O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

domingo, 5 de março de 2017

Em fevereiro...



Titanic dispensa comentários, não é mesmo?rsrsrs... Já perdi a conta de quantas vezes assisti este filme e falei dele aqui.kkkkkk... Mas não importa! Toda vez que o filme passa eu preciso ver. E sempre me emociono como se fosse a primeira vez. É minha história preferida apesar do final que nunca aceitarei. Uma história de amor que o tempo não pode apagar. E aquela cena da Rose indo ao encontro do Jack, tantos e tantos anos depois... Como não chorar, gente? Já estou querendo ver o filme de novo.rs

A Culpa é das Estrelas é outra história que me faz cair em prantos sempre que vejo e mesmo assim sigo vendo. Hazel e Gus conquistaram um lugar exclusivo no meu coração e nunca serei capaz de esquecê-los ou me cansar de assistir sua história. Um amor tão lindo que nem uma doença cruel ou a morte seria capaz de destruir. Eles se amaram como poucos têm o privilégio de amar nesta vida. E viveram esse amor pelo pequeno infinito de números que tiveram... porque, infelizmente, o infinito deles foi menor do que o de outros. :( 

La La Land é um filme que foi fortemente indicado pela minha amiga Carlita e por uma querida colega de trabalho que também assistiu o filme e amou. Eu já estava louca para vê-lo e quando finalmente consegui assistir pude entender por que elas o amam tanto. A história é simplesmente perfeita, com fotografia e melodia que nos arrancam suspiros e atores para lá de sensacionais! O filme não me "pegou" no início, com a música e dança iniciais, mas sim com a história que começou a se desenvolver em seguida, quando os protagonistas se conheceram. A partir daí... eu estava presa. Viajei para o mundo deles, me emocionando com a canção da cidade de estrelas, com o Sebastian ao piano... e a música que ele tocou no final e me arrancou lágrimas de tristeza e raiva pelas escolhas estúpidas que eles fizeram. Não quero dar spoiler, mas nunca vou aceitar aquele final. Amei demais este filme, mas o final deixou meu coração em pedaços. 




São tantas as reviravoltas que Ezel dá que eu não sei quando voltarei a respirar normalmente enquanto assisto esta novela.rs

A vida de vários personagens já está sendo afetada por uma história de traição que se iniciou mais de doze anos antes. Todos sabem que nosso protagonista, Omer (agora conhecido como Ezel) foi traído por seus dois melhores amigos e sua noiva e, consequentemente, condenado à prisão perpétua por um crime que não cometeu. Um crime que os três traidores sim cometeram: o assalto a um cassino e o assassinato brutal do segurança do lugar, que deixou dois filhos e uma esposa sozinhos. Anos mais tarde o filho deste homem acaba também sendo assassinado quando descobre quem realmente tinha matado seu pai. A cena é uma das piores da novela. Uma cena que me deixou destroçada. 

Após um incêndio na prisão em que era constantemente torturado, Omer consegue escapar, com a ajuda de seu protetor Ramiz. Depois de várias cirurgias e alguns anos de preparação, retorna ao lugar em que tudo começou... onde cresceu ao lado do Cengiz, aprendeu muitas coisas com o Ali e conheceu a mulher de sua vida, sua querida e traidora Eysan. Ele retorna... mas obviamente não para dar o perdão aos que destruíram toda sua vida. Não. Ele retorna por vingança. E nas últimas semanas é que tudo realmente começou... Derrubando o Cengiz, contando a verdade para o Ali e envolvendo a Eysan até tirar tudo o que ela tanto ama. E que não é o filho dela, claro. Nada me convence de que essa mulher ama realmente tanto assim o filho.

Vocês sabem como esta novela me provoca sentimentos confusos. Ao mesmo tempo em que a amo e a considero maravilhosa, com atores perfeitos... também detesto a novela, por sua história de vingança... um jogo no qual será impossível ter vencedores. Reconheço que o Ezel tinha todo o direito de se vingar. Mas conhecendo o final desta novela... me pergunto se tudo realmente valeu a pena. Se não teria sido melhor ele ter reconstruído sua vida e deixado que o destino se encarregasse daqueles três...

Os próximos capítulos serão de roubar o fôlego! Me preparando emocionalmente...rsrs





Foi com muita alegria que eu lhes dei a notícia de que o Sbt tinha começado a exibir minha novela amada em 30 de janeiro deste ano. Na resenha que fiz sobre a novela vocês podem ter uma ideia de como ela é especial para mim. Inesquecível. Única. Uma das melhores que tive o privilégio de assistir. E eu queria MUITO, MUITO, MUITO MESMO que o Sbt a exibisse, para que todos tivessem a oportunidade de conhecê-la. Mas... no mês passado alguns comentários que vi na internet me deixaram não só revoltada, mas também com um sentimento de "é por isso que o mundo está como está". 

Ao falar da novela na minha resenha, eu evitei dar muitos spoilers e por isso não falei tudo o que o Alejandro (Alessandro já que o Sbt traduziu o nome) faz contra a Montserrat ao longo dos capítulos. Porém, uma vez que a novela já está sendo exibida aqui e tal cena já passou, posso comentar agora. 

