O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Prisioneira do Esquecimento - Ruth Langan





3º Livro da Série As Irmãs MacAlpin

A heróica saga dos MacAlpin continua com esta enternecedora história de amor

Quem seria Megan, afinal? Teria cometido algo odioso ou sofrido uma dor tão profunda para que a mente entorpecesse e se recusasse a abrir uma luz sobre o passado? Prisioneira do esquecimento, ela sabia apenas que era escocesa e amava Kieran O’Mara, o guerreiro irlandês que a havia salvado da morte. E agora ela o acompanhava em sua fuga alucinante da prisão Fleet, para longe da Escócia e de qualquer pista que a fizesse recobrar a memória.

O desespero de ver-se sem nome ou passado foi substituído por medo de se assaltada por lembranças indesejadas. Ela poderia possuir uma personalidade diferente daquela que conquistara o corajoso e destemido Kieran O’Mara. Talvez fosse sua inimiga ou até mesmo uma mulher casada!




Palavras de uma leitora...



— E você, Kieran, é perigoso — ela murmurou junto aos lábios dele. — Mas sou louca, descobri que gosto do perigo.



- E a série das Irmãs MacAlpin chega ao fim... Dessa vez contando a maravilhosa, inesquecível e emocionante história de amor entre a jovem Megan MacAlpin e o irlandês Kieran O`Mara. E sabe... Estou sentindo uma saudade enorme da série. Nunca pensei que fosse acabar me apegando tanto aos personagens tão maravilhosos criados por essa autora... Mas me apeguei e o livro Prisioneira do Esquecimento é o mais precioso dessa série pra mim. Os outros livros foram maravilhosos, narrando histórias incríveis, cercadas por guerras, dor, perdas, mas com amores capazes de enfrentar e superar qualquer coisa. Porém, Prisioneira do Esquecimento foi muito mais do que maravilhoso... Não tenho palavras para dizer o quanto esse livro se tornou especial para mim.

*Atenção: Toda a resenha terá spoiler para quem não leu os outros dois livros.

- Essa série começa com a morte do líder do clã MacAlpin, pai das três irmãs: Marjory (Meredith), Brenna e Megan. Marjory, por ser a mais velha na época (tinha dezessete anos) se tornou a líder do clã e assumiu um compromisso de casamento com o clã vizinho, liderado por Gareth MacKenzie, um homem aparentemente gentil e amigo, mas que era o verdadeiro assassino do pai de Marjory e desejava tomar posse das terras da nova líder. E para isso ele necessitava de um casamento entre as duas famílias. Porém, no dia do casamento de Marjory com o irmão mais novo do vilão, Brice Campbell, que havia sido considerado culpado pela morte do chefe dos MacAlpin, invadiu a igreja clamando por vingança. Ninguém acusava injustamente um Campbell e saía impune dessa... e ele queria vingança. Matou o futuro marido de Marjory, acreditando que ele era o monstro do Gareth e sequestrou a noiva, levando ela com ele para as Terras Altas... a partir daí muita coisa acontece... e uma relação marcada inicialmente pelo ódio, transforma-se rapidamente numa relação de amor profundo e resistente... Mas o casal ainda precisa enfrentar inimigos muito perigosos antes de finalmente poderem ficar juntos... O livro possui algumas reviravoltas e há uma angustiante demais... no qual tive absoluta certeza de que o mocinho tinha morrido...rsrs... Mas por algum milagre ele saiu daquela vivo... Enfim... No final da história, Marjory abandona seu castelo nas Terras Baixas e se casa com o Brice, com quem hoje já tem dois filhos e espera mais um (que ela espera que seja uma menina).

Com o casamento de Marjory, a segunda irmã, Brenna, assumiu a liderança do clã e tudo ficou em paz por um tempo... Porém, o capricho da rainha Elizabeth da Inglaterra, que se declarava soberana da Escócia, embora o país possuísse sua própria rainha, muda para sempre a vida da jovem guerreira. Ela vê todo seu mundo virar de cabeça para baixo no momento que Morgan Grey, inglês e seu inimigo por nascimento, invade suas terras, primeiro ameaçando, depois ganhando sua confiança... e finalmente levando-a contra sua vontade para longe da Escócia... e pior do que tudo, para o país que ela mais odiava no mundo: a fria Inglaterra. A partir daí inicia-se uma relação tumultuada, marcada por amor, ódio, ambição e mortes... Um assassino, traidor da Inglaterra, deseja matar a rainha... e Brenna e Morgan estão mais envolvidos nessa história do que podem imaginar... Suas vidas também correm perigo e é assim que eles percebem que não podem viver um sem o outro. Que se amam mesmo lutando com todas as forças contra esse amor... O livro também tem algumas reviravoltas e momentos de enorme angústia... O casal sofre bastante, mas no fim tudo acaba bem... E é aí que começa a história de Megan MacAlpin...
 
