O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

sábado, 2 de maio de 2015

Lançamentos Harlequin - Maio



- Maio é o mês das nossas mamães... Daquela pessoa que dedicou boa parte da sua vida para cuidar de nós e que, independente do que aconteça, jamais nos abandonará. Está sempre pronta para nos receber em seu colo e nos oferecer conforto quando desejamos escapar um pouco do mundo. Aquela que torce por nós e se alegra com nossas vitórias! Aquela pessoa para qual seremos sempre seus bebês, mesmo que já tenhamos crescido e formado nossa própria família. Para nossas mães... nós jamais deixamos de ser crianças e por nós elas são capazes de qualquer coisa. Sem jamais esperar algo em troca. E que tudo que faz por nós é por nos amar de forma incondicional. 

 E o que melhor do que presentearmos nossa Rainha com lindas e inesquecíveis histórias que falam de um sentimento que elas conhecem tão bem... O Amor...



E ELA ACORDOU GRÁVIDA... - Míra Lyn Kelly
Rainhas do Romance - Edição 101

A garçonete Darcy é do tipo inteligente e sensível. Flertar com um homem lindo no bar não faz o seu estilo. Muito menos passar a noite no quarto de hotel com um estranho. Mas depois de ter quebrado suas preciosas regras, ela sai de fininho enquanto Jeff está no banho. Se Darcy tivesse esperado para se despedir, teria sabido sobre o pequeno incidente com o preservativo… 

- Existe capa mais deliciosa?! Suspiros... Estou loucamente apaixonada por essa capa, gente!!! 



Harlequin Especial Coração de Mãe!

Três histórias clássicas sobre filhos grandes, filhos pequenos e pais de primeira viagem!

CANDIDATA A MÃE – DIANA PALMER
Uma mulher perfeita para ser mãe… Esse era o desejo do fi lho de Faulkner Scott. Com 12 anos de idade, o garoto decidira eleger Shelly Astor ao cargo. Agora teria apenas que convencer seu pai de que ela apresentava todas as qualidades! 

TESTE DE PATERNIDADE – SHERRYL WOODS
O sinal de positivo apareceu no teste de gravidez de Jane Dawson a tempo de impedir que seu relógio biológico avançasse ainda mais. Só havia um probleminha: seu ex-namorado estava prestes a se tornar papai! 

OBRA DO ACASO – LEANNE BANKS
Quando Sophie Hartman fez inseminação artificial, jamais poderia ter imaginado que em breve conheceria o pai de seu fi lho em pessoa: o príncipe Alexander Dumont. E ele veio para casar!




ACORDOS E ESCÂNDALOS
Harlequin Desejo - 2 histórias

BEIJOS ENCENADOS – MAUREEN CHILD 
Georgia Page aceitara fingir ser a noiva do sedutor Sean. Porém, não imaginava que toda essa encenação abriria caminho para um desejo irresistível! 

SEGREDO DE AMANTE – ANDREA LAURENCE 
Sabine conseguira manter o filho em segredo por dois anos, mas agora Gavin quer fazer parte da vida da criança. Contudo, ela está determinada a não ceder às ordens desse poderoso magnata… e nem ao desejo que a domina.


E maio é também o mês das noivas, certo?! :) 


NOIVAS DA PAIXÃO

DOCE INOCÊNCIA – MELANIE MILBURNE 
Rafaele está furioso. Para receber a herança a qual tem direito, terá de se casar com a amante de seu pai! Emma apenas trabalhava para o falecido Valentino não esperava ser mencionada no testamento, mas não pode desprezar a chance. Rafaele a tratará como uma golpista. 

ETERNO AMOR – KATE WALKER 
Raul sempre desejou Alannah, mas fora rejeitado, e agora esse espanhol orgulhoso não descansará enquanto ela não se redimir… com o corpo!



REBELDES DOMADOS - Michelle Douglas
Harlequin Special - Edição 100

CULTIVANDO O AMOR 
O policial Mitchell King achava que sua ex-namorada, Tash Buckley, precisava de proteção. Por isso, decide escondê-la em sua cabana à beira-mar. Tash não tinha medo do perigo, e só pensava em entregar-se à Mitch mais uma vez.

