O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Uma Nova Vida - Ruth Langan (Maratona de Banca 2011 - Maio)


Em Maio: Ruth Langan!


América do Norte, 1880.

O caminho para o coração de uma mulher...


Isabella McCree queria ser amada. Por isso, trocou a existência solitária no Leste pela vida numa cabana nas montanhas com um marido de encomenda e seus filhos. Mas conseguiria superar seus segredos e tornar-se uma esposa de verdade?

 
Dedicado à arte de criar quatro filhos e domar cavalos selvagens, Matt Prescott já não sabia como cortejar uma mulher. Muito menos alguém como Isabella, linda e tímida. No entanto, em seus olhos azul-esverdeados viu força e sofrimento e soube que, de algum modo, encontraria o caminho para o coração daquela mulher!
 
 
 
 
 
Palavras de uma leitora...
 
 
 
Para tu amor lo tengo todo
Desde mi sangre hasta la esencia de mi ser
Y para tu amor que es mi tesoro
Tengo mi vida toda entera a tus pies
Y tengo también...

Un corazón que se muere por dar amor
Y que no conoce el fin
Un corazón que late por vos

Para tu amor no hay despedidas
Para tu amor yo solo tengo eternidad
Y para tu amor que me ilumina
Tengo una luna, un arco iris y un clavel
Y tengo también...

Un corazón que se muere por dar amor
Y que no conoce el fin
Un corazón que late por vos
Por eso yo te quiero tanto que no sé como explicar
Lo que siento

Yo te quiero porque tu dolor es mi dolor
Y no hay dudas
Yo te quiero con el alma y con el corazón
Te venero
Hoy y siempre gracias yo te doy a ti mi amor
Por existir

(Música: Para Tu Amor/ Cantor: Juan ou Juanes)

 
 
 
- Essa música é ou não é linda???!!! Perfeita! E foi maravilhoso ouvi-la enquanto lia esse livro TDB! Ai, esse livro!... Não sei nem como começar a falar dele... 
 
Confesso que eu não pesquisei muito ao escolher o livro da Ruth Langan para a Maratona de Banca desse mês. E como poderia se eu não queria ler resenhas sobre o livro antes? Então... tive que escolher pela sinopse. Mas a primeira coisa que me chamou a atenção nesse livro foi o título. "Uma Nova Vida" sugere recomeço e eu amo histórias de superação, de uma nova chance, sabe? Então fui ler a sinopse e soube que esse seria o livro perfeito! E acertei, felizmente... rsrs...
 
- Assim que comecei a ler o livro... logo durante as quartorze páginas iniciais... soube que ele seria lindo! Eu me apaixonei completamente pela história só pelo início... Aquela família invadiu meu coração sem sequer pedir licença...rsrs... Quando eu percebi eles já tinham um lugar especial dentro de mim. Tão precioso... Sei que jamais serei capaz de esquecer essa história tão linda, cheia de amor... Eles estavam quase destruídos... Em vez de viver, sobreviviam... Não tinham esperanças nem sonhos... Pelo que percebi, eles acordavam cada dia já com tristeza, sem esperanças de que algo de bom fosse acontecer para mudar suas vidas, para trazer a felicidade de volta... E mesmo assim, eles se amavam. E era nesse amor que encontravam forças para continuar. Eles estavam tão feridos que eu senti vontade de pegar todos eles no colo e abraçar bem forte, protegendo e dizendo que tudo ia passar... Mas, felizmente, a Isabella chegou, carregando seus próprios traumas, mas disposta a curar as feridas deles... e livrar-se dos seus próprios fantasmas com o tempo. Ela chegou como um anjo e foi transformando tudo... Devolveu-lhes o que haviam perdido, deixou de lado suas próprias necessidades para atender as deles e, no final, ainda lhes deu a maior prova de amor que alguém pode dar... Nunca, mas nunca mesmo, conseguirei esquecê-los...
 
 
" - Não precisamos de nada, Isabella - declarou Aaron, em nome de todos. - Você já nos deu algo que pensamos que jamais teríamos. Uma mãe que gosta de cuidar de nós. Tudo o que sempre quisemos."
 