 
Um pequeno resumo:
 
 
Século XVI, 1566. Inglaterra.
 
Há um ano... Há um ano Kieran e Colin O`Mara estavam naquela prisão imunda na Inglaterra acusados injustamente de terem cometido traição. Mas que traição? Contra uma rainha que roubava do seu povo e se considerava soberana de uma terra que não lhe pertencia? À essa rainha ele nunca daria sua lealdade e morreria se necessário, mas jamais entregaria o que era seu e deixaria seu povo nas mãos dela... Mas sua ida para aquela prisão, de onde ninguém saía com vida, escondia segredos muito mais perigosos do que sua traição a rainha... Alguém, que se dizia seu amigo, o havia traído. E pior do que isso... Existia uma pessoa muito perigosa que o odiava por motivos desconhecidos e havia dado ordens mais do que claras de que ele e o irmão não poderiam sair de Fleet com vida... Deveriam ser torturados até a morte...
 
Kieran havia suportado todo tipo de tortura... As cicatrizes que marcavam suas costas e peito eram provas disso. Ele havia sido forte e enfrentado as injustiças com coragem e cabeça erguida... Mas chegou ao seu limite no momento que seu carrasco, um carcereiro cruel disposto a matá-los, espancou seu irmão quase até a morte. Naquele momento, Kieran sentiu uma fúria poderosa tomar conta dele e, guiado por ela, rendeu os dois guardas que o seguravam e matou o homem que havia torturado seu irmão...
 
Mesmo sem forças, ele carregou Colin nos braços e fugiu da prisão, andando dia após outro em busca da tão desejada liberdade... Cada quilômetro que ultrapassava era um tormento para ele, pois temia não conseguir chegar na Irlanda com o irmão vivo... Colin e sua família já haviam passado por muitos tormentos e seria doloroso demais perdê-lo... E foi com alívio que ele conseguiu chegar na Escócia... Finalmente haviam saído da Inglaterra e teriam que esperar só mais um pouco, até que tudo acabasse...
 
 
Século XVI, 1566. Escócia.
 
Megan MacAlpin estava triste... Seu fiel escudeiro, que protegia os líderes MacAlpin desde a época do seu pai, estava se aposentando... Embora ficasse feliz pelo amigo, era triste se despedir dele. Aquele homem era como um pai pra ela e mesmo quase sem forças, continuava orientando-a com sabedoria e lealdade. Daria a vida por ela se necessário e ela jamais o esqueceria. Nenhum homem na face da Terra poderia substituir alguém tão especial como ele... Mas ela precisaria se contentar com alguém menos importante, pois precisava nomear um novo escudeiro.
 
Era difícil escolher... Não conseguia pensar em ninguém que pudesse ser seu braço direito e estar disposto a protegê-la acima de tudo, dando sua vida por ela se necessário... E ela ficou atônita quando a última pessoa na qual poderia pensar se ofereceu para assumir honrada posição.
 
Embora fosse seu primo, Megan não confiava nem um pouco em Malcolm MacAlpin. Todos sabiam que ele era um homem sem honrar, que não hesitava em matar um homem de maneira ilícita e covarde... e como se não bastasse, corria rumores de que ele era alíado dos tão odiados ingleses. Ela nunca o escolheria como escudeiro... Nem que estivesse louca e foi bem clara com ele. Malcolm, que considerava aquilo uma grande injustiça e achava que a líder de seu povo havia o humilhado, jurou que ela iria se arrepender daquela decisão... Mesmo avisada por Brice Campbell, seu cunhado, Megan não levou em conta a ameaça e se desligou da existência do primo... O que realmente a faz se arrepender depois...
 
