O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Depois de Você - Jojo Moyes

(Título Original: After You
Tradutora: Adalgisa Campos da Silva
Editora: Intrínseca
Edição de: 2016)


Lou Clark tem muitas perguntas.

Por que acabou indo trabalhar no bar de um aeroporto, onde passa o expediente inteiro observando outras pessoas voarem para novos lugares? Por que o apartamento onde mora há um ano ainda não parece um lar? A família será capaz de perdoá-la pelo que ela fez dezoito meses antes? Algum dia ela vai superar ter perdido o amor de sua vida? Mas o que Lou sabe com certeza é que as coisas precisam mudar.


Até que, certa noite, uma pessoa desconhecida bate à sua porta. 

Será que ela tem as respostas que Lou procura... ou apenas mais perguntas? Se Lou fechar a porta, a vida vai continuar igual: simples, ordenada, segura.
Se abrir, estará arriscando tudo.

Lou prometeu que continuaria viva. 
E se vai cumprir isso, terá que convidar essa pessoa a entrar...



Palavras de uma leitora...



"Você não me deu uma vida, deu? De jeito nenhum. Só acabou com a minha antiga. Desfez em pedacinhos. O que eu faço com o que sobrou?"

- O livro Depois de Você é uma continuação daquela história que nos deixou em lágrimas. Sim. Como Eu era Antes de Você. Um livro que me deixou triste e ao mesmo tempo anestesiada quando terminei de ler. Que me fez pensar muito no quanto a vida é frágil e como tudo pode simplesmente mudar... No caso de Will, para pior. Até que...

Pois bem, como eu disse, este livro é a continuação da história de Will e Louisa. Portanto, quem não leu o livro anterior, pare imediatamente de ler esta resenha!rs Terá spoilers. Sem sombra de dúvidas. Ninguém pode dizer que não avisei. :)

"Dezoito meses. Dezoito meses inteiros. Até quando vai ser assim? - pergunto na escuridão. [...] - Porque isso não parece vida. Não parece nada."

- Quando conheci a história deles, eu já sabia como tudo iria acabar. Sou aquela que prefere saber com antecedência. Que implora às amigas por spoilers.rs Sendo assim, eu estava preparada para amá-los, viver cada momento com eles até o inevitável adeus. Até a morte de Will. Ou, pelo menos, eu acreditava estar preparada. Como se dizer adeus a ele fosse fácil. Não era. Não foi. Ele não fez em pedaços apenas o coração da Lou. Destruiu o meu também. Porque entender não tornava mais suportável a dor.

"Não pense muito em mim.
 Apenas viva bem.
 Apenas viva."

- Em Como Eu era Antes de Você, Louisa o conhece quando sua mãe a contrata como cuidadora. Embora não possuísse experiência alguma, existia em nossa mocinha algo que fez a mãe dele ter esperanças... No fundo, ela queria acreditar que aquela jovem pudesse devolver a Will a vontade de viver.

Porém... os momentos que eles passam juntos não é suficiente. Nem os esforços dela... nem todo seu amor. No fim, ele vai embora. E ela o deixa ir. Porque não havia mais qualquer opção. Não restava nada.

"O que você fez com a gente, Will?"

- Após a morte dele, Louisa tenta seguir em frente e, no início, chega realmente a acreditar que vai conseguir. Animada pela fé que ele depositara nela, decide viajar pela Europa, sempre levando consigo a carta que lhe foi entregue quando estava em Paris. As últimas palavras dele para ela. Que ela vivesse

Mas, pouco a pouco, as lembranças dos momentos que viveram e a forma como tudo terminou a fazem desistir. Sorrir se torna difícil. Já não era mais possível sentir o cheiro dele em suas roupas... só ficou o vazio. Um vazio que gritava que ela não tinha nada. Que jamais teve nada. Porque ele não a amou o suficiente para ficar. 

"Amei um homem que me mostrara o mundo, mas que não me amara o suficiente para permanecer nele."

Quase dois anos após a morte de Will, ela vivia num apartamento que não parecia seu, presa a um emprego que a fazia infeliz e buscando conforto no álcool e nas lembranças cada vez mais distantes. 

Até que um dia, bêbada e gritando para o céu (ou para Will) a sua dor, despenca do parapeito do telhado, sofrendo um grave acidente. E aquele que deveria ser o fim da sua história... se torna um recomeço. 

"Nunca se sabe o que vai acontecer quando se cai de uma grande altura."

Abalada pelo acidente e precisando recuperar-se, Louisa se vê diante da família com a qual sua relação ficara bastante complicada após sua decisão de estar com Will nos últimos momentos. Sua mãe jamais a perdoara por participar daquilo e mal lhe dirigira a palavra nos meses que seguiram... Mas, acreditando que a filha tentara colocar fim à própria vida se atirando do prédio, abre as portas para uma reconciliação. E é no meio de tudo isso que duas novas pessoas surgem na vida de Lou... 