 DESPERTANDO A PAIXÃO 
Para se reerguer, Nell precisava da ajuda de Rick Bradford. Ele pode ter sido um bad boy no passado, mas está determinado a provar que tem o que é necessário para ser o homem dos sonhos de Nell.



NOIVA IMPOSSÍVEL - Leanne Banks
Coleção Primeiros Sucessos - Edição 60

Jenna Jean Anderson não achava que Stan Michaels era para casar. Eles se conheceram na época em que Stan era o capeta da cidade, e ela, a menina levada. Mas isso não a impediu de notar, anos depois, o sorriso malicioso ou o brilho sedutor em seus olhos… E agora que Jenna é uma mulher madura e linda, Stan não consegue tirá-la da cabeça. Ele sabe que não está mais lidando com uma princesinha de cidade pequena, porque apenas uma rainha teria o poder de fazer um homem como ele se ajoelhar!


E entre os lançamentos de maio da Harlequin, temos ainda...


SEGREDOS DA CORTE - Blythe Gifford
Harlequin Históricos - Medieval

Anne tem sido a guardiã dos segredos de sua ama há muito tempo. Mas quando lady Joan se casa com o filho do rei, a vida na corte se torna muito mais perigosa. Sir Nicholas chegou para desvendar o passado de lady Joan, e Anne precisa fazer algo para impedi-lo. Ansioso para fugir das intrigas da corte, Nicholas não esperava ser cativado pela bela Anne...


HOTEL CHATSFIELD - Michelle Conder e Chtantelle Shaw
Harlequin Paixão Sagas

APOSTA NA PAIXÃO 
Presença indispensável nas melhores festas de Londres, Cara Chatsfield não ficou surpresa quando seu pai a nomeou anfitriã do torneio de pôquer dos Chatsfield... 

SOMBRAS DE UM SEGREDO 
Nicolo Chatsfield costumava deixar um rastro de corações partidos. Mas agora vive recluso na decadente propriedade da família. Ninguém ousa se aproximar de sua alma atormentada…



UMA NOITE NO PALÁCIO - Carole Mortimer
Harlequin Paixão 

Lily Barton ficaria refém do poderoso Dmitri Scarletti até que seu irmão reaparecesse. Hipnotizada pelo sedutor conde Scarletti, ela terá apenas uma noite para realizar seus desejos.


VOZ DO CORAÇÃO - Chantelle Shaw
Harlequin Paixão

A atriz Mina Hart não tinha ideia de como sua vida iria mudar após conhecer o sedutor Aksel. Após uma noite impulsiva, ela descobre que ele é um príncipe!



ATRAÇÃO - Vicki Lewis Thompson

Após escapar de um noivado desastroso, a fotógrafa Dominique foi ao Wyoming para se redescobrir. E seduzir um cowboy musculoso e suado é uma ótima maneira de explorar sua sensualidade! Nick Chance não é exatamente quem Dominique pensa ser, mas ele não irá contrariar a dama...



Você também pode conferir esses e outros lançamentos de maio da Harlequin clicando AQUI

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Em abril...



