O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

sábado, 4 de abril de 2015

Amante Seduzida - Lynne Graham

(Título Original: A Rich Man`s Whim
Tradutora: Fabia Vitiello
Editora: Harlequin
Edição de: fevereiro de 2015)

Noivas Desafiadoras 1/4

 Um mês com o russo implacável...

Kat Marshall sacrificou até a último centavo pelas irmãs mais novas. Agora, sua situação financeira é um desastre, e ela precisa de ajuda. Kat sempre guardara seus sonhos para si, mas com a oferta de Mikhail Kusnirovich ela poderia transformar todos em realidade. 

Ele não era bilionário por acaso. Para Mikhail, cada coisa tinha um preço, inclusive levar Kat para a cama. Entretanto, ela é praticamente impossível de seduzir. Por fim, Mikhail propõe um acordo: pagaria todas as dívidas dela. Em troca, Kat passaria um mês em seu iate, mais exatamente na cama dele...


Palavras de uma leitora...


"Birkside era seu recanto, seu paninho de bebê, o lugar para onde todas corriam quando a vida lá fora ficava muito difícil.[...] Perder a casa seria perder um pedaço de si mesma"


- Aos 23 anos de idade, Kat abriu mão de sua sua carreira, de seus sonhos, de sua juventude e liberdade para tomar conta das três irmãs mais novas quando a mãe delas, cansada da responsabilidade de tomar conta de suas próprias filhas, as entregou ao Estado. Comovida pelo sofrimento das meninas, Kat resolvera sacrificar-se para dar a elas o lar que ela própria nunca teve. E jamais se arrependeu. É verdade que ela esqueceu de si mesma e viveu para as irmãs, mas se pudesse voltar no tempo, faria tudo de novo. 

Agora, mais de dez anos depois, as gêmeas já eram adultas e tinham seguido com suas vidas, e a caçula estava concluindo seus estudos. Mas o tempo havia passado e Kat teve que reconhecer que muito em breve todas a deixariam e ela não tinha conquistado realmente nada em sua vida, além de uma dívida tão alta que poderia fazê-la perder o lar que herdara do pai e que tanto significava para ela. Era seu refúgio do mundo. O único lugar no qual se sentia protegida. E muito em breve já não teria sequer a sua casa. O que faria de sua vida? Mergulhada num sofrimento que tentava esconder das irmãs, tentava pensar numa saída que na verdade não existia... Até que numa noite castigada pela neve, ele aparece em sua porta... trazendo mais problemas do que os que ela já tinha...

"Ele não sabia o que Kat tinha, mas ela tocava em partes dele que ninguém havia tocado."

- Mikhail já havia decidido que jamais se casaria. Nunca se tornaria dependente emocionalmente de mulher alguma. Para ele, as mulheres serviam apenas para uma coisa: sexo. Nada mais. Por isso não conseguia entender como seu melhor amigo podia ser tão cego ao ponto de aprisionar-se. Conhecia todos os males que o casamento podia trazer e se considerava vacinado. Até conhecê-la... a mulher mais irritante que já surgira em sua vida. Alguém que conseguia despertar o seu pior, mas ao mesmo tempo o fazia querer mantê-la ao seu lado. Não por uma noite. Nem duas, três... mas por toda a vida. Sim. Estava enlouquecendo. E era melhor ser internado antes que começasse a ter ideias absurdas como comprar uma aliança... 

"De todos os machões idiotas que já conhecera, aquele levava o troféu."

- Após passar pelo Skoob e ver o quanto o livro não é nem um pouco querido por lá, eu confesso que fiquei um tanto desanimada. Até porque, apesar de ser fã incondicional da Lynne Graham, eu própria sei que os livros dela mais recentes perderam e muito a qualidade. Mas nem por isso eu deixaria de apostar na história. Comecei a leitura cheia de reservas, mas disposta a formar a minha própria opinião sobre a história. E a surpresa não poderia ser mais deliciosa...

A história me cativou desde o princípio e conforme a leitura avançava eu ia ficando cada vez mais apaixonada pelo casal. Toda a emoção que outras pessoas acharam que faltou no livro, eu pude notar em cada página, em cada olhar, em cada sorriso, em cada ataque de fúria, em cada beijo, em cada discussão.rs Devorei o livro em pouquíssimo tempo e olha que eu ainda estou sofrendo de DPL causada pela leitura anterior. Mas mesmo assim pude perceber e amar esse casal, compreendendo-o e me envolvendo pela história dele. 

"Mikhail pensou que havia passado a vida se protegendo, de um jeito ou de outro, logo não havia nada de novo na ideia. Proteger-se era sua segunda natureza."

- Tanto a Kat quanto o Mikhail passaram a vida inteira protegendo-se. Ambos tinham medo de se machucar, relacionamentos os assustavam porque carregavam o peso de um passado difícil e de lembranças muito difíceis de apagar. No caso da Kat, ela ainda tinha aberto mão da própria vida por causa das irmãs e isso a tornava ainda mais insegura diante da perspectiva de ter de volta sua liberdade, de começar a viver novamente. Estava com 35 anos e se considerava alguém para quem a vida já tinha passado... Não era capaz de voltar a sonhar. Não conseguia. E somente alguém com um temperamento forte e que não aceitava muito bem um "não" como resposta poderia derrubar suas defesas e libertá-la da prisão na qual ela mesma se colocou. 