... Uma, estava tão perdida quanto ela, revirando todo seu mundo e buscando uma ajuda que ela não podia lhe dar. A outra... lhe oferecia esperança e... amor. Mas, de diferentes maneiras, as duas se mostram essenciais para que ela possa reconstruir sua vida a partir das cinzas deixadas por Will. 

"Minha voz, quando saiu, estava falhando um pouco:
- Não estou apaixonada por um fantasma. [...]
- Então deixe ele ir, Lou."

- Quando Will tomou a decisão de seguir em frente com os seus planos mesmo após tudo o que a Louisa fez por ele... mesmo após tudo o que um significou para o outro, eu entendi. Aceitei sua escolha, porque eu imaginava como era grande o sofrimento dele... tão grande que ele já não via outra saída. Foram terríveis os momentos finais. Só de lembrar... Eu quis fazer algo. Mesmo aceitando, desejei com todas as minhas forças poder evitar. Implorei para que ele voltasse atrás. Para que olhasse nos olhos da Lou e percebesse que não poderia deixá-la. No entanto, ele se foi. E... Como ficamos nós? O sofrimento dele chegou ao fim. Mas o de sua família... daqueles que o conheceram e amaram... não. A vida depois de Will foi extremamente dolorosa para aqueles que ele deixou pra trás. 

"Olhei ao redor, como se de repente tivessem me entregado óculos limpos, e notei que quase todo mundo carregava a marca brutal do amor, fosse perdido, roubado ou simplesmente sepultado num túmulo."

- Não estava nos planos da autora escrever esta continuação. Foram os pedidos de fãs, que ansiavam por saber como ficou a vida da nossa mocinha após aquele final, que incentivaram a Jojo Moyes a escrevê-la. E agradeço muito a todas essas pessoas. Porque eu precisava deste livro, gente. Necessitava demais desta história. Existem aqueles que julgaram uma continuação desnecessária e decepcionante, mas para mim foi o desfecho que meu coração pedia. Porque a verdade é que não podia terminar como terminou. Não deveria ter sido assim. E quando iniciei a leitura de Depois de Você, cheia de medo de me decepcionar, pude perceber que nem a própria autora aceitara aquele final. Will e Lou ficaram na cabeça dela como ficaram na minha e na de vocês. Não nos deixariam seguir enquanto eles próprios não pudessem seguir. Queriam terminar aquela história. Tinham mais para contar. E então contaram. Me fazendo rir, chorar, me desesperar e ter esperanças com os personagens. E no final... ainda ficou a saudade. Mas também uma enorme sensação de consolo. 

"Eu não ia parar de chorar por Will, nem de amá-lo, nem de sentir falta dele, mas minha vida parecia ter aterrissado de volta no presente."

- Existe algo sobre este livro que não posso contar. Porque seria um spoiler e tanto. Só posso dizer que jamais passou pela minha cabeça algo assim. E que vocês não têm noção de como eu me senti quando soube... Eu ria e chorava ao mesmo tempo. Ah, Will! Quantas saudades você deixou. Nunca serei capaz de esquecê-lo. Ou superar tudo que lhe aconteceu. 

- Aqui temos de volta, através das palavras e lembranças da Lou, a cena dolorosa do labirinto, quando ela conta para Will o que sofreu quando era jovem e ingênua demais... cena que sempre foi uma das mais fortes e impactantes da história deles. E... as meia-calças de abelhinhas? Como esquecer? Aquele aniversário no qual o Will as deu de presente para a Lou. Incrível como ele a ensinou tanto em tão pouco tempo... Estava prestes a ir para a Dignitas e mesmo assim era quem mais a empurrava para a vida. Ele a amou muito. Mesmo sabendo que não estaria ao seu lado. Mesmo sabendo que um dia ela sorriria para outro homem... que construiria uma vida com outra pessoa. A amou tanto que quis que ela fizesse exatamente isso. Que vivesse. Que agarrasse a vida com as duas mãos. 

- No fim, mesmo sem entrar em detalhes, posso dizer que a Lou acaba fazendo exatamente o que ele sempre quis para ela. Começando por saltar de um prédio, claro.kkkkkkkkkk... Consigo visualizá-lo em minha mente, levantando uma sobrancelha e dizendo sem precisar utilizar palavras: "Só você mesmo para fazer algo tão estúpido." Mas, falando sério agora, ela consegue. Seguir em frente. Só que é um longo caminho. E todos sabemos que o Will estará para sempre em seu coração. Em seus pensamentos. Assim como está no nosso...

"Percebi que estava com medo de viver sem ele. Com que direito você destrói a minha vida - eu queria perguntar -, e eu não estou autorizada a dizer nada a você sobre isso
 Mas eu tinha prometido. E segurei-o, Will Traynor, ex-rapaz esperto da City de Londres, ex-mergulhador, ex-atleta, viajante, amante. Eu o mantive perto e não disse nada, durante todo o tempo repetindo, silenciosamente, que ele era amado." [Trecho do livro Como Eu era Antes de Você]


Adeus Will. É hora de me separar da sua história. Da história de vocês dois. Mas não vou esquecê-los. Nunca. 

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.