- Mil e Uma Noites... Uma novela da qual eu já tinha ouvido falar e que havia conquistado o coração de milhares de pessoas nos países em que foi exibida e que, desde março, está sendo exibida aqui no Brasil, pela Band. O título por si só já chamaria minha atenção, mas após ver alguns vídeos no youtube finalmente tomei coragem para começar a vê-la... E posso dizer que apaixonada é pouco! Essa novela arrebatou meu coração e tem preenchido cada um dos meus dias desde a semana passada!rsrs... Não me canso de assisti-la, quero sempre largar tudo para passar horas e horas grudada à TV, suspirando e suspirando por essa história de amor tão linda e preciosa. Uma história que começa da pior maneira, mas que conquista nosso coração quando percebemos que o que une Onur e Sherazade é muito mais do que qualquer coisa física... é um amor intenso que leva o Onur a fazer algo terrível apenas para estar com a mulher que invadia cada segundo da sua vida, que estava sempre em seus pensamentos não importando o quanto ele tentasse resistir. Sherazade ganha nosso coração assim que a conhecemos. Porque não há forma de não amarmos uma mãe capaz de tudo para salvar a vida do seu filho. Uma guerreira que perdeu o marido num trágico acidente e que desde então teve que seguir sozinha, engolindo as lágrimas e batalhando para criar seu filho e que, de repente, se vê diante da notícia de que sua pequeno filho está morrendo... e que a única forma de salvá-lo vai lhe custar um preço alto demais. Algo que ela não hesitaria em pagar... Ela simplesmente me encantou! Chorei com ela, pude sentir a sua dor daqui e vocês não fazem nem ideia do quanto eu odiei o Onur. Me perguntei... Como um homem é capaz de descer tão baixo? Como essa cópia mal feita de mocinho pode arrebatar o coração das fãs?! Mas... conforme fui conhecendo-o mais profundamente, percebi.rsrs... Descobri que ele era muito mais do que o homem que cometeu aquele erro imperdoável. Que ele era alguém que temia o amor, mas que estava disposto a aprender a amar para poder recuperar a mulher que ele deixou escapar de suas mãos. A sua Sherazade. A única capaz de tirá-lo da solidão que era sua vida e fazê-lo realmente começar a viver. O Onur que conhecemos depois que ele decide lutar pela Sherazade... é um mocinho simplesmente apaixonante! Alguém que por mais que eu tentasse não amar, já possuía meu coração. Suspiros... Amo essa novela!!!!! Sou perdidamente louca por ela! Em abril consegui chegar ao capítulo 34 (em menos de duas semanas!!!). E hoje já cheguei ao capítulo 39. :D Estudar, comer ou dormir não são coisas tão importantes assim... Entre dormir e assistir minha novela, fico com a segunda opção.kkkkkkkk... 





- Lo Que La Vida me Robó é outra novela que me mantém presa, que me faz esquecer do mundo. É uma história que me encantou antes mesmo de eu começar a vê-la e que, depois de quatro meses sem assistir um só capítulo, pude voltar a ver no mês passado. Ela atingiu sua fase mais dolorosa e confesso que tenho assistido cada capítulo em lágrimas.kkkkkk... Nunca a esquecerei. Me emocionou, bagunçou cada uma das minhas emoções... me levou ao céu e ao inferno diversas vezes... Me fez amá-la e odiá-la na mesma proporção e por isso... não dá para esquecê-la.rsrs... É a novela da minha vida. Sempre terá um lugar muito especial em meu coração. 





- Depois de tantos e tantos meses de espera, finalmente voltei acompanhar Claire e Jamie na série de TV Outlander! Uma série que ganhou totalmente o meu coração e que conseguiu ser digna dos livros, que tem todo o cuidado de manter-se o mais fiel possível aos livros que lhe deram origem. E nos apaixonar mais e mais a cada episódio! Amo estar com meu casal querido nos livros e nem dá para expressar o quanto é maravilhoso poder vê-los, sabe. E não apenas usar minha imaginação durante a leitura. Posso ver suas emoções, seus sorrisos e lágrimas... todo o amor que os une. Um amor tão forte que os levaria tanto a matar quanto morrer um pelo outro. É uma série que já marcou a minha vida. 




- Once Upon a Time é uma série para a qual eu dei uma chance por se tratar de algo inspirado nos nossos eternos contos de fadas, que tanto amo até os dias de hoje. E confesso que não me arrependi. Cada temporada é melhor do que a outra. Sempre que começo a assistir, é impossível parar!rsrs... Não me canso de acompanhar as reviravoltas das histórias de Branca de Neve, seu príncipe e sua filha Emma; Regina, a Rainha Má que acabamos por descobrir que não é tão má assim; Bela e a Fera que só ela consegue tocar com seu amor, e tantos outros personagens de contos inesquecíveis. Nessa quarta temporada, conhecemos a história das duas irmãs Elza e Ana, de Frozen: Uma Aventura Congelante! :) E se adorei o filme, posso dizer que me encanta ainda mais conhecer melhor cada uma delas e a história de suas vidas na série. 



