O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

terça-feira, 15 de novembro de 2016

E Ela Acordou Grávida... - Míra Lyn Kelly

(Título Original: Waking Up Pregnant
Tradutora: Vera Vasconcellos
Editora: Harlequin
Edição: 2015)


A noite que mudou tudo...
A garçonete Darcy Penn é do tipo inteligente e sensível. Flertar com um homem lindo no bar não faz o seu estilo. Muito menos passar a noite no quarto de hotel com um estranho. Mas depois de ter quebrado suas preciosas regras, ela sai de fininho enquanto Jeff está no banho. Se Darcy tivesse esperado para se despedir, teria sabido sobre o pequeno incidente com o preservativo… E isso pouparia Jeff de ser surpreendido, meses depois, com uma visita de Darcy ao seu escritório apresentando sinais de enjoo matinal… e exigindo saber qual será a atitude dele!




Palavras de uma leitora...



"Sempre fora incansavelmente cuidadosa.
Então, por que, daquela vez, naquela única noite, para aquele homem... dissera 'sim'?"

 Darcy aprendeu ainda muito nova que não poderia contar com ninguém além de si mesma. Todos os erros de sua mãe a levaram a ser extremamente cautelosa e não acreditar em homem algum. Eles podiam ser muito nocivos e destruir a vida de uma mulher, sufocá-la até que ela já não tivesse forças para escapar. Por isso, abandonara os estudos e partira, fugindo da prisão a qual a mãe condenara as duas. E jamais olhou para trás. 

Sua vida podia não ser o conto de fadas que muitas mulheres sonhavam, mas ela tinha toda a independência que lutou para conquistar, sendo dona da própria vida e de suas escolhas. Até que uma noite... os olhos de um homem misterioso e divertido a fizeram mandar a precaução para o espaço e se sentir viva... mesmo que por poucas horas. No dia seguinte poderia voltar a ser quem sempre foi. Mas... naquela noite... só queria viver. 

"Não havia amanhã com aquele homem."

- Mesmo que o tivesse conhecido naquela noite, com Jeff ela se sentia outra pessoa. Alguém leve, feliz e ousada, que não pensava no futuro ou em consequências. Sentia que podia confiar nele... contar os segredos que nunca compartilhou com ninguém. Era para ser apenas um caso de uma noite, mas ao estar em seus braços... ela não queria ir para nenhum outro lugar. Só queria que durasse. Mas sabia que ele não desejava nada além daqueles momentos. De uma boa companhia para sexo e conversas sem importância. Na manhã seguinte ele provavelmente sequer lembraria seu nome. Por isso, quando ele foi para o banheiro e pediu para ela esperar, Darcy partiu, rompendo por completo o vínculo que seu coração insistia em desejar. Era melhor assim. Guardar com carinho os momentos que viveu ao seu lado, sem as manchas de um frio adeus.

Mas... três meses depois... o mundo dos dois vira de ponta-cabeça, forçando-os a uma convivência que mudará para sempre suas vidas... 

"Não importava que fossem estranhos, que tivessem compartilhado uma intimidade no passado ou que o futuro fosse incerto. Darcy se sentia sozinha e ele estava ali. Não havia mais ninguém disponível para lhe dar um tão necessário abraço."

- Pense numa história divertida e deliciosamente fofa... Esta é exatamente assim. :) Amei cada instante, dei gargalhadas com alguns diálogos do casal e torci para que eles parassem de tirar conclusões precipitadas e ficassem logo juntos já que, definitivamente, não tinham paz quando estavam separados.rsrs

- A história começa três meses depois da única noite que Jeff e Darcy passaram juntos. Eles tinham acabado de se conhecer, mas o riso dela o fez desejar seduzi-la e passar um tempo ao seu lado. E o desejo inicial não demora a dar lugar a algo mais. No decorrer de poucas horas, surgiu entre eles uma amizade e cumplicidade que Jeff não lembrava de ter partilhado algum dia com outra mulher. No início, só a queria em sua cama. Mas depois de conhecê-la melhor e passar uma noite divertida e agradável, não importava se no final ela não quisesse dividir sua cama. Só aqueles momentos... já valeram conhecê-la. E se pudesse voltar no tempo ainda assim se aproximaria dela, só para tê-la ao seu lado. Mesmo que por breves momentos.

