O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Entrevista: Dan Albuk (conheça um pouco mais do autor de Lerulian)





- Quem aqui lembra da minha resenha sobre o livro Lerulian - A Queda da Cidade dos Homens?! Bem... Quem não leu minha resenha, pode ler clicando AQUI .



É claro que depois de ter amado tanto esse livro, eu iria gostar de saber um pouco mais sobre o autor que o criou. Quem é o Dan? Como foi a criação de Lerulian? Qual seu personagem favorito da série? Estas foram só algumas perguntas que eu me fiz enquanto ainda lia o primeiro livro. E eu fico muito feliz por ter tido a oportunidade de fazer algumas perguntas ao Dan e ele ter, gentil e carinhosamente, respondido minhas perguntas. É a primeira vez que eu entrevisto um autor. Minhas perguntas foram simples... Espero que vocês gostem. :)



Dan Albuk nasceu no Rio de Janeiro em Julho de 1988, e desde pequeno sempre foi fascinado por histórias fantásticas, de aventura, suspense e terror. Escreveu vários contos na época da escola, que eram proibidos imediatamente pelos professores do colégio pelo conteúdo sinistro, sanguinolento e fantasmagórico.

Criou a Saga de Lerulian quando tinha 16 anos, mas só em 2007 começou a escrever, catalogar e aprimorar o universo repleto de fantasia e mistério.


1- Enquanto eu lia seu livro não cansava de me perguntar quem era "o autor" por trás dele. A pessoa por trás desse livro e por isso te pergunto: Quem é você? Quero a sua opinião sobre você, quero saber  um pouco mais sobre você com as suas palavras, sabe?



Dan: Sou um cara super desatento, determinado e apaixonado por zumbis. Eu sou estranho.



2- Pelo que li, você começou a escrever esse livro alguns anos atrás, ainda muito novo. Numa época em que, eu arrisco dizer, as pessoas não pensam muito em ler quanto mais escrever uma história...  É um momento no qual estamos descobrindo a vida... O que te motivou a começar escrever esse livro? Você simplesmente decidiu que se tornaria escritor e começou a escrever? Ou teve um outro motivo? Conta pra gente! :)



Dan: Nunca quis ter uma profissão convencional, enquanto todos os meus amigos sabiam exatamente o que queriam fazer, eu estava completamente perdido! Tentei ser ator, músico, desenhista e trabalhei com uma porção de coisas que eu realmente não dava a mínima. Então, quando decidi que só faria alguma coisa que eu gostasse, comecei a escrever. Nunca pensei em ser um escritor profissional, mas a medida em que fui escrevendo, e gostando da história que estava fazendo, fiquei completamente apaixonado.




3- Ao ler Lerulian eu me senti parte desse mundo fantástico criado por você... É como se eu fizesse parte da história... Era uma sensação maravilhosa e fico me perguntando... Como você se sentiu ao escrever esse livro? Qual foi a sensação?



Dan: No começo, eu escrevia apenas como hobby, fazia desenhos, mapas, resumos dos personagens, das localizações e tudo mais, mas conforme a história foi crescendo, eu reparei um real potencial para a publicação. Larguei meu emprego, me tranquei dentro do quarto e passei 6 meses completamente submerso no mundo de Lerulian. Nunca pensei que não daria certo, sempre coloquei na minha cabeça que quando fazemos algo com amor, mais cedo ou mais tarde, temos o retorno. Quando terminei o livro, fiquei verdadeiramente aliviado e emocionado, por ter concluído um trabalho de 4 anos.


 

4- Alguns personagens se tornaram muito especiais para mim. Como o Lothar, por exemplo, sempre provocando e divertindo todos. Como o Vaan mesmo disse, não existia tempo ruim para ele. Como foi a criação dos personagens dessa história? Quem é o Vaan para você? Fale um pouco sobre os personagens de Lerulian - A Queda da Cidade dos Homens.



Dan: Dei muita atenção para os personagens, tentei colocar, em cada um deles, um pedaço de mim e das pessoas que eu gosto. Me identifico muito com Vaan Sorg, pois assim como eu, ele cresceu e amadureceu ao longo do livro. É um personagem fundamental na história, mas assim como os outros, está propenso a qualquer acontecimento, inclusive a morte. Tento dar para cada um dos personagens, um ar de protagonista, porque assim todos terão personalidade própria e serão facilmente reconhecidos pelo leitor.



5-  O fim... Quando esse livro chegou ao final eu senti vontade de chorar. A saudade foi enorme e ainda posso senti-la. Foi doloroso me separar do livro. E é claro que não posso deixar de perguntar o que você sentiu ao terminá-lo... Como foi? Sei que ele faz parte de uma série e a separação ainda não é definitiva, mas uma parte dela terminou... Você também sente saudade? Foi doloroso terminá-lo?



