O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

TAG: Direitos do Leitor




Olá, queridos!

Gostaram da imagem acima?! :D Como não sei se esta tag tem uma imagem oficial tive que encontrar alguma na internet. E achei a que escolhi muito apropriada. :) 

Vi esta tag quando estava passando pelo blog Para Todas as Estações e não sei quem a criou, por isso não tenho como dar os devidos créditos. Só sei que eu fiquei louquinha para responder! 

E quais são os direitos dos leitores?


1- O direito de não ler - Um livro que você não quer ler nem que te paguem.

Ui! Já começa difícil! Não porque não exista um livro que não leio nem se me pagarem, mas sim porque é complicado escolher só um.kkkkkkkk... Vou escolher a autora, então! Depois da decepção insuperável que tive com o livro Amor e Vingança nunca mais quero sequer ouvir o nome da autora Sophia Johnson. Peguei antipatia, confesso. Mas é simplesmnete impossível esquecer tudo o que aquele anti-herói dos infernos fez com a mocinha. Chegou a amarrá-la e arrastá-la como a um cavalo. Isso é amor?! Não. É humilhação, violência.

2- O direito de pular páginas - Um livro que você leu... só o que interessava.

Não costumo fazer isso, para ser sincera. Mesmo se não estiver gostando da história seguirei lendo até o fim, sem pular páginas. Ou abandono por completo ou leio até o final. Pular páginas, não! Todavia, existem livros que já li pedaços, trechos soltos. Mas não os coloquei na lista de "lidos", justamente porque voltarei a eles para lê-los do princípio. Um exemplo é Fogos de Inverno da Johanna Lindsey. 

3- O direito de não terminar um livro - Um livro que você começou algumas vezes antes de ler inteiro.

Eu tenho o direito de NÃO terminar um livro nunca. De abandonar. Sem pena, sem querer voltar atrás. É raríssimo isso acontecer comigo, pois não gosto de deixar coisas inacabadas. Mas existem livros que não suportei. Exemplos? Cito todos os que abandonei: Estrela da Noite - Alyson Noël, Olhos Verdes - Margaret Pargeter, A Indomada e o Sheik - Miranda Lee, Inocência e Pecado - Anne Mather. Abandonei apenas quatro livros em toda minha vida?! Uau!kkkkk... Na verdade, foram seis, mas de dois eu não me recordo o nome. 

Agora... Um livro que tentei ler várias vezes antes de concluir a leitura... Deixa eu pensar aqui... Senhora - José de Alencar. Não foram tantas vezes nem nada, mas realmente tentei lê-lo anos antes de finalmente conseguir. 

4- O direito de reler - Um livro que você salvaria no fim do mundo, para reler pela eternidade.

Tenho realmente que responder?! Como escolher só um????!!!! Vou escolher três só para não quebrar muito as regras: O Quarto Arcano - Florencia Bonelli, Alguém para Amar - Judith McNaught e O Morro dos Ventos Uivantes - Emily Brontë.

5- O direito de ler qualquer coisa - O livro mais improvável que você já leu e gostou, e que algumas pessoas talvez duvidem que você leu.

Sou uma pessoa muito eclética. Ouço vários tipos diferentes de músicas, assisto coisas nada a ver umas com as outras e, claro, leio gêneros bem distintos. Gosto de variar, por mais que tenha os meus gêneros preferidos. E uma coisa que leio e muita gente torce o nariz é livro de autoajuda. Um deles é O Amor Como Estilo de Vida - Gary Chapman. 

6- O direito ao bovarismo (doença textualmente transmissível) - Um livro que parecia ótimo! Mas o tempo passou...e você pensou a respeito.

Pergunta complicadinha!rsrs Não consigo recordar nenhum no momento. Tenho que pensar! Já volto!kkkkkk... 

Voltei! Fui olhar a estante para ver se aparecia uma "luz".rs Bem... Não estão mais na minha estante dois livros: Para Sempre e Lua Azul ambos da mesma autora: Alyson Noël. Lembro que quando li o primeiro eu amei! Fiquei apaixonada pela história. Todavia, não foi o tempo que fez as coisas desandarem. Foram as continuações da história e a protagonista Eve. Era uma mocinha tão tapada e tóxica e a série ficou enrolando tanto que abandonei a história após ler o quarto livro, se não me engano. 

7- O direito de ler em voz alta - Um livro que você precisou ler em voz alta.

Não o livro inteiro. E não é que eu "precisei" ler em voz alta. Simplesmente gosto de ler os trechos em alto e bom som.kkkkkkkkk... O Morro dos Ventos Uivantes. Minha paixão! :)

Uma curiosidade: já li sim um livro inteiro em voz alta por necessidade! A Cabana - William P. Young. Já tinha lido a história, mas logo após eu terminar a leitura em 2009, minha tia me pediu para ler a história para ela. Então passei dias lendo o livro em voz alta enquanto minha tia arrumava a casa, cuidava dos filhos, coisas assim.rs

8- O direito de ler em qualquer lugar - O lugar mais estranho/improvável em que você já leu um livro.

Na Igreja. Não durante a Missa, é claro! Antes dela começar. E se vou a uma festa é certo que levarei um livro e o abrirei para ler. Podem acreditar!rsrs Não sou fã de festas e barulho. Sempre necessito de um livro quando sou obrigada a ir a uma festa. 

9- O direito de ler uma frase aqui e outra ali - Um livro que te alimenta com pequenas doses diárias.

Antologia Poética da Florbela Espanca, O Morro dos Ventos Uivantes (quantas vezes já o mencionei?!), Agora e Sempre - Judith McNaught e vários outros livros queridos que pego para reler trechos quando estou louca de saudades... 

10- O direito de calar - Um livro que te deixou sem palavras, porque era muito bom...ou muito ruim.

Corações Feridos - Louisa Reid. Este livro arrancou um pedaço de mim. Não posso mencioná-lo que me dá uma agonia. História pesada que traz como temas fanatismo religioso e violência doméstica. Muitas outras histórias também me deixaram assim: A Lista do Nunca, Identidade Roubada, No Escuro... 

Gostaram das minhas respostas? Espero que sim! :)

2 comentários:

Ana Reis disse...

Kkkkkkkk acho que praticamente usei o direito de quebrar a todas essas regras kkkkkk
Tenho que tomar juízo hein hahahahha

Luna disse...

Só você mesmo!kkkkkk Doida!rsrs

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.