 
" - Algum problema? - indagou o marido.
 
- Nenhum, Matthew. - Ela pousou a mão em seu peito. - Está tudo perfeito.
 
Ele pegou-lhe a mão e beijou-lhe cada dedo.
 
- Você está com frio. - Ergueu a ponta do cobertor. - Venha cá...
 
Izzy aconchegou-se junto ao corpo másculo.
 
- Sabe, eu só estava enumerando as minhas bênçãos. - confidenciou.
 
- Nesse caso, acrescente mais uma: eu te amo, Isabella. - Após dar-lhe beijinhos molhados no pescoço, desabotoou a camisola e abriu uma trilha de fogo sobre a sua pele. - Mas do que já acreditei ser possível..."
 
 
 
- Mais uma vez enfrento um grande desafio...rsrs... É muito mais fácil falar de um livro ruim. Pois quando falo desse tipo de livro, aconselho vocês a não o lerem, certo? Então, eu não me importo muito se tiver que revelar todas as coisas ruins do livro... Mas ao falar de um livro maravilhoso é muito mais difícil... Principalmente, porque eu sempre fico sem palavras...rsrs... Porque nada do que eu venha a dizer aqui será suficiente. Absolutamente nada! Não existem palavras que possam descrever só um pouco dos sentimentos que esse livro desperta. O amor se explica? Não, não é verdade? E nós sentimos muito amor durante a leitura... O amor é o sentimento que mais prevalece... E não tenho como explicá-lo... Cada cena, cada frase é cheia de sentimentos... cheia de amor, de carinho... E essa é uma das histórias mais lindas que já li! E eu a amo! rsrs...
 
 
- Uma família destruída... Com cicatrizes que pensavam que fossem permanecer para sempre. Um homem que havia perdido a esposa e que sentia uma dor que ameaçava devorá-lo a qualquer instante... Um pai que não tinha ideia de como compensar os filhos... Que sentia como se tivesse falhado e que tinha um coração implorando por ajuda... Que tinha vontade de largar tudo, deitar e chorar até não ter mais forças para nada... Mas que achava que já havia se humilhado demais. Um homem que castigava-se dia após dia e que só queria dizer "Chega! Eu não aguento! Alguém me livre desse tormento!" Eu senti cada uma dessas emoções que ele tanto tentava esconder... Eu via um homem que já havia chegado ao seu limite e precisava muito se apoiar em alguém, sentir-se amado e protegido... Já se sentiu perdido? Desesperado? Então sabe o que ele estava sentindo... e como era difícil para ele continuar. Somente pelas crianças ele ainda vivia... E falando em crianças... Três meninos e uma menina que haviam aprendido bem cedo o que era sofrer, o que era ser rejeitado... que enfrentavam coisas que não mereciam enfrentar... que estavam sendo privados da infância. Mas que se amavam e amavam o pai que estava sofrendo. Que pensavam muito mais na dor dele do que nas delas próprias. Que não o culpavam por nada e só desejavam que alguém fizesse ele voltar a sorrir.... Como não amar essa família?
 
 
- Uma mulher perdida... Sem casa, amigos ou esperanças... Sem nada na vida... Que havia sido abandonada quando ainda era um bebê e que passou a vida inteira sendo rejeitada por algo que não tinha culpa... Por uma deficiência física e tendo que se esconder para evitar mais humilhações... Tudo que ela mais queria nada vida era ser amada... Era ter a família que sempre desejou, dar e receber amor... ser feliz, ter paz... E quando recebeu aquela carta, de uma pessoa implorando por uma mulher que estivesse disposta a ser esposa e mãe... ela sentiu como se finalmente Deus estivesse olhando para ela e acreditou que podia recomeçar... Ter uma nova vida... Ruth Langan juntou duas pessoas que estavam muito marcadas pelo passado e os fez se reconstruírem juntos. Isabella era todo amor e aceitação... enquanto Matthew não queria acreditar novamente no amor... não queria permitir-se se machucar uma vez mais... E a combinação foi perfeita. Foi lindo vê-la invadindo a vida dele e entendendo-o, conquistando-o... Foi lindo vê-la derrubando suas defesas e fazendo-o voltar a amar... Foi muito difícil para ambos, mas depois de curá-lo, depois de curar aquela família... Isabella pôde receber a própria cura... Ela mudou a vida de todos e com isso... mudou a própria vida. Lindo demais!
 