- Meu Passado me Condena foi o único filme que consegui assistir em abril... E embora não tenha sido uma total perda de tempo, não me agradou muito.rs É divertido, leve, docinho, mas só isso. Não tem nada além. Nada que o torne especial de alguma forma. É apenas um filme divertido. Porém...  já vi comédias bem melhores...


- A música que não saiu da minha cabeça foi Eu Só Queria Te Amar, tema de abertura da novela Mil e Uma Noites e também da história de amor entre Onur e Sherazade. Uma música totalmente digna da novela. Simplesmente perfeita! 




 O vídeo que já perdi a conta de quantas vezes vi... 





E os livros que tive a oportunidade de ler...



- Não é segredo para ninguém que sou louca pelos livros da Lynne Graham e assim que a série Noivas Desafiadoras foi lançada, eu fiquei desesperada para lê-la. E posso dizer que não me arrependi. Embora o segundo livro não tenha me agradado muito, todos os outros são deliciosos! Valeu a pena cada momento que dediquei a lê-los. :) 

"- Preciso que fique - murmurou ele, rouco. - Não posso deixá-la ir. Preciso de você."

" - Eu a amo - murmurou Bastian com uma intensidade tocante. Os olhos dourado-escuros cravados nos dela. - E finalmente entendi o quanto este sentimento pode enriquecer minha vida."



- Mas é claro que o mês não poderia terminar sem que eu me decepcionasse com alguma coisa.rsrs E Lua de Mel foi a minha grande decepção. Um livro do qual eu esperava muito e que me deixou um gosto amargo na boca... Só que depois de conhecer Mil e Uma Noites, eu mal me lembrava que tinha lido esse livro. :D

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Lua de Mel - James Patterson (e Howard Roughan)

(Título Original: Honeymoon
Tradutora: Cássia Zanon
Editora: Arqueiro
Edição de: 2013)

Uma vida que parece um conto de fadas

Linda, sexy e bem-sucedida, Nora Sinclair é desejada pelos homens e invejada pelas mulheres. E sua vida tem tudo para ficar mais perfeita quando seu namorado, o atraente e rico Connor Brown, pede sua mão em casamento. Mas o que para muitos seria o começo do "felizes para sempre", para Nora é a contagem regressiva para "até que a morte os separe."

Uma sucessão de acontecimentos misteriosos

Coisas muito estranhas ocorrem às pessoas próximas a Nora, principalmente aos homens que entram em sua vida. E isso acaba despertando o interesse do FBI. Sarcástico, malicioso e implacável, o agente John O'Hara é esperto o suficiente para saber que belas fachadas podem esconder grandes perigos. Se há algo de errado com Nora, ele é o homem certo para descobrir. 

Um detetive dividido entre a justiça e a obsessão

Mas a primeira coisa que O'Hara vai aprender é que Nora não seduz os homens, simplesmente. Ela os domina. Quanto mais tempo o agente passa perto dela, mais confuso se sente, até já não ter certeza se ainda está em busca da verdade ou se virou prisioneiro de uma atração que pode ser fatal. 


Palavras de uma leitora...



"Então me dou conta de que talvez nunca venha a saber o que me matou nesta noite. Mas sei com certeza quem foi."

- Nora Sinclair é uma mulher deslumbrante. E fatal. Em todos os sentidos. Sua sensualidade, bom humor e amor à vida atraem os homens como ímãs. Mas por trás de seu rostinho lindo e de toda sua paixão existe uma assassina fria. E cruel. Qualquer homem que cruze seu caminho e desperte seu interesse pode considerar-se com os dias contados. 

"As coisas nem sempre são o que parecem."

- Para Nora, tudo estava indo bem. Perfeito. Connor Brown, seu namorado há vários meses, alguém que a divertia e encantava, tornando cada momento melhor que o outro... a havia pedido em casamento. Mas, para sua profunda, e aparente, tristeza, ele morre uma semana depois de ficarem noivos. Vítima de uma parada cardíaca.