Dan: Sinto muita saudade do mundo de Lerulian. Estou trabalhando num livro de suspense e retomarei o trabalho de Lerulian - Vol 2 somente ano que vem. Mal posso esperar! Os personagens e os lugares tomam vida e forma próprias e isso faz com que, tanto o autor, quanto o leitor, os enxergue como amigos. Eu realmente sinto saudade do Lothar, do Rus e do Sorg, como se fossem pessoas de verdade! E não, eu não sou louco. Brincadeira, sou sim.




6- Algum autor serviu de incentivo para você escrever esse livro? Algum livro que você tenha lido? E por falar nisso... Quais seus livros, filmes e músicas preferidos?



Dan: Tive muitas influências, que vão de livros, filmes, jogos, músicas até momentos vividos por mim e histórias contadas pelos outros. Não tive nenhuma influência direta de autores que gosto. Tentei criar um estilo próprio para o livro, procurando lendas brasileiras e colocando-as no livro. Gosto da maioria das obras de Stephen King, pois tenho uma verdadeira fascinação por sangue. Adoro todos os tipos de filme, mas os meus preferidos são os de suspense e terror. Eu ouço o bom e velho Rock. Digo, o verdadeiro, não essas porcarias coloridas por aí.



7-  É sempre bom contar com o apoio de alguém. Alguém que aposte na gente e diga "Vá em frente, você consegue!". Houve alguém assim para você? Alguém que tenha apostado em você desde o início?



Dan: Com certeza: eu. Quando o caminho é muito difícil, as pessoas adoram dizer que você não vai conseguir, para tentar alguma coisa mais fácil, ou para desistir. E a maioria das pessoas que fazem isso, são as mais próximas a você, porque, simplesmente, elas não querem ver você se f*der! Tive a ajuda de muitas pessoas e sou infinitamente grato por isso. Mas sem força de vontade e determinação, não teria chegado a lugar nenhum.



8- Sabemos que esse é só o primeiro livro dessa saga e que o segundo se chamará Lerulian: A Mão Branca. Quantos livros farão parte da série? Os outros já possuem títulos definidos?
 

Dan: Será uma tetralogia, e o primeiro livro foi somente um prólogo da série. Os outros 2 volumes, ainda não possuem título.



9- Imagino que ser escritor não é algo muito fácil. Encontrar uma editora que aposte no trabalho de vocês. Como foi o trabalho de divulgação do seu livro? Antes dele ser publicado pela Novo Século você o divulgou por conta própria? Se sim, como foi?



Dan: Sim, comecei publicando de forma independente. Quando terminei o livro, não tive a mínima paciência para procurar uma editora, pois sei como é difícil, complicado e demorado o contato com as editoras tradicionais. Então, publiquei sob demanda, no site Clube de Autores. E surpreendentemente, na primeira semana, era o livro mais comentado do site e um mês depois, foi o mais vendido. Divulguei muito no twitter e no facebook. Contei com a ajuda de muitos amigos, alguns da internet, e da divulgação boca a boca.



10- O que você diria para um autor que ainda "não saiu do armário"? O que você gostaria de dizer para alguém que está começando agora ou pretende começar?



Dan: Eu diria: Sai do armário, Mona! Há! Não, agora é sério. A única coisa que eu sempre digo é: confie em você mesmo. Se você gosta do que você faz e acredita no seu potencial, corre atrás. Pois só depende de você.




 Dan, foi um prazer enorme poder saber um pouco mais sobre você. Agradeço muito pela atenção, carinho e confiança! E termino deixando esse espaço para você dizer algo mais, se desejar, aos leitores.



Querida, eu que agradeço. Foi um prazer responder todas as perguntas. Obrigado pelo carinho e boa sorte no blog. Quem quiser conhecer um pouco mais sobre Lerulian e minhas obras futuras, acesse www.lerulian.com.br, ou no twitter @Dan_Albuk.

Grande beijo,

Dan.




- Eu realmente amei saber um pouco mais sobre o Dan e foi até divertido...rsrs... Estou ansiosa para ler a continuação de Lerulian e matar a saudade que sinto dos personagens. Espero que vocês também tenham gostado de saber um pouco mais sobre o Dan. E recomendo que quem ainda não leu Lerulian, leia. Já disse que me sinto orgulhosa porque esse autor é brasileiro?! rsrs... É ótimo saber que no meu país também existem ótimos autores.


Bjs e até a próxima!


0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.