - por Elena, mas também por si mesmo. Quando o passado se impõe entre os três, ameaçando destruir o que sua amada mais preza, chega a hora de se unir e esquecer as diferenças.


Elena: A garota dourada de Fell`s Church está morta. As consequências de sua devoção a Stefan - e a irresistível atração por Damon - a levaram por um caminho temido, mas também desejado.

Stefan: Atormentado por perder Elena, Stefan está decidido a dar um fim em sua briga com Damon - custe o que custar. Entretanto, aos poucos, fica evidente que o irmão não é seu único inimigo.

Damon: Ele conseguiu: Elena finalmente está ao seu lado. Mas será que Damon é capaz de esquecer sua rixa com Stefan e se unir a ele numa última e decisiva batalha?

Há séculos, a força de um grande amor fez suas vítimas: Stefan e Damon Salvatore foram condenados a atravessar gerações como morto-vivos. Agora a paixão por Stefan sela o destino da jovem Elena Gilbert. Ela é encontrada morta à beira de um rio, mas um estranho - e perigoso - Poder a conduzirá em direção a um novo mundo

E quando Stefan, Damon e Elena descobrem que há um caça-vampiros na cidade, os caçadores transformam-se em caça. Eles precisarão ficar juntos para encontrar o mal que quer lembrar aos três e a todos de Fell`s Church suas verdadeiras origens.


Palavras de uma leitora...


- Atenção!!! É provável que toda a resenha tenha spoiler... Por esse motivo, vc que não quer saber nada mais sobre o livro, além do que a sinopse revela, não leia essa resenha. Aguarde minha próxima resenha...rsrs...

- Bem... Por onde começar? Eu estou arrasada... Nunca imaginei que pudesse sentir tanta tristeza depois de ler esse livro. O livro acabou e ficou em mim a mágoa e a tristeza... E claro, a raiva por Katherine.

No primeiro livro, Katherine era minha personagem favorita dessa série. Achei ela ingênua e boa e ela realmente era. Como disse, era... Num passado muito distante. A Katherine boazinha e amorosa do primeiro livro deixou de existir e no lugar dela nasceu o Poder que matou a Elena. Sim. Ela morreu. De verdade. No segundo livro da série ela só se transformou em vampira... Mas nesse terceiro, nossa querida Elena deu sua vida pelas pessoas que amava. Matou Katherine, mas morreu tbm... O momento é arrasador e eu chorei de soluçar. Sinto como se tivesse perdido uma pessoa querida. Ainda está machucando bastante. Mas vcs devem estar pensando assim: "mas há a continuação. Ela vai voltar"... É verdade, mas pelo que pesquisei na internet, não ia haver droga de continuação nenhuma!!! (não se assustem, pode ser irracional, mas estou com raiva da autora) Lisa Jane Smith só continuou o livro por causa da pressão dos fãs. Só por isso... Ao que parece, ela deixaria o livro terminar como terminou: com a morte trágica da personagem principal. E é isso que me deixa mais furiosa... Tudo bem... Os autores tem direito de escrever o livro do jeito que quiserem... Porém, eu tbm, como leitora, tenho o direito de dizer o que penso. E eu estou com tanta raiva dela...

- Mas esse livro ensina bastante, sabiam? Como disse, essa autora é muito talentosa. Através da vida da Elena ela nos ensinou a valorizar o que temos enquanto essas coisas existem e não depois que as perdemos. A fútil e egoísta Elena do primeiro livro sofre uma drástica mudança com o passar da série. A Elena que eu detestava no primeiro livro, a Elena que usava as pessoas que dizia amar... Deu a maior prova de amor que alguém podia dar. Ela não teve outra escolha. Ou matava Katherine e sacrificava sua própria vida... Ou todos ( e eu disse todos) que ela amava morreriam. Estou sentindo falta dela, sabe? Muita falta mesmo. Irracional, né? Mas eu me apeguei muito a ela nesse livro. Ela virou uma pessoa tão diferente. Sofreu tanto e aprendeu tanto... Como ela disse, ao se transformar em vampira após se afogar no rio (segundo livro), ela teve uma segunda chance para dar valor ao que tinha. Para valorizar as pessoas que ela amava e nem percebia. Ela teve 13 dias... Isso mesmo, os acontecimentos se passam em treze dias, embora eu só tenha percebido iss porque ela disse antes de morrer... Ela teve esse tempo para corrigir os erros que ainda podiam ser corrigidos e dizer "eu te amo" às pessoas que amava. Depois ela partiu, com Stefan e Damon ao seu lado nesse momento... Dá uma vontade de chorar só em lembrar... É muito triste mesmo. E essa blogueira aqui que mais parece uma manteiga derretida chorou rios... É como se eu tivesse perdido um pedaço de mim com a partida dela. Será que alguém entende o que sinto? Não acredito que eu seja a única a se sentir assim depois de ler esse livro. Tenho certeza que muitos outros leitores sofreram também.

- E os amigos maravilhosos que a Elena tinha? Que amizade, viu! É raro ver algo tão forte e tão lindo. Matt (ex-namorado de Elena), Meredith e Bonnie nos mostraram o que realmente é amizade. Eles ficaram com a Elena mesmo depois dela virar uma vampira e estiveram ao seu lado, arriscando suas vidas por ela. A amavam muito. E o Matt? Ele chora, gente! Chora nos braços dela e nos faz sentir vontade de chorar também. A união de todos eles é muito forte... Só gostaria que tivesse sido forte o suficiente para impedir a morte de Elena....Enfim...

- Stefan e Damon? Quem detestava os atrasos do Stefan (ele nunca estava com a Elena quando ela precisava) e as maldades do Damon... Vai perdoar os dois e sentir muita tristeza por eles. Eles sofrem muito quando ela parte. E o Damon nos mostra que não é o monstro que tenta ser. Ele é bom. Acreditam nisso? No momento que teve a chance de se salvar, desde que deixasse Stefan e Elena sozinhos para morrerem, ele não os traiu. Ficou com eles até o fim.

Ele tratou Elena com carinho e respeito mesmo quando ela estava irracional. Não se aproveitou em nenhum momento e fez tudo que podia por ela mesmo sofrendo ao vê-la confessar seu amor por Stefan. Por ela, ele e o irmão tentaram se entender... E ele sofreu as terríveis maldades de Katherine... por ela. Eu agora já não sei mais quem quero que fique com a Elena no final. Os dois a merecem muito. Embora, segundo a primeira versão da autora, os dois a perdessem, né? Será que essa autora não tem sentimento? rsrs... Ainda bem que ela fez a continuação. Ainda bem... Senão, tenho certeza, ela ganharia uma legião de inimigos. Nem todos aceitariam o final dessa história. Nem todos aceitariam que o terceiro livro terminasse como terminou. E eu sou uma das pessoas que não aceitaria. Iria odiar a autora para sempre.

- Bem... Falei que a resenha inteira teria spoiler e teve, mas não vou fazer o "um pequeno resumo". Não quero falar mais nada sobre o livro. Vocês terão que saber sobre cada mínimo acontecimento, lendo a história. Estou triste, sabe? Estou deprimida. Ainda não aceito a morte da Elena. Foi triste demais. Só lendo vocês irão entender. Ela não merecia esse fim e, embora eu saiba que ela vai voltar do mundo dos mortos como humana de novo, não consigo aceitar sua morte...


CLIQUE AQUI se quiser conhecer os dois livros anteriores da série.










0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.