O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

sábado, 9 de março de 2013

Saudade


Imagem retirada do Google





Olá, queridos! :)

Desde o dia 16 de fevereiro que eu não apareço por aqui. Ou melhor, desde o dia 16 que eu não faço nenhum post (só tenho aparecido para responder comentários) e eu estou sentindo uma saudade louca do meu cantinho. E de vocês. Passo os dias irritada por causa dessa falta de tempo que me impede de aparecer e resolvi aparecer aqui nem que seja para explicar o motivo do meu desaparecimento. Assim, lhes dou uma explicação e mato um pouco da saudade. :)

Bem... Eu estou estudando o dia inteiro, gente. Das sete da manhã às cinco da tarde. Como se isso não detonasse as horas do meu dia, ainda existe a viagem de ida e volta. É muito longa. Gasto em torno de duas horas para ir e MAIS de duas horas para voltar. Porque eu volto de metrô e ônibus. Fico dentro do metrô por 20 minutos e... adivinha!!!! Mais de duas horas e meia dentro do ônibus (já aconteceu de eu ficar 3, 4 horas dentro do ônibus. Trânsito do Rio de Janeiro, sabe? Um caos!!!!). Sendo assim, saio cedo e chego tarde. E chego simplesmente esgotada. A vontade é só de deitar na cama e dormir por, no mínimo, uma semana.rsrsrs... Aí, tá. Eu chego, tomo banho, bebo uma água, arrumo minhas coisas para o dia seguinte e vou para o computador por pouco tempo. Leio e respondo alguns emails das minhas amigas, comentários das leitoras... Quase nunca passo pelo facebook. Aí, janto, assisto Lei e Ordem (não necessariamente nessa ordem.rsrs... E não é sempre que consigo assistir, infelizmente), dou boa noite (através do email) para minhas amigas e tento ler um pouco. Por que não no ônibus? Porque estou lendo um livro muito especial (Cavalo de Fogo - Paris. E, por falar nisso, passei pela primeira cena de amor deles, sabiam? A cena é simplesmente maravilhosa, gente! Não sabemos se suspiramos, choramos ou rimos. Na verdade, acabamos fazendo as três coisas.kkkkkk...) e a quantidade de coisas que eu carrego acaba fazendo com que o livro fique ferido ao ser colocado e retirado da bolsa. Por esse motivo eu preferi deixá-lo em casa. Assim ele não sofre. :) Nesse caso, quem sofre sou eu.rsrs... Porque não é nada fácil ler uma cena linda e depois ter que parar, ir dormir (senão desmaio na aula no dia seguinte) para só vinte e quatro horas (ou mais) depois continuar a leitura. Isso é uma tortura. :(

Nos finais de semana pareço uma morta-viva. Durmo muito e quando acordo nem parece que eu dormi.kkkkk.... Fico imprestável e na maioria das vezes ainda tenho trabalhos para preparar, matérias para estudar, etc. Que tempo tenho para as coisas que amo fazer (ler, conversar com as amigas pelo email, ver posts no facebook, ler e comentar nos blogs que eu amo, publicar posts no meu blog, fazer algumas pesquisas sobre temas que despertam meu inteiro, etc, etc, etc)? Quase não tenho tempo para isso, então, acabo ficando estressada. Como posso publicar no blog se, no momento, só estou publicando resenhas? É necessário terminar de ler os livros para isso.rsrs... E lendo devagar como estou, acabo ficando desaparecida do blog. Infelizmente, não tenho como evitar. :( 

Sinto tantas saudades que vocês nem imaginam! Fico lembrando de quantas vezes eu publicava posts por semana! Tinha vezes que publicava mais de uma resenha por dia, não é? Dá uma saudade louca desses tempos. E são tantos livros que preciso ler, mas ainda não consegui! É estressante. Queria que o dia tivesse muito mais de vinte e quatro horas para que eu pudesse me dedicar como antes aos livros, ao blog, à tudo que amo, mas infelizmente o dia só tem vinte e quatro horas e isso não é suficiente. Enfim... Não os abandonei, queridos, mas infelizmente não tenho o tempo que tinha antes e por isso acabo demorando para aparecer. Mas em breve apareço com a resenha de Cavalo de Fogo - Paris, um livro que ainda nem terminei de ler, mas já recomendo (é um livro da Florencia Bonelli, sabe? E os livros dela são sempre incríveis! O Eliah, desse livro que estou lendo, é filho do Kamal do livro Lo Que Dicen Tus Ojos. E ele não se parece tanto assim com o pai. Adivinhem com quem ele se parece? Com o Roger!!!rsrsrs... O meu mocinho mais amado entre todos os mocinhos que amo!). Aguardem só mais um pouco! :)

E antes de ir, deixo aqui um trechinho do livro do Eliah: 

" - Hoje na festa - disse, num tom ressentido -, quis reclamar-te em frente de todos e gritar que és minha e não podia, e consumi-me de ódio e frustração.

- Oxalá o tivesses feito em vez de estares com a Celia a deixar que ela te tocasse e namoriscasse contigo. Tu por acaso não és meu?

"Sim, sou teu, como um escravo é do seu amo! Mas antes morrer do que admiti-lo."

" - Não te podia reclamar porque na verdade não és minha. Porque nunca te quiseste entregar a mim.

- Agora quero ser tua, Eliah. Quero entregar-me a ti. Já é tarde? Odeias-me demasiado pelo que te disse ontem à noite? Já te perdi?"

7 comentários:

Anônimo disse...

Que querida!!!!!

Sempre atenciosa.É por isso que te amo!!!

bjs

Anônimo disse...

Esqueci de assinar o comentário kkkkkk.....aí essa minha cabeça.Mas acho que você já sabe quem é não? Precisa de uma pista?

kkkkkkkkkkkkkkkk

Luna disse...

kkkkkkkkkkk... Não, Moniquita. Não necessito de uma pista. :D Assim que li o comentário, soube que era você.rsrsrs...


Também te amo, querida! :)


Bjs!

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk....menina esperta kkk

Rafael disse...

Como faco para ler esse livro em portugues.rosana_rabelo@hotmail.com

FDUARTE disse...

Lindinha]]

Sei muito bem como eh isso de ficar sem tempo!!!

Qto ao Cavalo de fogo!!! Sem palavras pro livro que é minha paixao!!! Eliah e Mat formam o meu casal preferido. Eles são muito muito muito lindosssss. Boa leitura.... lenta ou rapida, não importa!!

bjuuu

Luna disse...

Olá Rafael! Olá Flaveth! :)


Rafael,

Você pode conseguir o livro Cavalo de Fogo - Paris em português através do site da Wook: http://www.wook.pt


Flaveth,


Muito obrigada.:D A leitura está sendo maravilhosa. Já estou no finalzinho e morrendo de angústia pelos dois. Nem sempre as coisas são simples e para esse casal são bem complicadas. Os dois conhecem bem o significado da palavra sofrimento. E da palavra culpa. São uns queridos que eu estou louca para ver bem felizes juntos. :)


Bjs!

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.