Não levando em contas os avisos que recebeu, Megan decidiu sair pra caçar com seu novo escudeiro, Jamie MacDonald. Jamie era seu amigo desde o casamento de Marjory com Brice e, embora ainda fosse jovem, ela sabia que poderia confiar nele...
 
Ambos estavam se divertindo enquanto caçavam, mas o medo toma conta no momento que um exército de ingleses os atacam. Embora em menor número, Megan e Jamie não desistem sem lutar e conseguem derrotar a maior parte deles, principalmente depois que um homem misterioso, começa a lutar do seu lado...
 
A vitória estava perto... Os ingleses estavam perdendo para a coragem e determinação dos três e eles tinham tudo para ganhar... Porém, a aparição de Malcolm põe tudo à perder...
 
A luta não acaba muito bem e Megan fica gravemente ferida. Jamie, que também estava ferido, pede ao homem misterioso que proteja sua líder até que ela possa voltar para casa em segurança... E mesmo achando que estava cometendo um erro, Kieran aceita.
 
A partir daí o destino dos dois torna-se um só e eles enfrentarão juntos muita dor... Os ingleses ainda querem ver Kieran e toda sua família destruídos e estão dispostos a irem até a Irlanda só para matá-lo... E como se isso não bastasse, Malcolm ainda não desistiu de matar Megan... E vai contar com uma ajuda poderosa para conseguir isso...
 
Porém, mesmo sofrendo e batendo de encontro com a morte várias vezes, ambos sairão vitoriosos... Pois tem uma arma muito mais poderosa do que as usadas por seus inimigos: eles tem amor no coração. Amor por sua família, sua terra e... um pelo outro. E tendo isso, a vitória já é certa...
 
Mas o que acontecerá quando Megan recuperar a memória perdida na luta contra Malcolm? Será que ela ficará na Irlanda ao lado do homem que ama? Ou voltará para a Escócia, para junto de seu povo que sentiu sua falta e necessita dela? Megan terá que tomar uma difícil decisão... E ambas serão dolorosas...
 
 
- Bem... Eu amei o livro com todo o meu coração! Sabe aquele livro que tem para sempre um lugar especial no nosso coração? Esse livro é um deles! Me apaixonei por essa história tão cheia de dor, reviravoltas angustiantes, mas um amor capaz de suportar qualquer coisa... E não falo somente do amor que surge entre a corajosa Megan e o TDB Kieran, não! Falo do amor de toda aquela família... Todos eles se tornaram especiais para mim... Eles lutaram juntos, enfrentaram cada dor lado a lado e nunca desistiram de livrar seu povo da opressão causada pela rainha da Inglaterra, que os havia escravizado e desejava tomar tudo que era deles... Eles não perderiam sem lutar e toda essa garra, esse amor pelo povo, pela família... simplesmente me cativou. Lady Katherine, mãe de Kieran e Colin, também me marcou... Seu amor de mãe a fez preferir sacrificar sua própria vida pela liberdade dos filhos... Mesmo com o coração em pedaços, ela tomou uma decisão que a destruiria, mas que ela acreditava que poderia salvar seus filhos...
 
E o que falar do jovem Colin? Torturado na prisão, ele chegou ao ponto de desejar desistir, mas ao conhecer Megan e ser tratado como igual por ela e não como se fosse um fraco, doente... Ele criou coragem para lutar pelos seus sonhos. A coragem de Megan e tudo que ela fez para salvar ele e Kieran da morte, lhe deu forças para lutar pelo que realmente desejava para sua vida. Se ele havia sobrevivido ao inferno da prisão, era porque sua hora ainda não havia chegado. E será que seu destino era mesmo se dedicar integralmente a Deus? Um dia, ele havia pensado que a melhor coisa a fazer seria entrar para a Igreja e fazer os votos, deixando para trás a vida mundana e se dedicando a Deus. Mas sua experiência na prisão o fez perceber que estava mentindo para si mesmo. Não era aquilo que queria para sua vida... Não desejava largar a vida que amava em nome da fidelidade a Deus. Amava Deus, mas também amava a mulher com a qual desejava passar o resto da sua vida... E é lindo vê-lo indo atrás do seu sonho... A jovem Karina também pretendia seguir a vida religiosa. Já tinha até ido para o convento e estava prestes a fazer seus votos, mas quando soube que Colin estava preso, ela não pensou duas vezes e largou tudo... voltando para casa e aguardando ansiosa que ele conseguisse escapar com vida. E o reencontro é muito fofo! Aqueles dois nasceram um para o outro e fico muito feliz por terem percebido o erro que estavam cometendo antes que fosse tarde demais. Tudo bem que quando conheci o Colin, senti por ele um carinho que eu sentiria por uma criança que necessita de proteção...rsrs... Não estou dizendo que ele era uma criança. Mas que era muito frágil e eu nunca o imaginei sendo capaz de tomar decisões tão importantes e ainda lutar contra aqueles que queriam que ele fosse padre a qualquer custo. Mas esse personagem me surpreendeu muito. Adorei sua coragem e seu amor pela Karina é lindo! Gostaria de ler uma história só sobre eles, mas acho que isso será impossível já que a história deles é toda contada nesse livro...
 
