O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Aliança do Amor - Michelle Reid


(Título original: Marchese´s Forgotten Bride
Tradutora: Vanessa Mathias Gandini
Editora: Harlequin)



Como ela poderia confessar que ele era o pai de seus filhos gêmeos?

Quando Alessandro Marchese adentra a sede de sua mais nova empresa, uma pessoa em especial fica abalada com sua presença imponente. O frisson em sua pele revela a Cassie que seu novo chefe é o homem que a abandonou grávida de gêmeos!... E ele parece ter se esquecido completamente dela... Mas Cassie o afeta mais do que ele deixa transparecer. Agora, Alessandro só precisa de uma coisa: Cassie, usando sua aliança...


Palavras de uma leitora...




"— Você me queria — ele declarou, sem rodeios. — Desde o instante em que me viu naquela droga de res­taurante, Cassie, você... me... queria! Bem, agora você conseguiu. Estou aqui... amarrado, apaixonado e envolto em uma embalagem de presente! Estou lhe dando o que você quer!"


"— Eu vou fazer amor com você até pensar que está morrendo... — Sandro murmurou em um tom rouco e sensual de voz."

- Quanto tempo será que fazia que eu não lia um livro da Michelle Reid? Já li tantos livros dessa autora que acreditava que ela não pudesse mais me surpreender. Mas fui pega completamente de surpresa quando cheguei ao final dessa história. E a surpresa não foi agradável.


- A autora na verdade começou a me surpreender logo que comecei a ler o livro. Eu cheguei a me perguntar se esta era realmente uma história da Michelle Reid. Os mocinhos dela são apaixonados, quentes, irresistíveis, mas, na maior parte das vezes, são verdadeiros canalhas com as mocinhas. São arrogantes demais, os únicos que tem razão em tudo e não se importam em ameaçar e humilhar as mocinhas. É verdade que a LG consegue criar mocinhos piores, mas a Michelle não fica muito atrás.rsrs... Porém, o Sandro era perfeito!kkk... Arrogante, sim. Convencido. Mas o amor dele pela Cassie era visível. A química foi imediata. E havia um fogo, sabe? Algo mais quente, mais forte do que paixão. Existia algo arrebatador ali. E eu me peguei apaixonada pelo Sandro antes que tivesse chegado à metade do livro. Me perguntei: "Ele realmente existe?" Ele é tão perfeito assim mesmo sendo um mocinho da Michelle????!!!kkkk... E quanto mais o conhecia mais apaixonada ficava.




"— Eu já possuo um castelo.
Ela congelou próximo à porta, sentindo o corpo intei­ro ficar tenso.
— E meu próprio jato. — A voz dele soou comovida. — Eu possuo diversas residências no exterior, lugares exóticos, um par de helicópteros, um iate e uma ilha no Caribe — ele declarou com a voz rouca. — O que eu não possuo é o que você já tem... um lar, como você mesma disse."



- O Sandro admitia seus sentimentos sem problema algum. Não acusava a Cassie de ter cometido pecados imaginários, a tratava com carinho, paixão... amor, desde o início. Ele não tinha medo de mostrar que era um ser humano e vulnerável. Ele queria a Cassie e deixou isso claro. Não acusou a Cassie de tentar dar um golpe nele ao apresentar os gêmeos seis anos depois do caso deles. Ele aceitou os filhos como presentes que a vida estava lhe dando. Que a Cassie estava lhe dando. Ele era tão irresistível que me fazia suspirar aqui!rsrs...




"— Você está frio — ela murmurou.
— Nunca. — Um sorriso fraco surgiu nos lábios dele.
— Eu sou italiano. Nós somos sempre quentes."

"— Está querendo bancar a minha mãe, cara? — Ele provocou. — Se eu continuar deitado aqui, pálido e pa­tético, vai suavizar o seu ódio contra mim e ouvir o que tenho a lhe dizer?"


"Estreitando os olhos, Sandro murmurou em tom baixo e rouco de voz:
— Se isso ajudar, cara, apenas diga uma palavra e eu tirarei as minhas roupas para que você possa me analisar melhor..."



- Eu não esperava que o Sandro pudesse fazer algo condenável. Não imaginava que ele pudesse me magoar em algum momento. Ele era tão maravilhoso, humano, apaixonado, sensível e entregue à Cassie e aos filhos que eu acreditava que ele era totalmente diferente dos outros mocinhos da autora. Que ele seria aquele, entre os mocinhos dela, que eu mais amaria. E estava certa... até certo ponto. Realmente o Sandro se tornou o meu preferido entre os mocinhos da autora, mas... ele não é tão diferente assim dos outros.kkkk... Ele apronta?! Sim. Quando eu acreditava que nada poderia dar errado e que eu já sabia tudo sobre o Sandro... a autora veio com um golpe terrível.


