O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Um Beijo Inesquecível - Teresa Medeiros


Irmãs Fairleigh 1/2

 Laura Farleigh precisava de um marido. 

Se quisesse manter um teto sobre a cabeça dos irmãos, a orgulhosa filha do reitor teria de casar até ao dia do seu vigésimo primeiro aniversário. Ao encontrar inconsciente na floresta um misterioso desconhecido de rosto angelical e corpo de Adónis, que não se lembrava do nome e do passado, decide reclamá-lo como seu. Mal sabia ela que aquele anjo caído era afinal um demônio disfarçado. 

Sterling Harlow, o famoso devasso conhecido como o «Demónio de Devonbrooke», acorda com o beijo encantador de uma formosa jovem que lhe confessa ser ele o seu prometido. 

Com as faces beijadas pelo sol e sardentas, Laura é uma jovem inocente apesar do encanto feminino das suas curvas. Quando lhe garante ser ele um perfeito cavalheiro, Sterling pergunta a si próprio se, para além da memória, terá perdido o juízo. Juraria não ser homem para se satisfazer apenas com beijos - principalmente os da doce e sensual Laura. 

Tentando descobrir a verdade antes da noite de núpcias, um beijo inesquecível ateia a paixão que nenhum deles alguma vez esquecerá.


Palavras de uma leitora...


Um lindo conto de fadas...

Sterling Harlow, mais conhecido como o diabo de Devonbrooke, ainda conseguia lembrar-se com clareza da última vez em que viu sua mãe... Mais de vinte anos se passaram, mas em sua mente ficara o momento em que ela se ajoelhou e abriu os braços, implorando em silêncio por um perdão que jamais viria. 

Agora, bem distante do menino inocente que outrora foi, recebeu a notícia que mais temia no mundo: a de sua morte. Sua mãe tinha partido para sempre. E a última lembrança que ele sempre guardaria dela, seria daquele momento. Do adeus que não tiveram. Do perdeu que ele lhe negou. 

Determinado a não permitir que a dor intensa que sentia dentro de si transparecesse e furioso pela protegida de sua mãe se atrever a censurá-lo e condená-lo como se tivesse algum direito, ele toma a decisão de recuperar a propriedade onde um dia morou com sua família... um lugar no qual ele não colocava os pés há muitos anos. Onde sua mãe vivera até o último dia de sua vida e... onde também se encontravam as crianças e a jovem que ela tomara sob a sua proteção há seis anos. O ciúme tinha um gosto amargo e ele o considerava uma fraqueza. Mas nenhuma força de vontade foi capaz de impedi-lo de sentir o golpe de saber que sua mãe o expulsara de casa quando ele tinha apenas 7 anos, mas adotara três outras crianças, dando a elas o que jamais lhe dera. Fazendo-as felizes enquanto ele vivia um inferno. 

"Iluminadas pelos raios de sol, as nobres feições do cavalheiro pareciam intemporais como as de um príncipe que tivesse esperado mil anos por alguém que o viesse acordar do seu sono encantado. Pequenas borboletas douradas vagueavam em redor de ambos como salpicos de um encantamento de fadas.

Mais tarde, ela juraria ter talvez sucumbido ao encanto do bosque, pois seria essa a única explicação para o incrível impulso que levara Laura Fairleigh, a piedosa filha de um clérigo, que nunca permitira sequer que os seus pretendentes lhe pegassem na mão, a inclinar-se e a tocar com os seus os lábios dele."

O mundo de Laura estava desmoronando. Seis anos antes, ela se vira de repente sem casa e sem pais. Tudo havia se perdido num terrível incêndio, restando-lhe apenas duas crianças que dependiam dela e pelas quais ela faria qualquer coisa, até mesmo dar a própria vida. Mas o socorro chegou na imagem de uma bondosa mulher que os acolheu e os ajudou a cicatrizar as feridas daquela perda. Uma mulher que para Laura fora mais do que uma tutora... fora uma mãe e um anjo da guarda. Agora... ela havia partido... e o futuro voltara a se tornar frio e ameaçador. Por mais otimista que tentasse ser, o desespero a invadia, pois o filho de sua tutora dali a um mês regressaria para reclamar uma casa que nunca lhe interessou. E para separá-la de seus irmãos. 

Sua única esperança era encontrar um homem que aceitasse casar-se com ela antes do seu vigésimo primeiro aniversário. Que seria dali a menos de quatro semanas... Só esperava que maridos pudessem cair do céu... 

... E que não viessem na imagem do homem mais lindo que ela já vira na vida, desmaiado e desmemoriado no bosque. Ou melhor... que viesse exatamente na imagem de um homem assim. 