Algumas semanas atrás foi ao ar a polêmica cena em que o Alejandro estupra a mocinha, afirmando que ele tinha cumprido sua parte no acordo e que ela deveria fazer o mesmo. A Montserrat diz "NÃO", manda ele soltá-la e quando mesmo assim ele a beija, ela não reage, permanecendo fria e numa clara rejeição. O Alejandro a solta, se senta, revoltado com a atitude dela, mas logo em seguida vai para cima dela de novo e dessa vez vai em frente, sabendo que ela NÃO QUERIA, que o desprezava. E ele chega a dizer que o ódio que ela sente por ele pelo menos é uma emoção e que tal sentimento é recíproco. Ele a estupra. ESTUPRA, ENTENDERAM?????!!! Não existe interpretação para tal cena. É ESTUPRO, inferno! Se uma mulher não quer ter relação com um homem e mesmo assim ele vai em frente, ainda que não haja violência, é estupro. Porque o próprio estupro em si é uma violência contra a mulher. Não venham romantizar as coisas, dizendo que ele a amava, que a Montserrat queria sim. O Alejandro até poderia amá-la (nunca neguei isso), mesmo assim ele cometeu um crime. E a Montserrat NÃO QUERIA. A cena deixa isso muito claro para qualquer pessoa entender.

Mas... pouco antes da cena ir ao ar, em minhas pesquisas sobre a maneira como a novela estava sendo aceita aqui no Brasil, os comentários num post na internet me deixaram completamente chocada. Eu não acreditei no que estava lendo, na quantidade de absurdos que várias pessoas, INCLUINDO MULHERES, estavam fazendo sobre a cena. As pessoas defendiam a atitude do Alejandro, afirmavam que não houve estupro, que se ela não reagiu era porque queria, que ele tinha direito, que ele era marido dela, entre vários outros absurdos. Sinceramente, eu me arrependi amargamente de ter lido aqueles comentários. Se pudesse, teria voltado atrás e me impedido de lê-los. E saber que mulheres também estavam fazendo tais comentários me deixou muito triste. Por que reclamamos da realidade de nosso mundo?! O mundo está como está por nossa própria culpa. "Luna, não leve tão a sério. Foram apenas comentários." Foram sim. Mas são comentários que refletem a maneira como muita gente pensa. 

Em todos os momentos em que defendi minha novela querida, NUNCA fui cega para as atitudes do Alejandro. Nunca disse que ele agiu de maneira correta. Fui clara sobre como via as coisas que ele tinha feito, como ele tinha ultrapassado qualquer limite. O meu amor pelo personagem não fez com que eu visse tudo de maneira cor-de-rosa ou aceitasse a cena de estupro. 

Não critico quem ama o personagem. Eu própria o amo demais. Mas não dá para aceitar o que ele fez contra a mocinha. Não é possível que alguém consiga dizer que aquilo não foi um crime. E todo o resto, gente! Ele a prende na fazenda! A Montserrat não pode sair, tanto que ela tenta fugir! Se uma pessoa tenta fugir de um lugar é porque ela está presa ali, certo? Ela era vigiada, só podendo ir aos lugares que ele quisesse. Ele diz que ela vai ficar com ele até o resto de sua vida, e ele não quer saber se ela quer isso ou não. Ele simplesmente decidiu. Ah, mas ele é rico, certo? Podre de rico, lindo de morrer, então pode tudo e deve ser desculpado, certo? ERRADO! Mas o incrível é que muita gente o desculpa justamente por isso. Se ele fosse como o Belchior de A Escrava Isaura (o Belchior da novela que mencionei não estupra ninguém, mas estou usando a aparência dele como exemplo), todos teriam visto a Montserrat como vítima e caído em cima do Alejandro. Mas como ele é lindo e o gostoso protagonista da novela, vamos perdoar, não é? Não é estupro neste caso (se pudesse colocar a carinha de fúria do WhatsApp aqui!!!!). As pessoas estão precisando colocar algo bem claro em suas mentes: TODA VEZ QUE UMA MULHER OU QUALQUER OUTRA PESSOA NÃO DESEJA FAZER SEXO E É FORÇADA A ISSO, É ESTUPRO! Seja na vida real, em novelas, filmes, livros ou qualquer outra coisa. Seja o estuprador pobre, rico, lindo ou feio, protagonista ou personagem secundário. Não importa, é estupro. 

Desculpa, gente. Mas eu estava precisando desabafar. 


- Em fevereiro não assisti nenhuma série e nem Carinha de Anjo. Pretendo corrigir isso nas próximas semanas. :)




E os livros que li foram...



Como eu disse, gostei muito da segunda história. E teria amado se somente ela fizesse parte do livro. A primeira história nada me acrescentou, apenas me deu nos nervos e me fez desperdiçar mais de duas semanas de leitura.


"- Me escolha. [...]
 -  Não me pertença, me escolha. Me deixa ficar do seu lado."


A Lynne Graham é uma das minhas autoras preferidas, mas isso não me torna cega. Não é por amá-la que vou dizer que uma história é maravilhosa quando não é. Noiva Inadequada passa bem longe disso. Jamais seria entediante, pois os livros dela nunca são, mas é impossível não ter desejado que o livro terminasse logo para que eu me visse livre deste casal tão insuportavelmente desprezível.





*Imagens encontradas no Google Imagens

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.