 
E o que dizer do meu casal querido e inesquecível??!!! Megan e Kieran nasceram um para o outro! Perfeitos juntos... Não tenho nem palavras para dizer o quanto um é importante para o outro. Ela havia perdido a memória durante a luta contra os ingleses e o primo traidor, Malcolm, e ainda ficou muito ferida. Ela estava completamente vulnerável, dependente da bondade de Kieran que poderia escolher salvá-la ou não... Mas ele salvou! Cuidou das feridas dela e lhe deu segurança quando ela mais precisou. Mostrou que ela não estava sozinha e que podia se apoiar nele... E a partir daí um laço impossível de ser desfeito, surgiu entre eles... os prendendo um ao outro sem que ambos pudessem perceber... Quando finalmente perceberam, já estavam muito apaixonados...
 
Kieran havia sofrido muito na vida por causa dessa guerra maldita contra os ingleses. Havia conhecido o lado sombrio da vida e sido torturado por um ano inteiro... Tinha ódio no coração e um desejo enorme de acabar com todos aqueles que lhe causaram tanto mal. Estava ferido física e emocionalmente. Mas ainda havia bondade e amor no seu coração... E quando viu aquela jovem guerreira, indefesa e necessitando urgentemente de ajuda, ele a pegou nos braços e levou com ele, prometendo a si mesmo curá-la e protegê-la. E ao sentir Megan junto a si, ele começou a sentir coisas que não queria. Não tinha tempo para o amor... Sua terra estava em guerra e ele não poderia condenar nenhuma mulher a viver pra sempre com medo, sem saber se eles estarão vivos no dia seguinte e sem nenhuma segurança para criar seus filhos. Não. Ele não podia, mas seu coração não quis saber dos motivos. Ele se apaixonou.
 
Para mim, Kieran é perfeito... Ele tem tudo que um personagem precisa ter para se tornar especial para mim. É corajoso e muito apaixonado sem deixar de lado sua arrogância para isso..rsrsrs... Ele é cínico quando quer, sarcástico, mas com Megan... Com ela... ele é um outro homem. Ela desperta o que há de melhor nele e emocionante demais ver esses dois juntos... São mais do que perfeitos um para o outro...
 
E os momentos de angústia? Era muito triste ver o desespero do Kieran, pois na maioria das vezes, aqueles malditos usaram a Megan contra ele... Na primeira vez, ele estava amarrado e não podia fazer nada... Só assistir atormentado, qualquer coisa que fizessem contra sua amada... E esse desespero, esse sentimento tão forte por ela, fez com que eu me apaixonasse perdidamente por esse mocinho tão especial. Megan era seu primeiro pensamento antes mesmo dele descobrir que a estava amando... e quando ele se aproximava dela e a tratava com tanto carinho, como se ela fosse a jóia mais preciosa que existe, eu não conseguia deixar de suspirar... Esse é realmente aquele tipo de livro de causar muitos suspiros...
 