"– Quem?... Quem… sou eu?
Era inegável a expressão suplicante dos olhos dele. Apertava-lhe o braço com os dedos exigindo uma resposta que ela não lhe podia dar.
Embora soubesse que ia cometer o pecado mais negro da sua vida, Laura não pôde impedir que um terno sorriso lhe iluminasse o rosto.
– O senhor é meu."

- Sabe aquele tipo de livro que é simplesmente uma fofura e uma delícia de se ler? Que te faz rir, te emociona, te faz suspirar e sonhar acordada? Que te alivia a alma e te aquece o coração? Um Beijo Inesquecível é exatamente esse tipo de história. Um livro inesquecível. Uma história arrebatadora. Suspiros...

- Depois de ler um suspense irresistível, mas também sombrio e que me deixou com a alma "pesada" e angustiada, tudo que eu mais necessitava era de uma história leve que me fizesse sonhar. E eu me lembrei desta história, que uma amiga querida me indicou já há algum tempo. Iniciei a leitura, esperando encontrar uma espécie de conto de fadas... e não me decepcionei. Pelo contrário. A história foi muito mais do que eu esperava. 

"O pai de Laura tentara avisá-la. Se vendesse a alma ao diabo, seria apenas uma questão de tempo até ele vir buscá-la. Mas o pai nunca a avisara de que o diabo podia ser tão belo que ela se sentisse tentada a entregar-lhe a alma sem interpor qualquer defesa."

- Após receber a carta que Laura escreveu, comunicando-lhe a morte de sua mãe, Sterling pediu que sua prima lhe respondesse, informando que dali há um mês ele regressaria para tomar a propriedade que lhe pertencia por direito. Mas antes que pudesse pensar no que estava fazendo, Sterling partiu, em direção à sua casa, com um mês de antecedência... caindo do cavalo e batendo a cabeça antes que pudesse chegar. A queda acabou por lhe roubar a memória... fazendo-o também conhecer um lindo anjo, que dizia ser sua noiva e que ele daria tudo para ser verdade. Podia não lembrar-se do seu passado, mas sabia que Laura era tudo que ele sempre esperara. Era sua salvação. Aquela que poderia ensinar-lhe a amar novamente. E reencontrar o menino que ele um dia foi, mas que há tanto tempo se perdera dentro dele. 

Sterling não sabia quem era, mas sabia exatamente quem gostaria de ser com ela. 

- Cada momento com essa história foi mágico. Eu ri tanto e me peguei com lágrimas escorrendo pelo rosto tantas vezes.rs É justamente por ser uma história tão linda e tão doce que ela acaba também por nos fazer chorar. Não há maneira de explicar como me senti durante a leitura. Foi simplesmente maravilhoso! Foram momentos que eu não queria que passassem, que eu gostaria que tivessem durado para sempre. Laura e Sterling (também conhecido como Nicholas, graças à Laura.rsrsrs) formam um casal belíssimo, ambos encontrando um no outro muito mais do que buscavam. Unidos por um amor que seria capaz de perdoar e superar qualquer coisa. E curar qualquer ferida. Estou perdidamente apaixonada por eles e pela história deles, gente!rsrs

- Não há muito o que eu possa contar sobre o livro. Só digo que é uma história que merece muito ser lida e que vai emocionar muito o seu coração. Dei 5 estrelas ao livro sem pensar duas vezes. E é uma daquelas histórias que eu já anseio pelo momento em que poderei reler. Suspiros...

- Mas antes de encerrar esta resenha... Durante tantos anos como leitora, eu já vi mocinhos reagirem de tantas maneiras semelhantes ao acreditarem-se traídos ou enganados pelas mocinhas. Uns tinham motivos para tornarem-se desprezíveis outros não tinham motivo algum... Mas a questão aqui é... Sterling foi profundamente traído em sua infância. Além de ter sido muito maltratado durante anos e anos, perdendo a capacidade de chorar, aprendendo a esconder a dor até de si mesmo... tornando-se um homem que ele nunca quis ser, alguém que ele não poderia reconhecer no espelho... tão longe e tão perto dele ao mesmo tempo. Mas apesar de todas as cicatrizes e da dor que jamais o abandonou... a reação dele é bem diferente da de tantos mocinhos que eu conheço. Não pude deixar de perceber isso. E apenas contribuiu para me fazer amá-lo ainda mais. Ele é um príncipe... em todos os verdadeiros sentidos desta palavra. E foi feito especialmente para a Laura. Assim como ela foi feita sob medida para ele... 

Às vezes, o destino pode ser simplesmente tudo o que necessitamos... 

Um Beijo Inesquecível já foi anteriormente resenhado no blog pela minha querida amiga Carlita, quem me indicou esta história. Para ler a resenha dela, basta clicar AQUI. :)

Bjs!

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.