 
 
Um pequeno resumo:
 
 
Ela já estava cansada de sofrer. Não aguentava mais viver sozinha, isolada de tudo e correndo riscos o tempo todo... Sendo pisada pelas pessoas que a conheciam desde criança e que sentiam prazer em vê-la sofrer. Ela queria fugir... Abandonar aquela vida de sofrimento e recomeçar em outro lugar... Ter uma família que a amasse e precisasse dela. Queria deitar-se nos braços do homem amado e observar os filhos brincando... Só queria isso. Não pedia nada mais da vida... Não esperava nada mais... Porém, nem isso poderia ter... Quem iria querer se casar com uma manca? Uma aleijada órfã e que os outros acreditavam que havia nascido daquela forma para pagar os erros da própria mãe? Era absurdo alimentar sonhos impossíveis... Ela jamais teria a única coisa que desejava...
 
Pelo menos Isabella pensava assim... Mas a chegada de uma carta inusitada mudou toda sua vida...
 
A carta pedia que uma mulher largasse toda sua vida e viajasse para um lugar desconhecido... para se casar com um homem viúvo e com quatro filhos para criar. Pedia que ela aceitasse ser esposa e mãe deles. E a carta que para os outros foi ridícula e motivo de diversões... para Isabella significou sua salvação. Após pensar bastante, ela percebeu que era sua única chance de ir atrás do que tanto sonhara. E ela foi.
 
Matthew estava cansado... Cansado de tudo inclusive de viver... Sua casa estava desmoronando, seus filhos estavam se matando de trabalhar e vivendo pior do que os cachorros da fazenda. E tudo por sua própria culpa. Mas ele não sabia o que fazer... Não sabia como cuidar sozinho de quatro filhos e não tinha forças para arcar com essa responsabilidade sozinho. Seu coração estava em pedaços e ele sentia-se profundamente só e perdido... Mas em vez de se alegrar no momento que aquela mulher apareceu em sua vida disposta a ajudá-lo... Ele ficou furioso... e a expulsou de sua casa... Já tinha problemas suficientes e não queria mais um... Outra esposa? Outra chance de machucar a si mesmo e aos seus filhos? Não. Ele preferia os males que já tinha... Porém as súplicas das crianças falaram mais alto e ele acabou lhe dando uma chance... e arrependendo-se imediatamente...
 
 
Juntos eles começaram uma relação complicada... Ambos estavam muito marcados e não seria fácil para nenhum deles enfrentar o desafio de uma vida juntos... Teriam que aprender com o tempo... teriam que aprender a dividir suas dores e superar o que não tinha jeito... juntos... E esse será o maior desafio de suas vidas... Matthew não está pronto para confiar em Isabella... Ela começa a transformar a vida de sua família, mas mesmo assim ele ainda não consegue confiar nela ao ponto de abaixar a guarda, ao ponto de revelar os segredos que o atormentavam... E Isabella também não estava... Embora lutasse o quanto podia, ela não conseguia livrar-se do medo... Não conseguia confiar no marido e lhe dar o que ele queria. Como será que eles conseguirão resolver esses problemas? Será que aprenderão a confiar e se livrarão de uma vez por todas dos fantasmas do passado? Claro que sim, pois entre eles nasce o inesperado: um amor profundo capaz de qualquer coisa...
 