Inconsolável, ela provoca a simpatia e compaixão de todos. Ou quase todos. Como noiva de um milionário, ela não levava nada. Portanto, seria a última pessoa a querê-lo morto. Certo? Mas nem tudo é o que parece...

E, de repente, o azar que Nora tem com os homens desperta o interesse do FBI. E de alguém mais...

A partir daí um jogo bastante perigoso tem início. No qual só haverá um ganhador. Mas... quem

Com o tempo aprendemos que toda escolha provoca uma consequência. E que... não existe crime perfeito.

- Sabe quando uma história te ganha pela capa? Foi exatamente o que se passou quando vi Lua de Mel pela primeira vez. Não que a capa possa ser considerada bonita, mas me atraiu. E após ler as primeiras páginas, tive a certeza: precisava desesperadamente desta história. Adquiri o livro em 2013 e fiquei aguardando o momento certo para lê-lo, pegando o livro diversas vezes em minhas mãos e resistindo à vontade quase incontrolável de mergulhar em suas páginas. 

Portanto, não poderia estar mais eufórica quando finalmente pude iniciar a leitura. E minha decepção também não poderia ser maior. 

- Foi por essa... história que eu tanto esperei?! Não que seja ruim, porém é tudo o que eu definitivamente não esperava. 

É um livro que consegue nos prender até a última página. Não queremos abandoná-lo de modo algum.. Quanto mais lemos mais queremos ler. Os autores criaram um bom mistério, pois embora saibamos desde o princípio que Nora é uma serial killer, existe muita coisa que não sabemos. E é exatamente aí que está a atração do livro, é isso que nos faz seguir em frente: queremos saber o que tornou Nora a maluca que ela é. Qual foi o seu passado, quem é esse misterioso Turista e qual ligação pode haver entre ele, uma mala e Nora. 

- Não podemos negar que temos ainda muita curiosidade em saber quem venceria no final. Nora, o agente do FBI que se vê preso em suas teias... Ou quem sabe aquela misteriosa outra pessoa?

Só que logo somos capazes de prever o final. E nos perguntamos de que realmente valeu o tempo que dedicamos a esta leitura. Ao menos, foi isso o que eu me perguntei.

- Como eu disse, o livro não chega a ser ruim. Ele consegue ser envolvente, até. Mas os autores se ocuparam tanto criando uma história convincente e um mistério que nos prendesse, que acabaram por esquecer totalmente de desenvolver seus personagens. Sobretudo Nora e John O'Hara. Algo que não dá para simplesmente deixar passar. E além disso, criaram expectativas que não foram capazes de satisfazer. E, para completar tudo, o final foi todo o anticlímax que faltava! Por que... o que diabos foi aquilo?!

- Em resumo, posso dizer que senti uma total ausência de emoção e personalidade nos personagens. O livro, apesar de apelar para minha curiosidade e me envolver por conta disso, em quase todos os momentos não passou de "palavras escritas." Carentes de tudo aquilo que realmente torna um livro maravilhoso.

- Todos os personagens são superficiais. Eu até poderia perdoar algo assim nos coadjuvantes, mas nos principais?! Vai além do que eu aceitaria. Só pude lamentar por tudo que a história poderia ser e não foi. A trama tinha enorme potencial, mas acabou fazendo de tudo apenas para me decepcionar. 

- Enfim... Dou 3 estrelas ao livro. Porque, para mim, é apenas isso. Um bom livro. Nada mais. 

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Desafiando o Destino - Lynne Graham

(Título original: Challenging Dante
Tradutora: Tina Jeronymo
Editora: Harlequin
Edição de: março de 2015)

Noivas Desafiadoras 4/4


Uma mulher em busca da verdade...

Desconfiado da nova acompanhante de sua mãe, o ardiloso bilionário Dante Leonetti está determinado a expulsar aquela intrusa de seu castelo. Afinal, o que uma mulher jovem, linda e inteligente iria querer de sua família além de um pedaço da fortuna? 

