O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Resenha da Carla: Promessas de Amor - Sherry Thomas


Título Original: His At Night



O amor é mais escaldante na escuridão antes do amanhecer. 


Vencedor de «Melhor Romance Histórico» nos RITA Awards de 2011


Elissande Edgerton é uma mulher desesperada, uma prisioneira na casa do tio tirano. Apenas através do casamento pode ela reivindicar a liberdade por que anseia. Mas como encontrar o homem perfeito?

Lorde Vere está habituado a armadilhas irresistíveis. Como agente secreto do governo, localizou alguns dos criminosos mais tortuosos em Londres, enquanto mantém a sua fachada de solteirão idiota e inofensivo. Mas nada pode prepará-lo para o escândalo de ser apanhado por Elissande.

Forçados a um casamento de conveniência, Elissande e Vere estão prestes a descobrir que não são os únicos com planos secretos. Com a sedução como única arma - e um segredo obscuro do passado a pôr em risco as vidas de ambos – poderão eles aprender a confiar um no outro, mesmo enquanto se entregam a uma paixão que não pode ser negada?

Um romance magnífico que tem como protagonistas um herói disfarçado de tolo e a mulher que vê para lá da sua fachada.




Resenha:



O Marquês de Vere é um homem trapalhão e tagarela, que é considerado um "bobo da corte" por todo mundo. Desde que, com a idade de 16 anos, caiu do cavalo e bateu com a cabeça ele passou a não regular muito bem. Mas, na realidade tudo não passa de um disfarce para camuflar a sua atividade de agente secreto ao serviço da Coroa. A fachada de idiota foi o jeito que ele encontrou de afastar qualquer desconfiança acerca das suas atividades. Afinal um homem que acredita que os diamantes crescem em ostras não pode ser ameaça para ninguém! Vere é tão convincente no papel de idiota que me rendeu boas gargalhadas.

Por detrás dessa fachada mora também um homem solitário cuja opção de vida nunca lhe permitiu viver uma vida normal. Então ele cria na imaginação uma mulher ideal, etérea, com um sorriso maravilhoso, uma mulher cheia das virtudes que faltam a si mesmo e ele a invoca sempre que se sente só, sempre que os pesadelos o atormentam. Ela é o seu porto seguro, sua amiga, sua amante.

No momento Vere está atrás de Edmund Douglas, dono de uma mina de diamantes e suspeito de várias irregularidades. É quase impossível penetrar na casa de Edmund dada a reclusão em que ele vive. "Quase" porque para tudo dá-se um jeito. E é aí que entra a sobrinha dele, que Vere pretende iludir com uma manobra de diversão para ganhar o acesso à casa.


Mas se Elissande conhecesse os planos de Vere ele não precisaria se dar ao trabalho de criar uma manobra de diversão. Ela teria lhe dado acesso direto à casa na esperança de que isso a livrasse do tio! Elissande e a sua tia vivem há anos sob o jugo do seu prepotente e sádico tio. Um homem maquiavélico, obscuro e anti-social que as arrancou do convívio com a sociedade e as mantém em total clausura. A esposa ele mantém presa a uma cama às custas de láudano e de tortura essencialmente psicológica, a sobrinha ele a mantém reclusa devido à lealdade que esta mantém para com a tia. Elissande passa os seus dias desempenhando o papel de enfermeira, cuidando das necessidades mais básicas da tia. O seu único prazer proibido é um guia de viagens do sul da Itália (o único livro em inglês que ela conseguiu salvar da prepotência do tio), que de tanto ler ela sabe de cor. O seu escape de toda aquela prisão é sonhar com a ilha de Capri, na Itália. Um lugar que ela associa a liberdade e refúgio das maldades do tio. Mas ela sabe que jamais terá coragem de ir a lugar algum sem a tia. Ao invés disso ela se deixa manipular totalmente pelo tio, se transforma na sobrinha perfeita e submissa e esconde toda a sua frustração e desespero por detrás de um sorriso ensaiado verdadeiramente deslumbrante. O irônico é que na verdade Elissande não sabe o que é um sorriso de verdade pois nunca teve motivos para sorrir. No entanto, quando um grande número de ratos invade uma propriedade vizinha e lhe é pedido que dê guarida por 3 dias (o mesmo período de tempo em que o seu tio estará ausente) a um número considerável de pessoas enquanto ocorre a desinfestação nessa propriedade, Elissande aproveita a sua chance e concentra todas as suas atenções no marquês de Vere, um dos seus hóspedes. Ela sabe que está apenas usando-o como uma desculpa para escapar, mas com apenas três curtos dias para tirar a si e à tia das garras do tio, Elissande fará o que for preciso (o que neste caso significa casar-se).

Da primeira vez que se vêem eles ficam cativos um do outro: ela vê nele um cavaleiro andante que veio tirá-la daquela casa; ele vê nela a materialização da musa dos seus sonhos. Mas não demora a que ambos se decepcionem. Ela descobre que se encantou por um idiota totalmente trapalhão, que diz os maiores disparates e que mal sabe cuidar de si mesmo. Ele com a sua perspicácia descobre nela uma oportunista que deseja à viva força sair daquela casa, nem que para isso precise tomar medidas extremas. No entanto, apesar disso, em poucos dias Vere se torna vítima de uma armadilha e se vê obrigado a casar com Elissande... Ela realmente se livra do tio, mas o que acontecerá à fachada que cada um deles mantém?

Nem Elissande nem Vere são inocentes nesta história. Vere é pego na sua própria armadilha, enquanto Elissande sente que uma armadilha era a única opção que tinha disponível. Entre disfarces, mágoas e rancores ambos vão aprender que nada é o que parece e que afinal as suas almas solitárias bem podem ter sido feitas uma para a outra.


A história é linda e tem várias cenas sensuais memoráveis. Uma delas é de uma crueza tal que não somos poupados ao vocabulário mais grosseiro. Tb nunca pude imaginar que um guia de viagens pudesse se tornar um exímio objeto de sedução. rs

Preciso também dizer que ao vivo a capa supera bastante a imagem. É simplesmente lindíssima!
Maravilhoso!



Carla

4 comentários:

Luciana Apaixonada por Romances disse...

Olá Carla!

Linda resenha, pena que não vemos ver esse livro e vários outros publicados aqui no Brasil. Eu já fiz a minha primeira compra na WooK, acho que a segunda será só dos livros da Sherry Thomas.

Beijos
Luciana Apaixonada por Romances

Carla disse...

Oi, Luciana. Dos 3 livros que li da Sherry Thomas só houve um que não gostei muito (O Fruto Proibido). Os outros dois achei fantásticos. É uma autora a ter em conta!

Bjs!

FDUARTE disse...

Carla, Meus Books do céu!

Que lindo!! Ameiiiiiiiiiiiiii.

Livro: dá pra vc chegar logo, dá? Brigadinha, viu?


bjo Carla, ameiiiiiiiiiiiii

TAGS: TOP TOP FURA FILA

Renata Santos disse...

O que me daixa triste é o fato de que esses livros maravilhosos só serão lançados aqui no Brasil no dia de São Nunca.
Linda resenha, bjs!

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.