O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Noites no Mar - Chantelle Shaw



Poderia ela ocupar o posto de noiva do chefe?

Kezia Trevellyn estava completamente apaixonada por seu belo chefe, o empresário grego Nikos Niarchou. Mas jamais poderia haver algo entre eles porque, para Nikos, Kezia não era mais do que uma eficiente e agradável secretária. Em um cruzeiro de luxo que teve que acompanhá-lo, os sonhos de Kezia se tornaram realidade. Durante aquelas noites apaixonadas no Mediterrâneo, Kezia quase chegou a esquecer o único motivo pela qual a relação jamais poderia durar… foi quando Nikos a pediu que se casasse com ele.


Palavras de uma leitora....

- Quase Ano Novo... Já fizeram muitas promessas? rsrs... Eu já fiz e pretendo cumprir as minhas... Quem não pretende, né? Querer é fácil, o difícil é conseguir. Uma das minhas promessas é que vou me dedicar completamente à todos os setores da minha vida e não mais negligenciar o que estou negligenciando.... Enfim... Só no final do ano que vem saberei se cumpri a promessa...rsrs...


- Não estava nos meus planos ler Chantelle Shaw agora. Pra falar a verdade, eu até queria ler mais livros dela, porém coloquei como prioridade os livros das autoras vencedoras da enquete e das autoras novas (autoras que ainda não conheço). Até prometi a mim mesma que não seguiria a lista por ordem. Iria fazer tipo um sorteio, no qual escolheria o livro que iria ler. Sabe como é? Escolher um livro para ler ao acaso ou pedir para minha irmã decidir qual livro eu deveria ler...rsrs... Mas, uns dias atrás, eu aproveitei pequenos minutos para ler alguns livros e pensei nessa autora. Eu estava arrumando os livros que tenho aqui em casa e peguei no livro Orgulho e Lealdade... Lembrei que comparei Chantelle Shaw com Lynne Graham e decidi ler mais um livro dela. Na hora de escolher foi difícil, pois não confio mais em sinopses de livros.... Elas não são lá muito verdadeiras, sabe? Enfim... Aí eu decidi ler Sedução Desumana. Era o último "livro" na lista de livros que tenho dela no meu computador. Só que, quando, na primeira página, vi os nomes Kezia e Nik soube que tinha lido alguma sinopse com esses nomes durante a minha escolha. Voltei os livros do início (são poucos. Só cinco.) e parei em Noites no Mar. Não me pergunte qual o nome dessa série, mas que os livros tem relação, eles tem. Kezia e a protagonista do livro Sedução Desumana são melhores amigas desde a escola e dividiam o mesmo apartamento antes da Kezia ficar com o Nikos.... Enfim... Mas vamos falar da história agora.


- Esse livro foi uma indicação da Monica. Faz já algum tempo. Como sou fã dessa autora agora, ela me indicou alguns livros que conhece dela. Antes de ler o livro eu até pensei em enviar um email para a Monica e perguntar mais coisas sobre a história. Só que prometi a mim mesma que não iria perturbar ninguém até o dia 06/01/11. Sei que nem sempre cumpro minhas promessas do modo que devo cumprir...rsrs... Porém, dessa vez eu bati o pé e cumpri o que disse. O que me fez levar um susto com o prosseguir da leitura... Motivo? É spoiler, tá? Não é algo que tire toda a graça da história por eu contar. Acho que nem é um segredo bem secreto da história... Mas...
 
Nossa mocinha não pode ter filhos. De verdade. Ela teve leucemia na adolescência, sobreviveu, mas ficou estéril. Se não me engano, nós já vimos essa história no livro Brilho da Vida, certo? Lynne Graham já abordou esse tema mais de uma vez... Só que, diferente da Lynne, a autora Chantelle não quis colocar um milagre em sua história. Em outras palavras, se você espera que um milagre aconteça e a mocinha descubra que está grávida nesse livro, vai sofrer uma terrível decepção. Ela não vai engravidar. Eu levei um susto porque não esperava ler uma história sobre isso no momento....rsrs... Foi uma surpresa um pouco desagradável. Não é que eu não goste de ler histórias sobre esse tema tão real, mas é que não esperava, entende? Por isso, vocês que lerem essa resenha não irão ler o livro de olhos fechados... Já estou lhes dando essa informação.
 
- Bem... A história é muito boa. Eu adorei o livro e, principalmente, o que nosso mocinho TDB Nikos fez no final da história. Ele não desistiu dela. Sua família queria que ele lhes desse um herdeiro, mas ele não se importou com nada. Queria sua Kezia independente de qualquer coisa e lutou por ela. Eu achei muito lindo, pois isso é amor. Um amor muito precioso e que tornou a história inesquecível para mim. Eu adorei esse livro, esse casal... Tudo! É uma história muito bonita e que se desenvolve de forma natural. É curtinha e que vale a pena ler. A única coisa triste na história é o sofrimento da nossa querida Kezia por não poder ter filhos. É cruel isso, sabe? Durante toda sua vida ela sonhou em casar e ser mãe. Suas amigas sonhavam com carreira, mas ela não. Já tinha colocado em sua cabeça que seu destino era construir uma grande família. Ela queria ter cinco, seis filhos... E não pôde ter nenhum. Eu fiquei arrasada por ela. Pensei no quanto isso é injusto. Existem tantas mulheres que não desejam ser mães... Umas até chegam a se operar para evitar uma gravidez. Não tenho nada contra isso... Só que acho uma grande injustiça algumas mulheres que desejam tanto engravidar... não poderem. Mas a vida não é justa.... Enfim... Eu gostaria que um milagre tivesse acontecido nessa história e ela conseguisse engravidar. Mas não critico a autora por isso. Milhares de mulheres leem livros de banca. Tenho certeza que entre essas mulheres, existem aquelas que, como a Kezia, também não podem engravidar. Nesse livro, a autora aborda esse assunto e mostra que nem tudo está perdido. Não é porque não pode ter filhos que uma mulher deve deixar de viver e sonhar com alguém pra sua vida. Quem a amar de verdade, vai aceitá-la como ela é....
 
