O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Em Nome do Desejo - Lynne Graham

(Título Original: Ruthless Magnate, Convenient Wife
Tradutora: Wilma Fernandes Mathias
Editora: Harlequin)


2º Livro da Trilogia Noivas Grávidas


O bilionário russo Sergei Antonovich era conhecido por ter sempre atrizes e modelos estonteantes ao seu redor. Mas nenhuma delas parecia ser uma noiva adequada. Desse modo, como ele poderia realizar o grande desejo de sua avó e lhe dar um bisneto? Havia somente uma alternativa: encarar o desafio como um negócio. Sem emoção, com um contrato que possibilitaria a Sergei o acordo perfeito: uma mulher para casar, para lhe dar um filho… e ser esquecida para sempre!



Palavras de uma leitora...



- Ainda estou surpresa.rsrs... Apesar de amar muito minha autora querida, eu começo a ler seus livros com um pé atrás.kkkkkk... Principalmente depois de Fogo Eterno. E eu não esperava muito da trilogia Noivas Grávidas. Além da decepção com alguns livros da autora, essa trilogia não recebeu boa pontuação no skoob e eu fiquei cautelosa, já me preparando para não gostar da série. Mas até agora, não está sendo uma decepção. Pelo contrário.

- Apesar de ter sentido que faltou algo no livro Feitiço do Deserto, achei que a série começou bem. Mas fui surpreendida ao ler o segundo livro. Pois ele não é apenas bom para mim. Um livro digno de 4 estrelas porque eu leria novamente (como é o caso do primeiro). Não. O livro é muito mais do que isso. Conseguiu me conquistar totalmente e se tornar um dos meus preferidos da autora. Até a mocinha foi uma surpresa!rsrsrs... E o que falar do Sergei?! Realmente ele foi criado pela LG?!kkkkk... Não sei se consigo acreditar nisso.rsrs...

- Tudo começa por causa da Alexa, a irmã gêmea e calculista da nossa protagonista. Alexa é uma excelente atriz e conseguiu me enganar perfeitamente e por isso nem me dou ao trabalho de considerar a Alissa estúpida por ter acreditado nela.rsrs... A imagem inicial que eu tive da Alexa, embora não fosse perfeita, também não era terrível. Eu percebi que a Alexa era interesseira, mas acreditava realmente que ela se importava com a família. E também com a irmã. Caí direitinho.kkkk... Ainda estou furiosa por causa disso.rsrs...

- Bem... Como eu estava falando, tudo começou por causa da Alexa, que se ofereceu como candidata para um emprego completamente absurdo. Um famoso magnata russo estava em busca de uma esposa temporária, que deveria cumprir todas as exigências de um contrato absurdo e lhe dar um filho. Qual é a parte mais absurda desse contrato? Casamentos por conveniência já não são novidade, certo? Mas o contrato tinha uma cláusula especial: a mulher que aceitasse se casar com ele, teria que entregar o filho para ele após o nascimento do bebê e desaparecer para sempre da vida deles. Em troca, ela receberia uma fortuna em dinheiro. 

- Alexa se oferece para ser a esposa temporária, bem ciente de todas as exigências e recebe muito dinheiro como adiantamento pelo seu futuro serviço. Acontece que ela não foi muito sincera com os advogados do Sergei, esquecendo de informar um pequeno detalhe: que estava usando a identidade de outra pessoa e que tinha falsificado a assinatura dessa pessoa para assinar o contrato. 

Alexa, queria se candidatar para o emprego, mas havia uma exigência que a impedia: o grau de escolaridade. Somente eram aceitas mulheres que possuíssem grau superior e Alexa não tinha isso. Mas a bobinha da sua irmã, que a vida inteira foi explorada por ela, tinha. E usar a identidade dela seria só um detalhe. Jogar a responsabilidade pelas suas ações nas costas da irmã era outra coisa que não merecia importância. Por isso, já ciente de que não cumpriria o contrato, Alexa o assinou, pegou o adiantamento e depois teve a cara de pau de inventar um monte de mentiras para forçar a irmã a salvá-la mais uma vez na vida. E assim, Alissa, é lançada no mundo de Sergei, sem saber no que estava se metendo. Tudo que ela sabia era que teria que ser esposa temporária daquele homem que mexeu com ela logo no primeiro encontro, fazendo-a sentir um misto de desejo e raiva. Vontade de esbofeteá-lo e ao mesmo tempo se deixar ser beijada por ele. Alissa não fazia ideia do que dizia o contrato. E nem que era sua obrigação gerar uma criança e depois abandoná-la. Se soubesse, nada no mundo a faria se casar com Sergei. Nem mesmo a atração imediata que sentiu por ele.