Mas... o fascínio daquela noite faz com que Darcy também o deseje e eles acabam por viver uma experiência que os afetaria por toda a vida. Porque ir embora não fez com que ela deixasse de pensar nele e desejar que ele pudesse encontrá-la e convencê-la de que poderiam dar certo juntos. Que ele não era como todos os idiotas que sua mãe conheceu e a traumatizaram. Que ele podia apoiá-la e construir uma vida ao seu lado. Mas, acostumada a manter os pés no chão, ela se mantém longe... até que a descoberta da gravidez a faz procurá-lo e lhe dar a oportunidade de fazer parte da vida do filho. Não da vida dela

- Vocês podem imaginar como foi um choque para o nosso mocinho ter seu escritório invadido pela mulher que o abandonara após o sexo sem sequer lhe dar a chance de se despedir, não é?kkkkkkkkkkk... E a mulher em questão ainda foi diretamente para o cesto de lixo, com um violento enjoo matinal, que o deixou mais perplexo e perdido. Ainda assim, apesar de algumas palavras inoportunas, a reação dele é a melhor possível, gente. Algo que eu não esperava. Algo que me surpreendeu de uma maneira muito positiva. Aquele foi só um indício do mocinho maravilhoso que ele viria a ser. Como eu queria que outros mocinhos reagissem tão bem à paternidade como o Jeff.rsrs

"- Deixe-me apoiá-la no que necessita.
E como em um passe de mágica, as barreiras que ela erguera contra aquele homem envolvente ruíram. Porque não havia defesas diante da forma como Jeff a fitava nos olhos, permitindo que visse o quanto desejava que ela aceitasse seu apoio."

- É linda a maneira como se desenvolve o relacionamento entre esses dois. A Darcy estava com vários muros erguidos contra o Jeff.rsrs E ele, pouco a pouco e com uma paciência impressionante, vai derrubando suas defesas e a fazendo confiar mais e mais nele. E confiança era realmente algo muito precioso para nossa mocinha, pois seu passado não foi fácil. Ela tinha todos os motivos do mundo para ter medo de deixá-lo cuidar dela. Mas ele não se importa. O carinho que ele sentia por ela era muito grande e mesmo antes de descobrir que aquela necessidade de fazê-la estar bem se chamava amor, ele já se dedicava à ela e ao bebê, sensível às suas mudanças de humor, às explosões ocasionadas pela gravidez, às lágrimas... tudo. Ele agiu de uma forma que muitos homens jamais agiriam. Se envolveu com a gravidez da Darcy, pensando nela, na participação dele naquilo tudo, em como dificultara a vida dela ao engravidá-la e que o mínimo que poderia fazer era estar atento ao que ela sentia e tentar confortá-la, tornar tudo mais fácil. Ele é um amor, gente! Queria um mocinho assim na minha vida!rsrsrs.. 

- E como este casal pegava fogo quando estava junto!kkkkkkkk... Olhando para a fofura da capa, nós imaginamos que a história seja mais leve, sem cenas muito "quentes", mas nada disso! Eles são muito sensuais e bastava que estivessem no mesmo ambiente para esquecerem tudo e perderem qualquer vestígio de vergonha.rsrsrs E a cena no escritório?! Deus do céu! Que cena!kkkkkkkkkk... Fiquei sem ar!kkkkkkk.. 

- Amei muito esta história! E quero ler outros livros da autora, pois ela escreve de uma maneira muito envolvente, que nos coloca dentro do livro e nos faz esquecer o mundo! :) E é claro que recomendo! 

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.