 
- Bem... Definitivamente, fazer essa resenha está sendo complicado...rsrs... Não quero revelar tudo, entende? Estou decidindo ainda o que posso dizer e o que... não. Quem acompanha meu blog sabe que adoro contar demais...rsrs... Mas tem vezes que fazer isso pode estragar tudo. E dessa vez acredito que não posso revelar muito da história... Tem coisas na história que é melhor descobrir sozinha. Como, por exemplo, os segredos que cercam o passado da Isabella e do Matthew... e tem outras cenas preciosas que não é justo que eu revele para vocês... Enfim... O que posso contar???!!!! Eu não sei! rsrs...
 
 
- Bem... A história começa com a Isabella chegando na fazenda e descobrindo que a casa de seus sonhos não passava de uma cabana gritando por socorrro...rsrs... Ela não acredita no que seus olhos veem... A cabana estava imunda, com roupas sujas espalhadas pelo chão, comida estragada, galinhas passeando e fazendo suas necessidades a vontade (dentro da casa!), cachorros comendo junto com os humanos... e humanos se comportando não muito melhor do que os animais... A casa, segundo as palavras da Isabella, cheirava a excremento, animais e comida estragada... e só imaginar a cena já faz meu estômago se revoltar... rsrs... E as pessoas que viviam naquela casa? É óbvio que era impossível viver naquele lugar, naquele estado, e não ficar sujo também... Eles estavam imundos, andando com roupas rasgadas e esquecidas do que era educação. E estavam infelizes também... Não sabiam se cuidar sozinhos e nem tinham vontade de fazer isso, pois estavam muito machucados. Precisavam de alguém que lhes desse motivos para sair daquela. E, depois que o Matthew finalmente aceita que a Isabella fique, a vida deles começa se tranformar aos poucos... eles voltam a sorrir e aprender a ser humanos de novo...rsrs... Com muita paciência (pois só sendo uma pessoa com "muita paciência" era possível suportar "certas coisas"...rsrs...), amor e compreensão, ela consegue ganhar a confiança de toda aquela família e os faz se sentirem queridos, protegidos... Só assim eles conseguem voltar a viver...
 
 
" - Sabe o que significa para mim  ver você lavando nossas roupas, remendando-as, assando pão e biscoitos, tratando dos machucados? Fazendo um lar para nós? E fazendo com alegria? Graças a você, somos uma família de novo. Graças a você, nossos corações estão cicatrizados. Recuperamos a esperança. E o amor. Eis o que você nos deu, Isabella. Esperança. Amor. A nossos olhos, você é, e sempre será, a criatura mais bela do mundo."
 
 
- Não vou falar mais nada... E nem tenho palavras para falar sobre ele mesmo...rsrs... Creio que esses trechos que coloquei, mais do que minhas palavras, serão capazes de fazer vocês sentirem pelo menos um pouco da emoção desse livro. É uma história simples, de pessoas simples e comuns... Não esperem por muitas reviravoltas e nem por nada complexo... É tudo muito normal. Natural. É a história de pessoas que foram muito machucadas na vida e que recomeçam juntas. De uma família que recomeça. De pessoas perdidas que encontram seu lugar no mundo... E é uma história que eu acredito que ninguém deveria deixar de ler. Acredito que é um crime não ler esse livro! Você, leitora que se preze, não pode deixar de ler esse livro de jeito nenhum! Sei que gosto é algo muito complicado, mas eu acho impossível não amar esse livro... esses personagens marcam a gente sem nem ao menos percebemos... eles vão invadir a sua vida e permanecer nos seus pensamentos por muito tempo. Pelo menos, nos meus vão... Depois de ler esse livro eu me sinto muito bem... é uma história que faz bem, que te deixa com gostinho de quero mais depois. Que te faz amar. Sonhar.
 