E a Megan? Para mim, é a MacAlpin mais inesquecível! Com toda certeza do mundo, está entre as minhas mocinhas mais queridas. O que ela fez pelo Kieran e pelo Colin foi mais do que admirável. Não sei se eu teria a coragem que ela teve... Não sei se conseguiria fazer o que ela fez. Sozinha, ela enfrentou mais de doze homens armados e cruéis... Usou toda sua inteligência e coragem para fazer as coisas que fez e tornou-se assim uma das mocinhas mais inesquecíveis para mim. Se não fosse por ela, essa história teria terminado antes mesmo de começar, pois Kieran e Colin estariam mortos. Eles não passavam de dois estranhos fugitivos da prisão para ela, mas o amor que começava a sentir pelos dois a fez deixar de lado a oportunidade de fugir e se arriscar de uma maneira muito perigosa... Aqueles homens pretendiam fazer coisas horríveis com ela, mas Megan estava disposta a enfrentar o que quer que fosse só para ver os dois homens que amava livres... Não suportaria vê-los morrer... Saber que os deixou sozinhos nas mãos daqueles animais. Não. Ela preferia sacrificar sua vida se necessário, para livrá-los daquela injustiça.
 
Kieran era o homem que ela estava começando a amar de uma maneira profunda sem ao menos perceber isso... E Colin era o irmão que ela não tinha, um rapaz frágil e que já havia enfrentado dor demais. E o amor que ela sentia por eles lhe deu forças para enfrentar qualquer coisa. Nunca esquecerei essa mocinha!
 
E foi lindo demais ver o amor surgindo entre ela e o Kieran... Nada foi fácil para eles, mas cada tormento os aproximava ainda mais, fazendo-os terem certeza de que nunca poderiam ficar separados...
 
 
 
"Desistiu de muita coisa importante por minha causa, querida — murmurou, distribuindo beijos na cabeça loira.


— Não — ela negou, erguendo o rosto até que os lábios quase roçaram os dele. — Não desisti de nada. Ganhei o que realmente quero.


— E o que você quer, meu amor?


— Não sabe? Quero você, quero seu amor. Desejo ficar nesta terra linda e selvagem e pertencer a sua família.


— Esta terra selvagem terá de enfrentar muitas batalhas — ele advertiu. — Nasceu para a liberdade e não desistirá de lutar enquanto não for completamente livre.


— Eu sei. Lutarei a seu lado. Serei sua companheira por todos os dias da minha vida."


- Não estou contando nada de mais, certo? Acho que todos sabem que eu não teria amado esse livro se no final eles não ficassem juntos. Isso é tão óbvio! Não irei contar todas as coisas que acontecem no livro e, acredite, muita coisa ainda acontece, mas eles ficam juntos no fim... Megan não teria mais vida sem ele e estava disposta a abandonar tudo que tinha para viver e lutar ao seu lado... Amando e criando seus filhos ao seu lado até que a morte os separassem. E talvez até além... Para mim, uma história de amor emocionante...  Acho que muitos aqui também sabem que não gosto de livros com guerra, mas essa série é uma das exceções. Mesmo em meio a toda aquela guerra que há nos três livros, histórias lindas, apaixonantes e inesquecíveis surgiram... Era um cenário sangrento, sem esperanças, mas o amor os fez vencedores... Uma das melhores séries que já li! E Prisioneira do Esquecimento encerra a série das Irmãs MacAlpin com chave de ouro... E dos três, ele é, sem dúvida nenhuma, o meu preferido!!!!

- Eu sei que essa série está dentro de uma outra, chamada série Highland ou tbm Campbell. E mais três livros fazem parte dela. E eu tenho planos sim de lê-los, mas no momento fica um pouco complicado, pois tenho várias séries que preciso completar. Mas assim que possível, leio os outros três livros, ok? A série sobre as Irmãs MacAlpin acaba aqui, mas ao que tudo indica, existem histórias sobre pessoas ligadas às três irmãs.

E eu recomendo o livro a todos!!!! Vale muito a pena lê-lo!!! Principalmente se você gosta de romances históricos, com escoceses, irlandeses e até mesmo ingleses. Nessa série, os ingleses são os inimigos, mas no segundo livro a escocesa Brenna MacAlpin se casou com seu odiado inmigo, o inglês Morgan Grey...rsrsrs... Parece que ela não odiava tanto assim seu inimigo...rsrs...


Faz parte da série:

A Prisioneira do Castelo (Marjory MacAlpin e Brice Campbell)
Uma Rebelde Na Corte  (Brenna MacAlpin e Morgan Grey)
Prisioneira do Esquecimento (Megan MacAlpin e Kieran O`Mara)

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.