O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

sábado, 7 de janeiro de 2017

Corações Entrelaçados - Scarlet Wilson



A vida pode dar uma guinada em um piscar de olhos...


UM PRESENTE INESQUECÍVEL
Depois de um ano difícil, a britânica Carrie McKenzie mudou-se para Nova York. Contudo, por mais que tentasse, não conseguia tirar um sorriso sequer de seu atraente vizinho, o policial Dan Cooper… Até um bebê ser abandonado à sua porta! O policial Dan Cooper tem a obrigação de proteger os indefesos. E com Carrie passando por uma situação tão inusitada, ele sabe que precisa ajudá-la. Porém, Carrie logo se transforma em uma deliciosa distração. Não apenas por sua beleza, mas também pela dor que transparece quando olha para a criança.

A HERDEIRA DO CASTELO
Quando o homem que considerava um pai falece, é obrigação de Callan McGregor organizar a herança. Por isso, contata a supercompetente advogada Laurie Jenking, uma das possíveis herdeiras. Apesar de a pulsação do controlado Callan acelerar sempre que estão próximos, o relacionamento não poderia ser nada além de negócios. Contudo, a personalidade enérgica de Laurie abala as estruturas do implacável magnata. E, desta vez, ele está determinado a não virar as costas para a felicidade.




Palavras de uma leitora...



- Duas histórias lindas que nos fazem refletir sobre o verdadeiro significado de família... e como podemos sim mudar o rumo de nossas vidas mesmo quando já parece tarde demais...

Em Um Presente Inesquecível, Carrie muda-se temporariamente para Nova York quando seu chefe lhe oferece a chance de recuperar-se de uma perda terrível longe de um ambiente que lhe trazia tantas recordações dolorosas. Mas mesmo após duas semanas no confortável apartamento, longe de seu passado e de tudo o que tivera que suportar naquele ano, ela ainda não conseguia chamá-lo de lar. E quando uma tempestade de neve a obriga a passar vários dias trancada em casa, Carrie espera passá-los comendo besteira e assistindo seus filmes preferidos, esquecendo-se da existência de um mundo lá fora. Tudo que ela menos poderia imaginar é que encontraria um bebê chorando em sua porta. Um bebê que mudaria para sempre a sua vida...

Depois de salvar algumas pessoas durante a terrível tempestade de neve que paralisou a cidade, o policial Daniel Cooper acabou ferido e tendo que passar alguns dias "de molho" em casa, para sua grande frustração. Mas ao colocar a música no último volume naquele dia, perdido em seus próprios pensamentos, ele não esperava ser interrompido por sua vizinha dos olhos tristes, histérica, dizendo coisas sem sentido envolvendo algum bebê. E quando finalmente se dá conta de que ambos estavam responsáveis por um recém-nascido abandonado num tempo como aquele, ele é tomado pelo pânico... e por algum outro sentimento que não consegue definir... Assim como não sabia interpretar as emoções que passavam pelo rosto de Carrie toda vez que ela olhava para aquele pequeno ser em seus braços. O que haveria por trás daqueles olhos que não saíam de sua cabeça desde que ela se mudara para o seu prédio? Que segredos aquela mulher esconderia? E por que ela tocava em algum ponto dentro dele que nenhuma outra pessoa jamais tocou? Queria saber quem ela era. Conhecê-la e consolá-la... Queria que em seus braços ela encontrasse o apoio que tanto parecia precisar... A queria. E não sabia quando exatamente isso começou a acontecer. Apenas sabia que precisava dela. 

"Você precisa lembrar, Carrie, que nossos filhos pertencem a Deus. Nós só os pegamos emprestados. E às vezes, Deus os chama de volta para casa antes do que esperávamos."

- Esta primeira história me emocionou muito. É impossível não sermos atingidos pela dor da Carrie, por tudo o que ela teve que suportar e as feridas que ainda não estavam cicatrizadas, que talvez jamais cicatrizassem. Ficamos nos perguntamos onde estava a justiça naquilo tudo e por que ela teve que passar por tantas coisas quando era evidente que não merecia. Aquele bebê surge em sua vida para lhe dar uma segunda chance. Para forçá-la a voltar a viver, a enxergar que ainda respirava e que deveria lutar outra vez, tentar de novo. E ao lado do nosso querido mocinho, ela volta a ser a pessoa que foi antes de sua tragédia. E também o ajuda a superar os fantasmas de seu passado. Juntos, os dois recomeçam. Graças a um pequeno anjo que os ensina que enquanto somos capazes de amar... sempre há esperança. Sempre é possível voltar a viver. 

Eu simplesmente amei esta história! E a recomendo sem pensar duas vezes! É belíssima! Só senti falta de um epílogo daquele tipo que nos deixa suspirando. :)

Em A Herdeira do Castelo, Laurie é surpreendida por uma carta que informa que ela é a possível herdeira de um castelo na Escócia, algo que a deixa desnorteada e ao mesmo tempo parece lhe dar a oportunidade que ela tanto esperava para fugir, nem que fosse por alguns dias, daquele mundo que a sufocava mais e mais a cada dia, mês e ano. Ela só queria um momento de paz e aquela viagem talvez lhe desse o que ela tanto buscava... e algo mais. 

Callan ainda não superara o choque que o invadiu ao descobrir que o homem que o criou como um pai e lhe ensinou todos os valores que o tornaram o que ele era, possuía seis filhos biológicos. Filhos dos quais ele jamais falou, filhos que ele nunca reconheceu. Dividido entre a lealdade a quem ele via como pai e a mágoa que o invadiu ao tomar ciência daquele segredo e sequer ser considerado em seu testamento, Callan aceita participar do final de semana que definiria qual dos doze possíveis herdeiros ficaria com o castelo onde ele cresceu e passou os melhores momentos de sua vida. Desejava ir para o mais longe de tudo, mas não podia virar as costas para Angus, não importava como se sentia. Mas ao vê-la... naquela estação de trem, ele percebe que sua vida estava prestes a sofrer uma drástica mudança. Depois daquele final de semana... ele nunca mais seria o mesmo. Seria possível amar alguém que acabamos de conhecer? 

- A segunda história também é muito bonita, embora não seja tão emocionante quanto a primeira. A relação que começa a se desenvolver entre Laurie e Callan é natural... os sentimentos vão mudando com o passar de cada conversa, cada sorriso, cada segundo que eles passam juntos. Eles não sabiam o que tanto lhes atraía um no outro, mas mesmo num lugar cheio de gente tudo que desejavam era estar juntos, esquecendo de tudo. Vivendo a magia que as paredes daquele castelo despertava... deixando que as coisas simplesmente acontecessem. E eles tinham medo de amar. Claro que tinham, até porque tinham acabado de se conhecer. Mesmo assim, eles apostam. Porque a vida é uma só e após aquele final de semana eles talvez nunca mais se vissem. Precisavam acreditar e viver cada momento... dar uma chance ao amor. E é exatamente o que eles fazem. Amei este casal! 

Recomendo muito as duas histórias! E esta é uma autora que quero voltar a ler! 

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.