- Como a sinopse pode nos fazer entender as coisas de uma certa maneira e o Mikhail me fazia desejar quebrar algo em sua cabeça no início, eu acreditei que talvez não fosse gostar muito dele. Mas nada é como pensamos e por trás da arrogância dele e de seu aparente joguinho sujo, há um homem com um coração cheio de vontade de aprender a amar e disposto a fazer tudo o que for preciso para dar essa chance não só a ele, mas também à Kat. Poderia até não fazer muito tempo que eles faziam parte um da vida do outro, mas na realidade nem a Kat se conhecia tão bem como ele a conhecia. Ele sabia o que ela precisava. E como dar a ela a chance de viver que tanto a apavorava... 

"- Preciso que fique - murmurou ele, rouco. - Não posso deixá-la ir. Preciso de você."

- Não há nada no relacionamento deles que tenha me incomodado. Notei emoção, paixão, envolvimento, verdade no que existia entre eles. Pude compreender todas as inseguranças da Kat, que não eram sem motivo, e também compreendi a maneira como o Mikhail lidou com isso. Ele não estava disposto a deixá-la escapar e fez o que foi preciso para dar aos dois uma chance. 

- Os dois me conquistaram. Admirei muito a Kat por tudo que fez pelas irmãs, quando na realidade não tinha a menor obrigação de desistir de si mesma por elas. Ela perdeu muito com sua escolha. Perdeu tudo, na realidade. Ela foi uma mãe para as três e senti imensa vontade de esganar a Emerald, uma das gêmeas, quando ela, do alto de sua estupidez e insensibilidade, perguntou para a Kat (quando nossa mocinha finalmente criou coragem para dizer o que se passava) o que ela tinha feito com o dinheiro. A Kat deve ter comido, não acham?! Como se criar três crianças fosse fácil! A mãe delas não dava droga nenhuma! Uma jovem é que teve que se virar e a outra cresce, se mantém à margem da realidade, ajudando em porcaria nenhuma e ainda tem a cara de pau de perguntar o que ela fez com o dinheiro! Não tenho paciência para isso! Simplesmente não tenho! O que pude saber da Emerald e de sua gêmea ao longo deste livro, não me faz sentir um pingo de simpatia por elas. São duas ingratas que nunca pararam para pensar no que a irmã teve que deixar para trás para cuidar delas. São insensíveis demais para se importarem com isso. Eu fiquei revoltada! E ainda estou! Elas terão que mudar muito se quiserem me conquistar no livro delas. E ainda assim isso é pouco provável de acontecer. Não gosto nada delas. 

- Recomendo a história? Com toda a certeza! :D Para mim, é um livro que vale a pena. Não me arrependo nem por um segundo de lê-lo. Mas deixo claro aqui que no Skoob o livro não é amado. Eu amei a história e considero o livro totalmente digno de 5 estrelas. Mas esta é minha opinião. Não posso prometer que vocês também vão gostar. No entanto, ainda assim recomendo. :)

Série Noivas Desafiadoras

1º Amante Seduzida 
2º O Direito do Sheik
3º Imagem Real
4º Desafiando o Destino

5 comentários:

Elis Culceag disse...

Oi Luna!
Adorei sua resenha, pude sentir totalmente o seu amor pelo casal protagonista e sua indignação pela postura das irmãs. Às vezes também acontece comigo de adorar um livro que o "povo do skoob" detestou, vai entender !?!
Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

Lia Christo disse...

Oi Luna, é tão bom quando um livro nos surpreende assim, não é mesmo?
Eu gosto de ler resenhas e ver as avaliações dos livros no Skoob, e no Goodreads antes de ler. Mas, é claro que mesmo que o livro não seja o queridinho de todos, se a sinopse ou a capa me chamar atenção leio assim mesmo.
Eu ainda não li este, mas depois de ler sua resenha me deu muita vontade de conferir.
Bjus
Lia Christo
www.docesletras.com.br

Luna disse...

Olá, meninas! :)

Elis,

Obrigada! Eu amo muito este livro. Creio que será o meu preferido da série.rs Comigo acontece até com bastante frequência. Se eu conhecer a autora ou a sinopse me chamar a atenção, aposto sempre na história. Geralmente, não me arrependo.

Lia,

Verdade! :D Ainda mais quando é de uma autora que amamos!

Eu também. Nem sempre aposto num livro que não seja muito querido. Mas se for de uma autora querida ou a história me chamar a atenção de alguma forma, aí sim aposto na história.

Espero que você goste da história, Lia! :)


Bjs!

Mónica Castro disse...

Não vejo a hora de ler.

Vera Da Costa E Silva Lima disse...

tb gostei desse livro - o mocinho foi bem dificil de reconhecer o amor e aceitá-lo - mas ela pelo menos é uma mocinha forte q sempre lutou pra ter o q ela realmente queria

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.