A busca de Topaz Marshall por seu pai a levara até Dante. Agora, ela está presenciando a reputação feroz dos Leonetti em primeira mão. Sabendo que ele a julga uma aproveitadora, fica chocada ao virar o foco do charme lendário de Dante. Ele planeja seduzi-la até conseguir arrancar a verdade de seus lábios, e Topaz fará de tudo para resistir aos encantos desse italiano implacável..


Palavras de uma leitora...


" Acredito que criamos a nossa própria sorte."

- Tudo que ela mais queria em sua vida era a verdade... Por esse motivo, largara sua vida em Londres e viajara à Itália para conhecer um pai que nem sequer sabia que ela existia. Só que nada poderia tê-la preparado para o que encontraria naquele país... um homem que não preenchia a sua lista de exigências, que passava há quilômetros de distâncias do homem ideal, mas que ainda assim era capaz de enlouquecê-la como ninguém. E o que ela não deixava de se perguntar era por quanto tempo seria capaz de resistir à tentação. Entregar-se a Dante seria como visitar o paraíso apenas para ir em queda livre para o inferno. Ela só se perguntava se a condenação valeria a pena...

"-Trabalho para sua mãe, não para você. Não tenho que fazer nada do que me diz."

- Topaz não poderia reclamar de sua vida. Pelo menos, não o tempo inteiro. Diferente das irmãs, tivera uma infância feliz e segura, que contribuíra para torná-la a pessoa independente e descontraída que era. Que sabia o que queria e não aceitaria menos da vida. Sua irmã mais velha assumiu a responsabilidade por ela quando Topsy tinha apenas seis anos e a livrou dos traumas que as outras carregavam. Embora tenha sofrido bullying na escola por causa de sua inteligência acima do normal, o amor de Kat fez com a irmã a colocasse num colégio apropriado, onde tais problemas não se repetissem e Topsy pudesse ter todas as oportunidades para ser exatamente o que quisesse. Agora aos 24 anos, já conquistara um doutorado em matemática avançada e tinha todas as portas abertas para seguir a carreira de sucesso que sempre desejou. Mas sabia que lhe faltava algo. E precisava fazer aquela pausa em sua vida para ir em busca de uma parte de si que jamais tivera a oportunidade de ter. 

Ela viaja à Itália, inventando desculpas às irmãs, e consegue um trabalho como secretária na propriedade em que seu possível pai vivia, com a recente esposa. A felicidade do casal da mesma forma que contagia Topsy a deixa insegura sobre revelar sua verdadeira identidade, já que tudo que ela menos queria era causar o sofrimento de um pai que nunca sequer soube que tinha uma filha e que, portanto, não podia ser culpado pelo vazio que ela sentia dentro de si. Mas a necessidade de conhecê-lo mais a faz permanecer na propriedade até... que seu caminho acaba cruzando com o de Dante. O fruto proibido. O homem que poderia fazê-la esquecer o que era pensar e se entregar a um relacionamento que poderia magoá-la como nada nesta vida. Ela não queria aquele homem em sua vida, por mais charmoso e irresistível que ele fosse, e lutaria com todas as suas forças para mandá-lo ao inferno. 

Só que ela não poderia contar com o fato de Dante de modo algum aceitar um "não" como resposta... e ser tão teimoso e determinado quanto ela. Nesse duelo de vontades... Quem seria mais forte? 

"- Deixe-me fazer amor com você. 
 - Não use palavras que não são sinceras. Não seria 'fazer amor', seria sexo sujo! - retrucou Topsy sem rodeios. - E valho mais que isso!"

