O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

sábado, 28 de julho de 2012

Anjos do Mal - Shannon Drake


(Título Original: Deep Midnight
Tradutora: Elizabeth Arantes Bueno
Editora: Nova Cultural)


3º Livro da Série Vampiros


Quando os sonhos se tornam pesadelos, e o prazer vem das sombras...

Num luxuoso baile de carnaval em Veneza, bizarros acontecimentos aterrorizam a crítica literária Jordan Riley. À medida que as festividades se transformam num tumulto apavorante, ela é salva por um homem forte e poderoso, vestido numa estranha fantasia. Seriam os terríveis acontecimentos que Jordan testemunhou apenas parte de uma grotesca encenação teatral, um divertimento macabro, ou algo mais sinistro?...

De uma antiga igreja em Veneza a uma sociedade secreta em Nova Orleans, Jordan embarca numa viagem que transcorre no limiar da realidade. Seu misterioso salvador a persegue como uma sombra. A proximidade daquele homem a atormenta e provoca, despertando-lhe um anseio desconhecido e um desejo que a consome...



Palavras de uma leitora...


"— Você poderia ter me contado antes.
— Oh, sim, isso seria ótimo. "Quer estar comigo?", eu lhe perguntaria. "Não tenho nenhuma doença venérea, mas sou um vampiro. Honestamente, prometo que não sugarei o seu sangue enquanto estivermos fazendo amor, então tudo bem?". 

- Depois de ler o quarto decidi que era o momento de ler o terceiro livro da série. O que vem depois? Leio o quinto ou o sexto primeiro?rsrs... 

- Esse é o livro mais fraco da série para mim, apesar de não ser ruim. Gostei muito da leitura, fiquei grudada no livro assim como fiquei nos outros, mas achei o modo como tudo começou e alguns momentos, principalmente o final, um pouco... "demais", entendem? E também fiquei confusa com a ideia da autora de criar um vampiro que também era lobo. O quê?! Isso mesmo que vocês entenderam. Além do nosso querido e sexy, TDB, Ragnor ser um lobo, o sétimo filho de um sétimo filho, ele também foi transformado num vampiro e era as duas coisas.rsrs... Isso soou irreal demais para mim mesmo se tratando de um livro sobrenatural. Outra coisa que me desagradou foi descobrir algo no final do livro. Aquilo não fez o menor sentido para mim. Porque se teve todas as oportunidades mais de um ano antes, não fazia sentido ter simplesmente desaparecido. Oportunidade não faltou para fazer o que queria, mas não fez isso. Se comportou como uma pessoa bem diferente... Enfim... Não posso dizer com todas as letras o que tanto foi surreal para mim (além do fato do Ragnor ser lobo e vampiro), pois é um dos segredos da história. Mas creio que vocês também ficarão incomodados com a grande revelação no final da história. 

- Bem... Tudo começa num baile em Veneza. Era carnaval. Jordan Riley, crítica literária americana, viaja para Veneza para passar um tempo lá com seu primo e a esposa dele. Ela precisava de um tempo de diversão e Veneza era simplesmente o lugar ideal para curtir a vida sem pensar em problemas ou nas tristezas do passado...

Fazia pouco tempo que ela tinha perdido o noivo e o único homem que ela tinha amado na vida. Eles se conheceram e logo se apaixonaram. Seis meses depois já estavam noivos. Jordan se sentia a mulher mais feliz do mundo, mas sua felicidade se desfez quando Steven saiu um dia para trabalhar e não retornou. Ele era policial e estava atrás dos integrantes de um estranho e macabro culto. Houve um incêndio e Steven não conseguiu escapar. Ele e outros policiais morreram queimados com os assassinos.

O tempo passou, mas Jordan não superou a perda. Ainda doía pensar no que tinha tido e perdido. Machucava lembrar do homem carinhoso e apaixonado que estava prestes a se casar com ela. E quando assistiu aquela "encenação teatral" na festa da condessa Nari não pôde deixar de ficar apavorada. 

Pessoas tinham sido chamadas para participar da representação. As mulheres supostamente ouviam algo do homem que as chamava e caíam no chão, interpretando as esposas que um nobre tinha assassinado por não terem conseguido lhe dar um filho. As pessoas estavam se divertindo assistindo a representação até que Jordan foi escolhida. O homem a levou com ele e antes que ele pudesse fazer com ela o que fez com as outras, Jordan soltou um grito e lutou contra ele. Aquelas mulheres não estavam fingindo que estavam mortas... elas realmente estavam e sangue manchava o chão. Tudo de repente começou a ficar cheio de sangue e o mascarado, o homem que chamava as voluntárias, a levou para um canto. Por mais que ela lutasse, só conseguiu escapar porque um lobo... Ou melhor, um homem fantasiado de lobo a salvou. Ele a tirou do palácio que de repente tinha enlouquecido e a levou para um barco ordenando ao remador que a tirasse dali rápido. 

Jordan estava convencida de que assassinatos brutais tinham sido cometidos naquela festa e que a condessa tinha tudo a ver com isso, mas na manhã seguinte ninguém quis acreditar nela. Nem a polícia lhe deu ouvidos. Todos estavam convencidos que tudo não tinha passado de uma representação um tanto assustadora, mas nada mais do que isso. Tentaram convencer Jordan a parar de acusar a condessa de algo, mas Jordan sabia que estava certa. Ela não estava tendo alucinações por causa da perda recente do homem amado, como queriam que ela acreditasse. Ela sabia o que tinha visto e não iria desistir tão fácil. 