- E sabiam que eu não li esse livro sozinha? rsrsrs... Pois é. Como disse, antes de ler vinte páginas do livro eu já o amava... e por isso não pude deixar de recomendar o livro para a Carla e a Monica. Eu não sabia como a história terminava, corria sérios riscos de elas ficarem com raiva de mim depois caso o livro acabasse não sendo bom no final das contas... rsrs... Mas eu me arrisquei, pois achei que o livro seria tão especial que elas também deveriam lê-lo. E como ambas não estavam lendo nada no momento, começaram a leitura também... E adivinhem!!!! Elas também AMARAM o livro!!!!! Então, não sou a única. Três leitoras recomendam o livro. Nós três amamos a história, amamos os personagens e principalmente, o TDB Matthew... Ele é um homem de verdade, como a Monica mesmo disse. E segundo as palavras dela, o resto é saco de batata...rsrs... Eu concordo. Mas é claro que meus outros mocinhos queridos não estão na categoria "sacos de batata". É óbvio que não! Eles também são homens de verdade... Saco de batata é o Tristán, por exemplo. Ou o Rolf..... entre outros "mocinhos"... :) Eles são imitações mal feitas de homens... Agora, Matthew, Cage, Cameron, Ian, Jason, Patrick, Jeff, Kinnahauk... entre alguns outros mocinhos inesquecíveis... Eles sim são exemplos que devem ser seguidos!
 
 
" - Não sei do que estão falando. O que depende de mim?
 
- Minha vida. - esclareceu Matt. - Meu futuro. Minha felicidade. Tudo depende de você, Isabella."
 
 
- rsrs.... Eu sei! Disse que não iria falar mais nada sobre o livro e não vou...rsrs... Só quis colocar mais esse trecho que amei. Claro que tive que cortá-lo para não revelar algumas coisas que eu gostaria de contar... Mas infelizmente, não seria certo. Eu senti raiva em alguns momentos e gostaria de falar sobre isso...rsrs... Só que, se eu fizesse isso, revelaria um dos segredos da história. Então terei que guardar minha raiva... Enfim... Não vou dizer mais nada... Só recomendar outras duas músicas, colocando aqui os trechos delas que tem a ver com a história de amor do casal desse livro. São músicas que eu recomendo para ouvirem durante a leitura desse livro. Eu coloquei as três músicas (a primeira indiquei no início da resenha) para tocar durante a leitura desse livro e acho que, para quem gosta de ler ouvindo música, são ótimas escolhas.
 
 
Todo cambió cuando te vi,
De blanco y negro a color me convertí,
Y fue tan fácil quererte tanto,
Algo que no imaginaba,
Fue entregarte mi amor con una mirada
Todo tembló dentro de mí
El universo escribió que fueras para mí
Y fue tan fácil quererte tanto algo que no imaginaba
Fue perderme en tu amor,
Simplemente paso y todo tuyo ya soy

 
Antes que pase más tiempo contigo amor,
Tengo que decir que eres el amor de mi vida
Antes que te ame más, escucha por favor
Déjame decir que todo te di...
Y no hay cómo explicar pero menos dudar,
Simplemente así lo sentí, cuando te vi.

(Música: Todo Cambio/ Banda: Camila)
 
 
- Na verdade, acredito que a música toda combina com esse casal, mas decidi colocar só esses trechos. A Isabella mudou toda a vida do Matthew, ela o fez amar quando ele não acreditava mais que isso fosse possível e o fez ficar rendido aos seus pés... rsrs... Ele a amou antes mesmo de perceber isso e a música fala basicamente disso. Ela fala de um amor que nasceu naturalmente, fácil, bastou um olhar para tudo começar a modificar... e eu lembro da luta do Matthew consigo mesmo quando ouço essa música... e do modo como ele se rendeu quando percebeu que era inútil lutar... Aí, ele quis gritar aos quatro ventos que a amava... Só que ela não cooperava muito...rsrs...
 
 
Quiero entregarte mis años
Mis ansias de amarte, mi fuerza mi fe
Para llegar de tu mano
Al rincón sagrado qué siempre soñe
Quiero pintar con tus besos
Un cielo de estrellas sembrado de luz
Buscar abrigo en tu cuerpo
En la noche eterna de tu juventud

Quiero saciar mi locura
En la tibia playa de tu desnudez
Para llenar de ternura
La inocencia pura de hacerte mujer  
 
(Música: Quiero Perderme En Tu Cuerpo/Cantor: David Bisbal)
 
 
- Essa música foi uma indicação da Carla e eu lembro sempre da noite de amor do casal quando ouço essa música... Que só para que saibam, foi linda!!!! E eu recomendo as três músicas... São lindas para ouvir durante a leitura desse livro...
 