- Eu não deveria mais me surpreender, certo? Desde o primeiro livro pude perceber que esta série da LG conseguiria entrar para a minha lista de preferidas! Tirando o livro dois, todos os outros são lindos, apaixonantes e nos deixam com aquele "gostinho de quero mais", aquela necessidade de que os livros tenham mais páginas e que a história, de preferência, não termine de modo algum!rsrsrsrs... Mas ainda assim a autora conseguiu me surpreender. Porque criou uma mocinha que, na minha opinião, é bem diferente das outras mocinhas da autora. Quando quer a LG consegue criar mocinhas independentes, que sabem o que querem e não permitem que o mocinho sapateie em cima delas. Mas a Topsy vai além disso. Ela é toda única, dona de uma personalidade marcante, capaz de colocar o mocinho em seu devido lugar e mesmo sofrendo, manter a dignidade e saber que realmente não merece qualquer coisa. Que não merece ser magoada e nem pisada só porque o mocinho é tão sensível quanto uma porta. Ela vai atrás do que quer e não permite que a manipulem ou que os sentimentos que começam a invadi-la a façam se esquecer de quem é. O Dante é que tem que dançar ao som da música dela e não o contrário. Por mais que ele lute para derrubar as defesas dela e fazer seu joguinho, a Topsy não lhe dá tal chance. Isso para mim foi... não tenho nem palavras!kkkkkkk... É por isso que amo tanto essa autora!rsrsrs...

" - Então diga 'não' agora - avisou-a Dante.
  - Não... - respondeu ela com firmeza.
  - Mais alto e com maior convicção. 
  - Não, Dante, não! - gritou Topsy furiosamente, desejando que ele aprendesse o que era levar um 'não' como resposta."

- Se existia uma mulher capaz de desconcertá-lo e atraí-lo apesar de sua evidente rejeição, essa mulher era Topsy. E ele não estava gostando nada da experiência. Como ela podia ser capaz de dizer "não" ao que sentiam? Como se atrevia a contrariá-lo, insultá-lo e irritá-lo daquela forma? Estava acostumado a ter as mulheres fazendo todas as suas vontades e ver-se de repente atraído por uma que fazia todo o contrário era frustrante e o fazia ansiar cada vez mais por fazê-la sentir a mesma loucura que começara a tomar conta dele... 

"- Você simplesmente não escuta, não é mesmo? - replicou Topsy com impaciência."

- Ao iniciar a leitura e conhecer o Dante, eu antipatizei com ele à primeira vista. Ele conseguiu me enfurecer já na segunda página quando se referiu a uma de suas amantes como "sua atual garota". O termo me pareceu tão ofensivo que eu me convenci de que terminaria a leitura detestando-o. E ele não fez nada para melhorar minha opinião conforme ia formando "pré-conceitos" acerca da mocinha, dando por certo a imagem que tinha dela e não estando disposto a ouvir nada que tirasse aquela visão de sua mente. Eu senti uma vontade tão intensa de quebrar algo em sua cabeça que vocês nem imaginam. Confesso que as aparências podiam enganar qualquer pessoa. Ele foi até a propriedade onde sua mãe estava vivendo com o marido porque um amigo dele levou até ele uma preocupação sobre o que estava se passando no local. Sua mãe, que até então era uma mulher cheia de vida e muito dedicada às obras de caridade, mal saía da propriedade enquanto sua atual secretária ia de um lado para o outro com seu marido. Tal fato começara a fazer com que os boatos circulassem e nosso querido mocinho, que considerara o padrasto um interesseiro desde o início, sequer hesitou antes de saber o que se passava. Sim! Porque ele já sabia. Era o que ele acreditava e ponto final. Quando se aproximou da Topsy tudo que ele quis foi seduzi-la para tirá-la do caminho de seu padrasto. Não parando para pensar nem por um segundo que poderia estar enganado e que colocá-la naquele jogo acabaria por feri-la. 

"- Vai sentir minha falta - disse-lhe rouco contra os lábios cheios. - E eu vou sentir a sua.
 - Mas sobreviveremos, certo? 
 - Para uma mulher que quer um homem romântico, esse foi um comentário sem um pingo de romantismo. - Ele tinha um brilho bem-humorado no olhar. - Você trouxe a diversão de volta à minha vida, cara mia."