Um pequeno resumo:


Seis anos antes, Cassie tinha conhecido o homem que iria marcá-la para sempre. O único para o qual ela conseguiria se entregar. Aquele que mexeria com todas as suas emoções e roubaria seu coração. Que lhe daria dois filhos. E a deixaria sem explicações. Que a abandonaria grávida dos filhos dele. Que a deixaria sozinha para enfrentar a gravidez e a responsabilidade de criar dois filhos, fazê-los felizes e impedi-los de passar fome. 

Cassie tinha lutado contra a atração que sentia por Sandro Rossi. No fundo, sabia que não deveria se envolver com ele. Ela era muito diferente daquele homem sofisticado e que era evidente que fazia parte de uma família rica. Mas Sandro foi insistente. Não a deixou escapar. Durante duas semanas ele fez o que pôde para seduzi-la. Inclusive, admitiu que a amava. Depois de tanto lutar, Cassie acabou perdendo o chão e se entregando ao amor que Sandro dizia sentir por ela. Ela nunca tinha arriscado tanto em sua vida, mas acreditava no amor dele e precisava desse amor. Sandro tinha se tornado essencial para ela. Ela sabia que se entregar era um risco, mas seria muito mais doloroso perder a chance que a vida estava lhe dando de amar e ser amada. Então... ela se entregou. Para ter seu coração despedaçado logo depois.

Eles passaram uma noite maravilhosa juntos. Uma noite na qual Cassie não entregou somente sua virgindade, mas seu coração, sua alma e sua vida. E perder Sandro na manhã seguinte a destruiu.

Sandro tinha lhe feito promessas. Tinha dito que a amava e que iria se casar com ela. Na manhã seguinte ele disse que iria para Florença falar dela para sua família. E que voltaria. Voltaria para se casar com ela. Mas ele não voltou.

Cassie ficou desesperada. Sabia que alguma coisa estava errada. Sentia que tinha sido enganada e abandonada, mas era difícil encarar aquela realidade. Ela queria acreditar, ter esperanças de que ele iria aparecer de repente e lhe dar um motivo para aquele desaparecimento. Mas ele não apareceu.

Ela lhe enviou mensagens, ligou para seu celular. E quando ele finalmente teve a dignidade de atendê-la foi para terminar de esmagar seu coração. "Eu não a conheço. Eu não quero conhecê-la. Por favor, não me telefone mais." Essas foram as palavras que ele usou para dispensá-la. Depois desse telefonema, dessas palavras cruéis e e frias, Cassie finalmente teve que colocar os pés de volta no chão. 

E assim, seis longos e angustiantes anos se passam.

Cassie tentou afastar a lembrança de Sandro, fingir que ele nunca tinha existido, mas seus filhos, principalmente o menino, eram a prova viva de que ele tinha existido e que durante um curto período de tempo tinha feito parte da sua vida. Cassie passou todos aqueles anos anestesiada, sem esperanças de voltar a amar alguém. Se dedicando somente ao trabalho e aos filhos que dependiam completamente dela. Ela não tinha mais uma vida própria. Fazia muito tempo que ela sequer ia à uma festa. 

Mas, quando a empresa na qual ela trabalhava é obrigada a encarar o fato de que uma nova pessoa estava se tornando dona da empresa e que iria decidir sobre o futuro dos funcionários que trabalhavam nela, Cassie é obrigada a ir à uma festa. Uma festa feita em homenagem ao novo dono. 

E a vida não poderia lhe pregar uma peça melhor... O novo dono, seu novo chefe, era nada mais nada menos do que o homem que a tinha destruído seis anos antes.

E agora? O que será que vai acontecer depois desse reencontro? Será que depois de tantos anos de mágoa e sofrimento é possível um recomeço? 


"— Eu realmente odeio você.

— Eu sei... — Sandro se inclinou para tocar os lábios quentes em um dos ouvidos dela — adoro quando você demonstra o seu ódio, como acabou de fazer na limu­sine, amante mia. Mal posso esperar para desfrutar um pouco mais..."


- Vocês já viram um mocinho da Michelle Reid desmaiar? Eu ainda não tinha visto!kkkkkk... Mas é o que acontece quando o Sandro revê a Cassie depois de tantos anos. Para surpresa de todos, ele simplesmente desaba no chão, jogando por terra o desejo da Cassie de ser discreta e impedir que os outros funcionários soubessem do passado que eles compartilhavam. E aí a Cassie tem que encarar uma revelação abaladora: Sandro não tinha voltado como prometeu no passado porque tinha sofrido um sério acidente que quase lhe tirou a vida.

