O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

domingo, 15 de fevereiro de 2015

Atrás dos Portões do Castelo - Chantelle Shaw

(Título Original: Behind the Castello Doors
Tradutora: Angela Monteverde
Editora: Harlequin
Edição de: 2014)


Cesario Piras, o inquietante dono do Castello del Falco, não estava preparado para a visita que apareceu em seu lar durante um temporal, nem para o pequeno pacote com o nome dos Piras que ela carregava. Sua razão insistia para que ele a ignorasse, mas ele foi traído pelo coração. 

Beth Granger sabia que não haveria volta depois que batesse à porta do castelo. Ela tinha uma missão a cumprir. Mas, assim que Cesario olhou fundo em seus olhos suplicantes, o plano infalível de Beth foi por água abaixo.


Palavras de uma leitora...


Um homem marcado pelos erros do passado. Uma mulher que a vida ensinara a não confiar. Dois corações com feridas ainda abertas e um mesmo medo: voltar a ferir-se uma vez mais. 

- Beth ainda se perguntava se fizera a escolha certa. Se procurar por Cesario não fora um terrível equívoco. Desde a morte de sua melhor amiga, tornara-se guardiã legal de Sophie, a bebê que ela amara desde a primeira vez em que viu. Melanie a fez prometer que procuraria pelo pai da menina, se algo lhe acontecesse, e exigiria que ele assumisse suas responsabilidades. Ambas queriam que Sophie tivesse tudo aquilo que elas não puderam ter. Cresceram num orfanato, rejeitadas pelos casais em busca de filhos e vendo todos os seus sonhos não passarem disso... apenas sonhos. E era por isso que Beth gastara o que não podia para viajar à Itália, em busca do pai da menina. Mas o que deveria ser apenas uma breve viagem com propósitos bem definidos... acaba por se transformar em algo mais...

- Era o quarto aniversário de morte do seu único filho. Seu pequeno Nicolo. O menininho que ele jamais conseguiria esquecer ou deixar de desejar ter de volta. Perdera a conta de quantas vezes repassara aquele trágico dia por sua mente... o momento em que, sentindo que seu coração era arrancado, ele percebeu que seu filho já não respirava. Desde então, a culpa, a solidão e a dor eram suas constantes companheiras. Assim como o álcool, claro. Insistindo em fazê-lo recordar que seu filho já não estava vivo por sua causa. 

Ele era um homem rico. Um bilionário, poderoso, tendo a vida que muitos gostariam de ter. Mas, no fundo, não possuía nada. Todas as coisas que antes valorizava já não representavam nada. Trocaria tudo por mais uma oportunidade. Por mais um dia com seu filho. E... no momento mais doloroso de sua vida... quando ele menos esperava... A vida lhe dá uma segunda chance. Mas será que ele saberia reconhecer essa oportunidade? Faria a escolha certa dessa vez? 

Nem sempre nos é dada outra chance de ter de volta sonhos que nós mesmos destruímos... Mas quando o destino decide apostar novamente em nós, o mínimo que podemos fazer é... tentar. Começar tudo outra vez. Dessa vez, carregando as lições que nossos erros nos ensinaram. 

"- Fique mais um pouco - pediu.

E um sentimento de paz o dominou quando ela apoiou a cabeça em seu ombro e assim ficaram em silêncio, compartilhando um entendimento que ia além das palavras."

- Uma linda história de amor e recomeço. Um romance que me prendeu desde suas primeiras páginas. 

Quando comecei esta leitura não sabia que encontraria numa história tão curtinha algo tão completo, que a autora soube desenvolver de forma a nos fazer sentir as emoções de Beth e Cesario, o passado que os marcou, os sonhos que eles não admitiam ter nem para si mesmos, seus medos... suas esperanças e tristezas. Quando terminamos de lê-la ficamos com a sensação de que não faltou nada e suspiramos por eles terem encontrado juntos aquilo que buscavam. Aquilo que mereciam e que já não tinham a ilusão de virem a possuir. A felicidade. A chance de amar e serem amados. E no caso do Cesario, a oportunidade de ter de volta o que perdeu. É claro que ele nunca poderia ter seu filho de volta. Mas poderia receber da vida um pequenino presente... uma garotinha que poderia curar as feridas do seu coração.

- A história começa quando, numa noite chuvosa, Beth chega ao castelo de Cesario, sem avisar, carregando em seus braços a filha que ela diz ser dele, e que foi concebida exatamente naquela data, um ano antes. Pego totalmente de surpresa num dia tão difícil para ele, nosso mocinho não reage muito bem. Por mais que soubesse que existia a possibilidade de ser o pai de Sophie, preferia crer que aquilo se tratava de algum golpe. Porque... como a vida poderia ser assim tão irônica e cruel? Como a vida ousava achar que aquela menininha poderia ocupar o lugar do seu filho? Ele não queria ser o seu pai. Não queria chegar perto dela. Ouvir seu choro ou desejar pegá-la em seus braços para consolá-la... cantar para ela as canções que um dia cantara para Nicolo... Porém, com o passar dos dias, aqueles olhinhos suplicantes foram conquistando mais e mais seu coração... abrindo ainda mais as dolorosas feridas, para assim poder curá-las. 

Passamos boa parte do livro no escuro como Cesario. Sem saber se Sophie é realmente sua filha e sem ter certeza do que desejamos. Ora eu desejava que ela fosse, ora desejava que não.rs... Mas quando a verdade finalmente aparece, assim que eles recebem os resultados do exame de DNA, percebemos que as coisas não poderiam ser de outra maneira. Tinham que ser exatamente assim... 

- O relacionamento entre Beth e Cesario é simplesmente encantador. Eu pude sentir a insegurança deles, o medo que tinham de arriscar e ao mesmo tempo a certeza de que não podiam ignorar o que um provocava dentro do outro. Existiam as desconfianças, claro, mas a autora fez com que eles fossem maduros o suficiente para resolver todos os problemas entre eles, sem a interferência de terceiros. Tinham que confiar, acreditar no que o outro dizia. Existia apenas a palavra deles. Tinham que apostar um no outro e eu adorei isso. Existiam brigas, lágrimas, mas perdão e carinho... amor, por mais que eles só tenham percebido que se amavam quase no final do livro.rs Todos os três conquistaram o meu coração. Sim. Estou incluindo aqui a pequena Sophie, de olhinhos tão lindos e sorriso capaz de derreter qualquer coração. Essa bebezinha esteve sempre muito presente na história, afinal de contas, nosso casal só se conhece por causa dela. Cada momento em que o Cesario estava com ela eu sentia vontade de chorar. Este livro conta realmente uma história de amor. Suspiros...


1 comentários:

Suelen Mattos disse...

Eu sou apaixonada por esse livro. Quando comecei a ler tb não esperava que eu fosse gostar tanto. Ai, e siiiim, o final foi perfeito. Não poderia mesmo ser diferente. Deu até vontade de dar um abraço na autora por aquele final, hehe!!!

=)

Suelen Mattos
_____________
ROMANTIC GIRL

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.