 
Um pequeno resumo:
 
Kezia não teve uma infância feliz. Ela cresceu sabendo que não havia sido desejada. Foi o "acidente" dos seus pais. E muito nova ela teve que aprender a cuidar de si mesma.
 
Passou a maior parte da sua infância e adolescência num internato e foi lá que conheceu Anna, sua melhor amiga. Foi Anna que esteve com ela nos momentos que mais precisou e principalmente naquele momento em particular, quando, aos quinze anos, Kezia descobriu que tinha leucemia.
 
Ela lutou contra aquela doença terrível. Lutou contra a morte e venceu... Mas o mesmo tratamento que salvou sua vida, a tornou estéril. O choque foi muito grande para Kezia que teve que abandonar o seu maior sonho: ser mãe. Ela, então, decidiu estudar para ter uma carreira.
 
Quando estava na faculdade, Kezia conheceu o seu primeiro amor. Com ele viveu momentos incríveis e até pensou que poderia ser feliz e se casar. Eles chegaram a noivar e planejar casamento. Charlie sempre soube que Kezia não podia ter filhos e disse que não se importava. Ele ensinou a Kezia a arte de amar, mas também machucou muito seu coração quando, depois de dois anos de namoro, preferiu ceder à pressão da família e abandonar Kezia para se casar com uma mulher fértil. Naquele momento ela decidiu que nunca mais passaria pela mesma situação. Nunca casaria. Nunca mais assumiria um compromisso amoroso.... Mas suas promessas caem por terra no instante em que ela conhece Nikos Niarchou.
 
Como um típico grego arrogante, ele decide que Kezia vai ser sua secretária pessoal e ela realmente acaba trabalhando para ele. A química é imediata, mas ambos lutam contra a atração inevitável que surgiu desde o primeiro encontro. Por motivos diferentes, eles não queriam passar do tratamento de patrão/secretária. Porém, se torna impossível resistir depois que Kezia pega uma gripe violenta. Ela não tinha parentes próximos que pudessem cuidar dela e sua melhor amiga, com quem dividia o apartamento, estava viajando.... Então, Nikos se viu na "obrigação" de cuidar de sua eficiente secretária. Nada demais. Como um patrão muito zeloso, ele tinha que cuidar da sua secretária, certo? Mas quem disse que fazia parte dos cuidados... Fazer amor com ela?!
 
Num cruzeiro pelo Mediterrâneo, eles finalmente param de lutar e se entregam ao inevitável... Sabiam desde o início que nenhum dos dois queria compromisso. Nikos tinha que se casar com uma mulher grega e Kezia não queria compromisso, pois não podia ter filhos... Porém, o amor não quis saber dos seus motivos... Eles se apaixonaram.
 
Como será que conseguirão resolver todos os seus problemas e serem felizes? Só uma coisa é certa: eles podem lutar o quanto quiserem, mas ficarão juntos para sempre....
 
- Como disse, adorei a história. Embora ela não esteja registrada no skoob, eu dou cinco estrelas para ela. Merece, pois é uma história linda.
 
Não tenho muito mais para falar da história, não. Ela é curta, linda, emocionante... Me emocionei com o amor deles... Quando Nikos pede ela em casamento e é rejeitado, quando ele se declara... E também quando Kezia salva aquele pequeno traquinas da morte... Quando ela sofre por não poder ter filhos... É uma história inesquecível para mim. Eu simplesmente a amei.
 
Não prometo que vocês também irão gostar dela, mas indico a quem gosta dos livros da autora.



- Bem... Eu pensava que não fosse conseguir ler nenhum livro durante esses dias que fiquei afastada do blog. Porém, para minha surpresa, consegui ler esse. É alguma coisa, né? Melhor do que nada....rsrs...

- Bem... Eu ainda não estou oficialmente de volta, infelizmente. Consegui tirar um tempinho para fazer a retrospectiva, ler esse livro e postar essa resenha, mas só estou de volta mesmo dia: 06/01/11. Falta pouco, né?

Bem... Desejo à todos um 2011 maravilhoso, repleto de vitórias, amor, paz... Tudo De Bom!!!! E tbm, é claro, muitas leituras inesquecíveis...rsrs...

Mil beijos!!

2 comentários:

Lulu Sempre Romantica disse...

Aie, Luna, fiquei tristinha com a mocinha, poxa poderia pelo menos fazer in vitro rsrsrs...mesmo assim eu estou gostando da Chantelle Shaw .

Beijos

Luna disse...

Olá Lulu!

Nem isso! A autora quis deixar a mocinha sem poder engravidar mesmo, mas adorei o livro. Essa autora é muito talentosa.

Bjs!

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.