- Durante a viagem para Florença, houve um vazamento de óleo e Sandro acabou sofrendo um sério acidente. Durante algum tempo ele esteve em coma e quando conseguiu se recuperar, seis semanas de sua vida simplesmente desapareceram de sua memória. Ninguém sabia o que poderia ter provocado isso. O acidente provocou uma pressão em seu cérebro, mas será que sua memória tinha desaparecido por isso? Ou sua mente simplesmente se aproveitou do acidente para esconder um segredo sombrio? Existiria algo mais por trás daquela perda de memória?


"— Você acredita que pode arrancar os meus filhos dos meus braços e fugir com eles! — Sandro exclamou, ir­ritado.

— São meus filhos também. —Arrancá-los dos bra­ços dele? — E não me lembro de ter dito que eu faria isso!
— Mas, é o que você está pensando! — Ele acusou furiosamente. — Você quer me punir! Você quer me dis­pensar da sua vida!"


- Sandro é um mocinho muito passional.rsrs... Ele é pura emoção. Se entrega sem pensar nas consequências, grita quando está com raiva, não pensa muito no amanhã e sim no que sente. No que acredita que é certo. Pensa nas emoções, sabe? Ele consegue ser mais emotivo do que a Cassie.kkkkk... E quando esses dois resolvem brigar tudo sempre termina em beijos e sexo. Eles pegam fogo juntos!rsrs... E além disso, ele também sabe bem como usar de chantagem emocional. Nossa! Eu sabia que ele estava se aproveitando da situação, mas o desavergonhado ainda tem a coragem de confessar que realmente se aproveitou. E diz isso sem um pingo de remorso!kkk...

Como eu disse, o Sandro desmaiou ao reencontrar a Cassie. E cenas parecidas passaram a acontecer sempre que eles brigavam. Ele simplesmente ficava pálido, dizia sentir fortes dores na cabeça e perdia os sentidos. Fato que preocupava e muito a Cassie, despertando a compaixão dela e a fazendo se aproximar dele. E Sandro acaba vendo nesse problema sua chance de recuperar a mulher que ele amava. 

"— Eu quero os meus filhos e quero você — ele declarou, fitando-a diretamente nos olhos."


E ele não é nem um pouco paciente:

"— Não! — Repetiu furioso. — Eu quero um casa­mento, e quero agora."


- Além de usar de chantagem emocional para fazer a mocinha perdoá-lo por ter sofrido um acidente no passado e esquecido somente dela, ele ainda não tinha paciência para esperar. Simplesmente resolveu fazer as coisas da sua maneira. Se aproveitando do amor que a mocinha sentia pelos filhos. 


"— Você está me ameaçando? — Ela indagou, cho­cada.
— Não... — E, aproximando-se dela, ele prosseguiu — a menos que eu precise fazer isso."


- Mas apesar de não ter um pingo de vergonha na cara e de usar de algumas chantagens para conseguir a Cassie de volta, é impossível a gente não se apaixonar por ele e rir de algumas de suas atitudes.rsrs... Ele é extremamente cativante, gente! Não dá para não amá-lo e perdoar suas falhas. 


"— Não — ele disse. — Apenas fique calada e pare de procurar desculpas para fugir de mim. Nós pertencemos um ao outro... lembre-se de ter um pouco de fé."


- Só que algumas coisas acontecem. Na reta final do livro. Não irei dizer o que é. Só posso dizer que fui pega de surpresa e o golpe foi terrível. Eu não estava preparada para aquilo. Tinha me envolvido tanto com a história, com o Sandro, que até me esqueci do quanto a Michelle Reid gosta de nos fazer encarar alguns erros dos seus mocinhos. O quanto ela gosta de mostrar que as pessoas não são perfeitas e não devemos esperar perfeição delas. Eu sabia que o Sandro possuía defeitos. Não estava cega. Mas eu não imaginava que ele fosse capaz de me chocar tanto. Sei lá. Eu só não esperava aquilo dele. Quando uma coisa foi revelada, a Cassie não foi a única a ficar magoada. Eu me senti ferida.kkkkkkkk... E fiquei muito confusa. Cheguei a pensar que não o perdoaria. Estava com muita raiva. 


Mas, acredite, a Michelle Reid nos faz perdoá-lo depois.rsrs... Ela nos revela mais detalhes nas últimas páginas e acabamos perdoando o Sandro por ter feito aquilo. Não que eu ainda não esteja chocada, mas já vi coisas assim antes e ele é muito melhor do que alguns outros mocinhos da própria Michelle Reid e da LG que fui capaz de perdoar. 