- Mas, da mesma forma que as defesas dos dois vão caindo conforme se conhecem, o mesmo se passa com a gente. O Dante realmente é insensível. E cretino. E arrogante. E diversas outras coisas nada agradáveis.rsrsrs... Além de ser muito possessivo, ciumento e temperamental. Só que a maneira como a mocinha vai envolvendo-o nos permite conhecer um outro lado dele. Aquele lado que ele gostaria de manter oculto. O lado que se importava com ela. Que gostava de fazê-la rir e que se divertia com sua resistência e seus ataques de fúria. O lado que não suportava vê-la perto de outro homem e que queria ser o mais importante em sua vida... que desejava que ela fizesse dele sua prioridade, seu mundo. O homem que não se encaixava em sua lista de exigências, mas que gostaria de ser exatamente o que ela precisava. Quando o Dante começa a nos mostrar que não é assim tão péssimo mocinho, abre-se um espaço em nosso coração para ele e passamos a torcer para que as coisas entre ele e a Topsy deem certo. Que eles encontrem um no outro o que procuram. O que precisam

- Nesta história, conseguimos sentir o envolvimento do casal. O que de início não passa de uma atração física da qual ela quer lutar, e o mocinho, se entregar, com o convívio vai se tornando algo mais. Há aqui a oportunidade para que eles se conheçam antes de se deixar levar pelo que sentem. Como temos uma mocinha que sabe impor limites e reconhecer o seu valor, não se permitindo ser humilhada e nem ser apenas um corpo que o mocinho usaria e depois descartaria, ele precisa correr atrás e mostrar que vale a pena ter algo entre os dois. E não importa o quanto ele demore para admitir o que realmente sente, porque nós leitoras percebemos tudo antes dele. Sabemos que o que existe entre os dois é real e que no momento em que ele deixasse de ser idiota, poderia ter exatamente a vida que sempre desejou e que não se permitia encontrar. 

- Enfim... A história é maravilhosa, lindíssima! E se tornou a minha preferida da série! Na minha opinião, encerrou a série de maneira marcante, já conquistando um lugar entre os melhores do ano. Sim. Ainda estamos longe do fim de 2015 e eu já sei que esta história estará entre as melhores. Porque coloriu o meu dia. Me encantou, me apaixonou, fez com que eu largasse tudo para me dedicar de corpo e alma ao livro. Eu realmente abandonei tudo para estar com a história, até mesmo almocei depois das quatro da tarde porque não suportava a ideia de deixar o livro de lado sequer para isso!kkkkkk... Desde quando um livro da LG não faz isso comigo? Suspiros... Mesmo tendo amado com todo o meu coração o primeiro e o terceiro livro da série, foi somente este que fez eu me esquecer da vida.rsrs

"A vida que eu conhecia terminou no dia em que vi você pela primeira vez, amata mia"

- Nós ainda temos o prazer de reencontrar os casais dos livros anteriores, e a Kat e o Mikhail têm um papel relevante nesta história. A Kat continua sendo exatamente aquela mocinha que conquistou meu coração no primeiro livro. Alguém que eu admiro muito por tudo que fez pelas irmãs e que vê na Topsy uma filha, agindo exatamente como uma mãe. Contagiado pela relação que existe entre as duas, o Mikhail acaba agindo como um pai também!kkkkkkk... O que, de modo algum, a Topsy poderia lhe agradecer!rsrs... Senti imensa pena da mocinha nesses momentos!rsrs

- Recomendo a história?! Sem pensar duas vezes, sem sequer hesitar! O livro não merece 5 estrelas. Claro que não! Merece muito mais! Mil estrelas ainda seria pouco. Quero muito que a LG continue escrevendo histórias como esta. Ao conhecer a história do Dante e da Topsy, ela conseguiu me mostrar que realmente vale a pena eu seguir apostando nela. Sempre acreditando que ela tem a capacidade de me surpreender. De criar histórias apaixonantes. Não são só os antigos livros da autora que merecem ser lidos. Os novos, que sigam o estilo de Desafiando o Destino, também merecem. :)

Série Noivas Desafiadoras

Amante Seduzida 
O Direito do Sheik
Imagem Real
Desafiando o Destino