O que Jordan não sabia é que ela não tinha sido convidada para aquela festa por ser prima de Jared, o preferido da condessa. Não. Ela tinha sido escolhida para estar ali. Em todo o tempo, ela era o alvo. 

"Nenhuma estranha doença venérea... Nada tão sério assim... Ragnor tinha apenas mil anos de idade, e era um vampiro."

- Eu gostei muito do casal da história. Ragnor, apesar de ser um grosseiro em alguns momentos, é um encanto. Eu adorava quando ele aparecia na história e ficava aborrecida quando a autora falava de outros personagens e o excluía de algumas cenas.rsrs... A Jordan é bem corajosa e decidida. Apesar da atração que sentia pelo Ragnor, não hesitou em tentar atropelá-lo quando soube o que ele era.kkkkk... Ela fugiu como uma louca e a cena foi muito divertida. Ela o tinha deixado para trás e de repente ele estava na frente dela.kkk... Coitadinha, quase morreu. Chegou a bater com o carro contra uma árvore e ainda por cima não estava usando cinto de segurança. E mesmo assim, saiu do carro toda machucada para continuar fugindo.kkkkk... Quando o Ragnor teve que enfrentar um vampiro enviado para pegar a Jordan, em vez de ajudá-lo ela tentou fugir novamente. Ele que morresse!kkkkkk... A Jordan fugiu até mesmo da Jade (nossa querida Jade que se casou com o rei dos vampiros), que é tão simpática e sempre inspira confiança.rsrs... Achei a reação dela ótima. Qualquer ser humano normal tentaria ficar bem longe de vampiros. 

- Gostei demais de rever Maggie e Sean (meu casal amado e que não é vampiro. Lembram que a Maggie foi curada? Na série consideram ser vampiro uma doença, mas o amor e a fé da Maggie a curaram e ela e Sean não são vampiros), Jade e Lucian. Mas fiquei aborrecida com algo sobre a Jade. Ela afirma que é vampira por escolha própria. O que tem de errado nisso? Como ela pode ser vampira no terceiro livro se no quarto ela continua humana?! No quarto é mencionado que ela ainda não foi transformada e o Lucian fica em pânico quando sente que ela está em perigo e depois verifica o pescoço dela para ver se ela foi mordida. Não faz sentido nenhum para mim ela ser vampira no 3º e no 4º ainda ser humana!rsrs... 

"— Gosto de mãos grandes — sussurrou quando ele a abraçou.
— Muitos vêem minhas mãos, mas não sabem o que elas podem fazer.
— São assim tão espetaculares?
— Poderá julgar por si só."

- Esse é o livro mais quente da série, até agora. Mas isso não é bom em todos os momentos. Adorei ver a Jordan e o Ragnor juntos, mas quando se tratava de Cindy e Jared ou a condessa e outra pessoa eu achava tudo muito... macabro. Há uma cena em que a Cindy se olha no espelho depois de fazer "amor" com o marido e está com várias feridas sangrando. E a cena da condessa vampira... A autora poderia nos poupar.kkkkk.... Eu não precisava ler aquilo. 

- Enfim... O livro é bom, principalmente por causa do casal protagonista, mas existem partes que foram exageradas e surreais demais. Eu quase dei 3 estrelas ao livro. Só não fiz isso porque o casal não merece tão pouco. Por isso dei 4 estrelas. Recomendo o livro, mas para quem gosta da série. 



Série Vampiros:

Anjos do Mal (Jordan e Ragnor)
5º O Anjo Caído
6º Estranha Sedução 

4 comentários:

Mulheres Românticas disse...

Eu odiei essa série TODA... li só porque sou teimosa e não deixo livro sem ler... mas affff Shannon Drake é MUITO melhor nos históricos.

Renata Cristina disse...

Oi Luna!!!!!!
No livro 1, único que li até agora, estranhei bastante, achei o livro bem morno. Mas, lá pelo meio comecei a me acostumar com o estilo desse sobrenatural, ele me lembrou alguns filmes Trash de terror que eu adoraaaaava qd era adolescente, também me lembrou a série de TV Charmed, outra série que gostava, justamente por causa dessas partes surreais do livro.

Ainda quero continuar a série! Se não pela história, pelo menos pelo casal que vc sempre conta serem apaixonantes.

Até mais!!! Bjossss
Sarang Hamnida Dramas

lerdormircomer disse...

Oi, Luna! Quanto tempo que eu não venho aqui! Fiquei quase quatro semanas praticamente longe da blogosfera... Horrível ficar sem internet! =[ Mas agora estou de volta!

Uhm... Eu já tinha visto a capa desse livro em algum lugar, mas não sabia nada sobre o enredo... Parece bom, mas você disse que não é o melhor da série, né?
Também achei super estranho o fato dele ser vampiro e lobo ao mesmo tempo.... kkkk

Adorei a resenha!


Beijos,
Inara - http://lerdormircomer.blogspot.com.br/

Luna disse...

Olá Tina! Olá Náh!


Adoro os casais dessa série, Tina! :D Maggie e Sean, Jade e Lucian, Tara e Brent são meus queridos!rsrs...


Náh, senti sua falta!!!

Realmente esse não é o melhor livro da série. Não sei dizer qual é o melhor (talvez Lua Escarlate), mas esse com certeza não é.rsrs...


Bjs, meninas!

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.