Além dessa revelação, também fui pega de surpresa por uma chantagem mais cruel do Sandro. Aí eu pude ter certeza de que ele era um mocinho da Michelle!rsrs.. Também fiquei aborrecida, mas entendi que ele tinha um bom motivo para estar fazendo aquilo. Ele amava muito a Cassie e não podia perdê-la de novo. 


- Eu não sei o que faria no lugar da Cassie. Sinceramente, talvez perdoasse, mas esquecer seria impossível. Acho que a vida inteira eu iria ser atormentada por aquele fato, não conseguiria ter paz. Não sei. Realmente não dá para saber. Porém, eu ficaria furiosa com a Cassie se ela não o tivesse perdoado!kkkkkk... O Sandro errou. Errou muito feio, mas ele a amava e nunca teve intenção de machucá-la. Ele não a seduziu somente por seduzir. Ele se envolveu com ela. Ele se entregou. É tão difícil ver um mocinho se entregar da forma que o Sandro se entregava, confessar os sentimentos sem vergonha e medo de ser visto como um fraco, que não pude condená-lo para sempre. Eu não consegui.rsrs... Acho que vocês também não irão conseguir.


- Não tirem conclusões precipitadas. Não o julguem sem conhecê-lo até porque vocês não sabem que pecado ele cometeu. Não é exatamente o que vocês podem estar pensando.rsrs... 


- Eu dei cinco estrelas ao livro sem pensar duas vezes. E o coloquei entre os meus favoritos porque amei o livro, o Sandro me conquistou totalmente e creio que essa é uma daquelas histórias simples, mas inesquecíveis. Não acho que irei esquecer esse mocinho. 


- Recomendo o livro para aqueles que gostam dos nossos queridos romances de banca ou conhecem e adoram os livros da Michelle Reid, reencontros, mocinhos italianos e apaixonados. 



"— Eu juro pela minha vida que você não vai se arre­pender por se casar comigo, Cassie."




"— E o que você tem aqui? — Cassie indagou, erguen­do o rosto e fitando-o diretamente nos olhos.
— Uma esposa — ele disse. — Minha mulher, acor­rentada em mim de várias maneiras. — A forma como a abraçava fez com que Cassie tivesse certeza de que estava acorrentada a Sandro ao menos de uma maneira. — Você me ama. Você é louca por mim como eu sou lou­co por você. — E, sustentando o brilho dos olhos dela, ele quis saber — por que você não se rende e me diz essas coisas para que eu possa relaxar e seguir adiante?"


Bjs e até breve!


4 comentários:

Beli disse...

kkkkkk Eu tenho a impressão que temos ai uma mocinha cabeça dura! Puxa, fiquei mega curiosa com história! Acho que vou procurar o livro e ir direito no final, só para ver o que te chocou! rsrs Bjus.

Luna disse...

kkkkkkkkk... É uma história que vale muito a pena, Beli! Espero que goste da leitura! :) E que não leia só o final, mas toda a história!rsrsrs...

Bjs!

Beatriz Solano Pinzon disse...

Não é um dos melhores romances da Michelle Reid, isso é certo. Achei o casal frio demais e um pouco distante (tirando as cenas de sexo, é claro), o casal não mostrou emoção, e tinha tudo pra que isso acontecesse, depois de uma paixão avassaladora no passado, resultando num casal de filhos gêmeos lindos. Mas, o mocinho ficou todo amargurado, cheio de culpa, mesmo depois do reencontro após 06 longos anos de separação, dava a impressão de que ele vivia no passado pensando na noiva e se culpando pela morte dela. Preferiu apagar completamente a mocinha de sua mente, e isso não é amor, isso pra mim pesou muito na estória deles e contra o mocinho claro! Depois disso na minha opinião não tem como passar credibilidade desse "sentimento" por ela, pra mim fica claro que Sandro fez tudo o que fez mais por obrigação e dever para com seus filhos e a mãe veio de brinde, apenas isso...

Luna disse...

Ai, Beatriz! Lamento que você não tenha gostado da história. :( Eu amo este livro! É um dos meus preferidos da Michelle Reid. E o mocinho é um dos mais humanos e cativantes que ela já criou.

Tive problemas com o mocinho por conta de algumas coisas, mas, de modo geral, ele é muito apaixonante. E achei a relação entre os dois muito linda!

Mas te entendo. O Sandro não era perfeito. Ele erra. Feio. E compreendo por que você não acreditou nos sentimentos dele. Eu acreditei. Nem por um segundo duvidei do amor dele. Creio até que os sentimentos dele ficaram mais fortes quando eles se reencontraram. Ele amadureceu. Percebeu o quanto tinha errado e o que estava perdendo.

Bjs!

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.