O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

domingo, 21 de janeiro de 2018

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban - J.K. Rowling

(Título Original: Harry Potter and the Prisoner of Azkaban
Tradutora: Lia Wyler
Editora: Rocco
Edição de: 2000)


Agora com 13 anos, Harry Potter torna-se mais rebelde, desafiando os tios e os professores. Nas aulas com o professor Lupin, ele aprende como enfrentar os terríveis dementadores, que se alimentam da alma das pessoas, e são os guardiões da prisão de Azkaban, de onde fugiu Sirius Black.

Há indícios de que o prisioneiro possa estar na escola e, o que é pior, de que haja um traidor em Hogwarts. Inúmeras surpresas mostram que é preciso cuidado para reconhecer a distância entre a versão de alguns fatos e a verdade.

A autora ainda presenteia o leitor com emocionantes partidas de quadribol, novas e assustadoras criaturas mágicas e um final surpreendente.




Palavras de uma leitora...



- A sinopse acima foi encontrada no Skoob. Como vocês sabem, a edição que eu possuo da história não vem com sinopse. 

Bem... Se eu conseguir terminar esta resenha será um feito e tanto. Na quinta-feira tomei a vacina contra a febre amarela e desde então não me sinto muito bem. Foi difícil concluir a leitura do livro por conta disso e está sendo complicado escrever. Ainda não estou legal. Espero estar melhor nos próximos dias, mas começo a achar que não conseguirei ler todos os livros da Maratona Literária de Verão até o dia 27. :( 

- O filme Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban nunca foi um dos meus preferidos. Pelo contrário! Sempre evitei revê-lo, pois não gostava. Era o único filme da série que não me agradava. Por isso, fiquei muito surpresa ao perceber que até agora este é o meu livro preferido! Simplesmente amei tudo o que se passou aqui! Como as coisas foram se desenrolando... Quanto mais eu lia mais queria ler e me irritava tremendamente que o fato de não me sentir bem me atrapalhasse. Foi uma leitura tão prazerosa, tão boa! É o primeiro livro do ano que ganhou passagem para os meus favoritos. 

- Depois das descobertas e aventuras de Harry Potter e a Câmera Secreta, quando nosso protagonista enfrentou um Voldemort (Lorde das Trevas e assassino dos seus pais) mais jovem e letal (porque contava com a ajuda de um basilisco), finalmente iniciaram-se as férias e com elas os tormentos de Harry ao retornar ao lar de seus tios, que o desprezavam profundamente e não desperdiçavam nenhuma oportunidade de fazer de sua vida um inferno. 

E é quando está na casa deles que é divulgada a notícia da fuga de um assassino extremamente perigoso, que estava armado e era totalmente desequilibrado. Qualquer um que o visse deveria fugir imediatamente e chamar as autoridades. Naquele momento, Harry não poderia imaginar a ligação que um criminoso do mundo dos trouxas poderia ter com sua vida... e a morte dos seus pais. 

- Após um forte desentendimento com seus tios, ele perde a paciência e resolve ir embora, mesmo não tendo para onde ir até a volta das aulas. Enquanto está nas ruas, sem saber bem o que fazer, acaba avistando um animal estranho que quase o faz ser atropelado por um ônibus. Ainda em choque, Harry percebe que o ônibus que quase o matara pertence ao mundo dos bruxos e embarca nele, indo parar no Beco Diagonal. E ao ser recebido pelo Ministro da Magia em pessoa, começa a suspeitar que algo muito estranho esteja acontecendo. Pouco tempo depois entende: o assassino que era uma ameaça para os trouxas era também o bruxo mais temido naquele momento pelos demais bruxos, pois, cerca de doze anos antes, ele havia assassinado brutalmente diversas pessoas ao tentar escapar das autoridades... por ter sido cúmplice na morte dos pais de Harry. Agora, ele escapara da prisão e tinha um propósito bem definido em mente: matar Harry Potter custasse o que custasse. Estava na hora de terminar o jogo de traição que ele iniciara mais de uma década atrás. 

E é nesta atmosfera de medo, com todos os professores tentando manter Harry a salvo dentro dos muros do colégio, que as aulas recomeçam e novos desafios são traçados. Disputas acirradas no quadribol, aparecimento de um Sinistro que é presságio de morte, novo professor de Defesa contra As Artes das Trevas, Dementadores que afetam Harry como nada no mundo e são outra ameaça à sua vida, amizades que são colocadas à prova e segredos terríveis revelados são apenas algumas das coisas que recheiam as páginas deste livro e tornam a leitura maravilhosa. 

- Como eu disse, amei muito este livro. É o melhor até agora e me deixou mais do que louca para ler o próximo. Não consigo entender como pude demorar tanto para dar uma chance a esta série. Sempre fico furiosa comigo mesma quando adio muito a leitura de um livro e depois descubro que ele era incrível e que eu deveria ter lido antes! 

- Destaque especial para a amizade cada vez mais forte entre Harry, Hermione e Rony. Nunca me canso de amar estes três. É inspirador o laço que os une, a maneira como sempre estão juntos para o que der e vier, mesmo quando estão irritados uns com os outros. Também não posso deixar de mencionar o novo professor, Lupin, que realmente foi bem útil em diversos momentos e ensinou bastante ao Harry... além de ter tido um papel significativo em toda a história. 

Perebras, o rato de Rony, conseguiu me surpreender. Eu não lembrava muito do filme, então, isso era até presumível. Realmente fiquei chocada. O Bicuço, o bicho de estimação do Hagrid, protagonizou uma das cenas que me deixou com um nó na garganta. Felizmente, Harry e Hermione conseguiram consertar as coisas. Há que ter um pouco de justiça nesta vida, não acham?rs 

Não dá para não mencionar também o papel desagradável do Snape. Ele foi especialmente imbecil neste livro. Me causou uma raiva como nunca tinha conseguido! Estou me cansando de seu ressentimento sem sentido, totalmente infantil. Fala sério! Está na hora dele crescer! 

- Enfim... Dei 5 estrelas ao livro e passagem para os preferidos sem pensar duas vezes! Amei, amei e amei! :D

E deixo aqui um trecho que me emocionou bastante:

"Você acha que os mortos que amamos realmente nos deixam? Você acha que não nos lembramos deles ainda mais claramente em momentos de grandes dificuldades? O seu pai vive em você, Harry, e se revela mais claramente quando você precisa dele."


- Esta foi minha escolha para o segundo tema da Maratona Literária de Verão. Como membro do reino de Galtano (cliquem aqui para entender), meu segundo desafio era: ler um livro comprado em uma promoção. Restam dois desafios e dois extras!

1 comentários:

Anônimo disse...

Snape ícone.

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.