O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

terça-feira, 30 de junho de 2015

Fuga das Terras Altas - Hannah Howell

(Título original: Highland Hearts
Tradutora: Sulamita Pen
Editora: Nova Cultural
Edição de: 2006)

Refém do amor... e do desejo!

Tess Delgado suspeitava que seu tio fosse aliado dos traidores que planejavam depor o rei Jaime II. Mas foi somente depois de libertar sir Revan Halyard do calabouço do castelo que ela teve noção da gravidade da intriga e dos extremos de que o tio seria capaz para tirá-la do caminho e reivindicar a herança que, caso contrário, seria dela.

Quando, durante a fuga, Revan raptou Tess, ela acabou se tornando sua aliada... se bem que cautelosa... além de refém. Porque embora Tess relutasse em confiar no guerreiro do rei e em entregar-se ao desejo que ele lhe despertava, ela não podia negar o destino que ambos compartilhavam. E enquanto se lançavam numa fuga alucinada dos traidores, ávidos para aniquilá-los e para usurpar o trono, Tess e Revan arriscariam tudo por amor ao rei, à pátria... e um pelo outro!


Palavras de uma leitora...


- Sabe aquele livro que você nunca deveria ter começado a ler? Que você percebeu que seria uma péssima ideia/leitura antes mesmo de pegá-lo em suas mãos? Pois bem. Fuga das Terras Altas é exatamente este tipo de livro. 

- Eu passei mais de duas semanas me torturando com esta leitura. Fugindo dela o máximo possível, inventando desculpas para sequer me aproximar dela. Existiam momentos nos quais, desanimada (bem próxima do desespero), eu me convencia de que se lesse o livro o mais rápido possível, poderia me ver livre dele e assim poder iniciar a leitura de alguma história que realmente valha a pena. Mas era um castigo tão grande ler sequer uma página, que eu acabava fugindo de novo.rs E só ontem finalmente criei coragem para pegar essa... essa... história

- O que posso dizer? Foi um castigo. Uma tortura. Um tormento. Não tenho sequer palavras.kkkkkkk... Não pude fazer mais do que querer me esganar pelo maldito dia em que vi este livro num sebo e decidi trazê-lo para casa. Pensei que deveria lhe dar uma chance já que sou fã da autora, mas foi uma das ideias mais infelizes que já tive em minha vida. Agora, passará muito tempo antes de eu voltar a tocar num livro da Hannah Howell. Estou traumatizada.rsrsrs

- Não é que a história seja toda ruim. Não chega a tanto. Mas são tantos momentos insuportáveis, de completo tédio, que os bons momentos não chegam a provocar sequer alívio. O casal não é de todo mau, são até fofinhos, mas a história é tão vazia, tão entediante... tão carente da emoção que eu preciso sentir nas histórias, que não consegui sentir afeto por eles. Apenas uma leve simpatia. E pena. Sim. Senti muita pena deles.kkkkk... De mim também, claro. 

Enfim... Dei 2 estrelas ao livro no skoob. E isso porque estou muito generosa hoje. :D

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.