"Por um momento, ele se deparou com uma incoerência gritante em suas próprias exigências: não queria uma esposa que fosse do tipo que fizesse qualquer coisa por dinheiro e, ao mesmo tempo, desejava uma mulher disposta a abrir mão do próprio filho no momento em que ele já estivesse cansado do teatro da família perfeita para agradar Yelena."

"Se ela fosse do tipo fútil, ele teria a oportunidade de cancelar o contrato antes que fosse tarde demais."

- Sabe o que é mais irônico nisso tudo? Nosso querido mocinho (realmente ele é um querido, gente!) colocou um monte de exigências e regras, deixando claro o tipo de mulher que queria como esposa. Um tipo capaz de entregar o próprio filho e ir embora, em troca de dinheiro. Porém, ele ao mesmo tempo queria que essa mulher fosse sensível o suficiente para se importar com a avó dele, e tivesse uma personalidade aceitável, digamos. Ele queria que essa pessoa fosse o completo oposto do que ele próprio exigia, sabe? Quando viu as entrevistas feitas pelos seus advogados, e percebeu como a suposta Alissa era (lembrando que quem foi entrevistada foi a Alexa), ele pensou seriamente em não seguir adiante com aquilo.rsrs... Porque na realidade ele queria outro tipo de mulher. Ele sempre quis outro tipo de mulher!kkkkk... Uma mulher boa, sensível, agradável, que não se vestisse de forma vulgar, que fosse mais aberta, transparente e se tornasse ao menos sua amiga. O que eu acho tão estranho não é ele querer se casar com uma mulher assim, mas sim querer que essa mesma mulher (sensível, boa, sincera, romântica, amorosa) tivesse coragem de entregar o filho para ele após uma separação amigável. Ele não foi muito coerente. Foi contraditório.rsrs... Na verdade, eu entendo o Sergei. Ele conheceu três tipos de mulheres em sua vida e conviveu com elas, o que acabou por marcá-lo. 

- Primeiro foi sua mãe. Uma mulher que só vivia embriagada e não ligava nem um pouco para ele. Se ele estava bem ou não. Vivo, se alimentando, se precisava de carinho ou qualquer outra coisa. Aquela mulher só pensava no próximo copo de álcool. 

- Depois ele conheceu sua avó, uma mulher bondosa e amorosa, que pacientemente suportou seu temperamento e crises de rebeldia, sempre pronta para consolá-lo e guiá-lo no caminho certo, para que ele conseguisse muito mais do que poderia sonhar. Ela foi muito importante na vida dele.

- E aí, ele conheceu sua primeira esposa, quando ainda era bastante jovem. Num impulso se casou com ela, se arrependendo amargamente logo depois. A esposa dele, horrorizada ao se descobrir grávida e temendo perder suas formas perfeitas, não hesitou em fazer um aborto, privando-o da oportunidade de ser pai. Tudo somente por causa do físico perfeito dela que não podia ser ameaçado por uma criança! E a atitude dela também contribuiu para torná-lo o homem que ele é quando começamos a leitura do livro. 

- Quando percebe o quanto a avó que ele tanto ama está frágil, já bastante idosa, ele resolve que é sua obrigação lhe dar o que ela mais desejava na vida e ainda não tinha recebido: um bisneto. Yelena sonhava em ver seu neto casado com uma boa moça e com um filho nos braços. Era tudo que ela precisava para ser feliz na vida. Foi isso que motivou Sergei a contratar uma esposa.rsrs... 