 
 
Palavras da autora:
 

RUTH LANGAN nos diz: "Toda a minha vida, fui fascinada por pessoas — gente comum por trás dos grandes eventos históricos. Quando estudante, não eram as guerras, as fomes ou outros desastres que nutriam minha imaginação, mas as pessoas afetadas por aqueles eventos, que conseguiam superar os percalços e viver, rir, amar. Seja um herói do Velho Oeste americano, um escocês vingativo ou um zangado combatente irlandês, seja a heroína tristonha, ou tímida, ou marcada pelos fardos da vida, o desafio é sempre o mesmo: confrontar o amor em todos os seus aspectos, o amor de um homem e uma mulher, o amor duradouro da família, o amor sincero do país. Eis o que desejo para você, querida leitora — que saia dessas histórias com o coração transbordando de amor".

8 comentários:

Anônimo disse...

Mais uma linda resenha, Luna!

Tô aqui rindo e lembrando da mensagem que eu te enviei, chocadíssima, dizendo que esse mocinho e seus respetivos filhos, eram uns "porcos"! kkkkkkkkkkkkkk

E não demorou muito para eu me apaixonar por todos eles. rsrs

Bjs
Carla

Lulu Sempre Romantica disse...

Oie, tudo bem?

É com grande prazer que leio as suas resenhas, sempre me deixando com vontade de ler os livros. Até mesmo quando vc não gosta muito hehehe.

Beijos
Blog Apaixonada por Romances

Luna disse...

Olá Carla! Olá Lulu! :)


Obrigada, Carla!

rsrsrs... Eles te conquistaram rapidamente também, não foi? São irresistíveis! E eu ainda estou pensando neles (suspiros)...rsrsrs....

Bjs!


Obrigada, Lulu! :D



Bjs!

Beli disse...

Ah! Que barato... kkk Agora que tenho que ler esse romance! Cada trecho mais apaixonante! Nõa tinha lido esse da Ruth...
Essa Isabella é incrivel... Matt é sem palavras... E os filhos... uns fofos! kkk
Bela resenha!

bjuss

Maratona de Banca disse...

Esse é um dos meus preferidos da Carol do blog Mulheres Românticas.
Muito emocionante

Sweet-Lemmon disse...

Este livro é realmente lindo!

Bjos!

http://umaconversasobrelivros.blogspot.com/

Beatriz Solano Pinzon disse...

Outra linda estória de amor, no mesmo estilo de “Casamento Sem Amor” da Lynda Trent, ou seja, casamento por correspondência, com uma rival maldosa e umas crianças adoráveis. Porém, neste livro eu achei um pouquinho mais movimentado, teve um clímax na estória bem interessante. Vale a pena a leitura, muito bem escrito e gostei!

Ah! em relação às músicas, eu não tenho hábito de ler ouvindo música porque eu me perco nelas e começo a sonhar e acabo saindo do livro kkkk Mas, eu conheço e adooooro as três musicas, eu amo esses cantores latinos, depois do português o idioma que mais gosto é o espanhol!

Luna disse...

Beatriz, eu amo histórias assim de "casamento por correspondência". Não conhecia esse da Lyndia Trent, o nome da autora não me é conhecido. Vou anotar agora mesmo na minha lista de futuras leituras. E a chance de que passe a frente de vários é enorme! Muito obrigada pela indicação! :)

kkkkkkkkkkk... Têm livros que também não consigo ler ouvindo música, mas a maioria eu consigo!rsrs... Me sinto ainda mais desligada do mundo quando leio ou escrevo ouvindo uma bela música. :D

Ai, amei saber disso!!! Amo tanto o espanhol! Os latinos cantam de um jeito apaixonante, que nos toca a alma, nos invade. Não suportaria viver sem músicas, mas sobretudo sem as latinas. Amo demais!

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.