- Mas, embora não confiasse mais nas mulheres, o fato de ter sido criado desde os treze anos por Yelena o fazia querer confiar, sabe? Ele ficava com um pé atrás, mas no fundo desejava encontrar a mulher certa. Na minha opinião, o Sergei é um dos mocinhos mais humanos que a LG já criou e é muito fácil gostar dele. Não que ele não seja insuportável em certos momentos, mas fica evidente o carinho que ele sente pela mocinha e quando ele passa a amá-la, não há como duvidar disso. As coisas não aconteceram com a rapidez do primeiro livro e o Sergei foi incrível!rsrs... Ainda me sinto chocada ao lembrar o quanto ele foi dedicado à mocinha, até mesmo quando tinha todos os motivos do mundo para não confiar nela. Eles tiveram momentos de brigas, o Sergei disse coisas terríveis para ela, mas a gente acaba não dando importância, pois sabe que ele disse da boca para fora, entende? Eu tive certeza disso. Ainda mais, porque ele tinha feito algo que arrebatou meu coração momentos antes de começar a ofender a mocinha.rsrs... Não direi o que foi, mas a Lynne Graham fez com que eu ficasse orgulhosa. Sou muito fã dela, mas estava tão aborrecida com a autora que já não tinha esperanças de ler um romance dela que fosse capaz de me arrebatar. O livro não deixa de ter futilidades (a autora faz questão de dizer que até no celular que o Sergei deu para a Alissa existem diamantes de verdade.rsrs...), mas a história, na minha opinião, é uma das melhores dela. O que foi um choque.kkkkkk... 

"Sergei a observou com assombro. Alissa parecia tão emotiva e aquilo contradizia o perfil psicológico apresentado pelo advogado encarregado da seleção das candidatas. Constrangido e emocionado ao mesmo tempo, Sergei subitamente a ergueu nos braços.

— O que está fazendo? — ela gritou com surpresa enquanto enlaçava o pescoço másculo para conseguir se equilibrar.

— Acho que é chamado de apoio psicológico. Não tenho certeza. Não é algo que costumo fazer — ele confidenciou e depois se sentou na beirada da cama, mantendo-a aninhada em seu colo."

- Eu fiquei apaixonada por essa história e não me canso de dizer que estou surpresa. Porque estou!kkkkkkkk... Já li tantos livros da Lynne Graham nesta vida e é tão difícil encontrar mocinhos como o Sergei que não pude deixar de ficar chocada por encontrar esse tipo de mocinho da autora num livro atual, sabe? O livro é de 2009! Se fosse um livro mais antigo da autora... Os mais antigos são os melhores dela. Ela nunca mais escreveu histórias tão lindas e inesquecíveis como as antigas e eu não imaginava que chegaria a consider um livro atual da autora tão bom quanto um antigo. Mas Em Nome do Desejo conseguiu isso. Estou torcendo aqui para pensar o mesmo do próximo livro. É sobre um grego, gente!kkkk... Só de pensar nisso... kkkkk... 

- Eu recomendo muito a história! :) Não ouso recomendar para todos, pois é Lynne Graham!rsrs... Mas recomendo para as pessoas que estão acostumadas e apreciam os livros dela e de autoras como: Michelle Reid, Helen Bianchin, Penny Jordan, Sara Craven, Chantelle Shaw, Carole Mortimer... No skoob, dei 5 estrelas ao livro com direito a passagem para os favoritos. 

- Esse livro foi indicado já há bastante tempo pela Isa Moreira, uma leitora que também é apaixonada por romances. Isa, me perdoe pela demora em ler o livro e te agradeço muito por ter me indicado um livro tão adorável da minha querida autora! :) Isso me deixou muito feliz! Muito obrigada mesmo!

- Bem.. É isso, queridos. Agora vou começar a ler o terceiro e último livro da série e conhecer a Lindy e o Atreus. Lembrando que o que liga essas histórias é a amizade entre três jovens que dividiram um apartamento quando viviam em Londres. Graças a isso, o casal do primeiro livro apareceu no segundo. Só espero que a Alissa e o Sergei apareçam no próximo. :D

- Esqueci de dizer uma coisa!rsrs... Apesar da Alissa ser bastante ingênua, gostei muito dela, pois ela mostrou ter personalidade desde o início e teve coragem de desafiar o Sergei. E seus desafios não foram sem motivos. Apesar da atração que sentia por ele, ela se manteve firme no primeiro encontro e ainda ousou imitar as atitudes dele, provocando-o demais.rsrs... Foi fácil gostar dela também. 

- Também adorei o cachorrinho que apareceu na história e ganhou o coração do casal, provocando um diálogo que me divertiu.rsrs... 


Trilogia Noivas Grávidas:

Feitiço do Deserto (Elinor e Jasim)
Em Nome do Desejo (Alissa e Sergei)
Marcados pela Paixão (Lindy e Atreus)

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.