O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

domingo, 25 de abril de 2010

Laços de Vingança - Lynne Graham



"Eu pagarei o preço. Vou me casar com você."

As palavras de Alex Terzakis tiraram o fôlego de Sarah: casamento era a última coisa em que estava pensando! Quando fizera a proposta a Alex, só pretendia duas coisas: vingar a morte da irmã mais nova e criar o sobrinho. Era evidente que Alex lutaria com unhas e dentes para ficar com o bebê, mas, tomada pelo ódio e pela dor, Sarah acreditara que sua exigência o faria fugir assustado. Jamais havia imaginado que ele pudesse aceitar!


Palavras de uma leitora...

O que você faria se alguém causasse a morte de sua irmã, a jovem que você criou como se fosse sua filha desde a morte de seus pais? A jovem por quem você desistiu do seu próprio futuro pra lhe proporcionar uma vida melhor e um futuro assegurado? A jovem por quem você sofreu humilhações, foi garçonete e empregada? Creio que iria querer vingança... E foi o que aconteceu com Sarah.


Sua irmã Callie era uma bela jovem de dezoito anos. Estava na faculdade e tinha todo um futuro pela frente. Mas esse futuro se perdeu no dia em que ela conheceu Damon Terzakis. Esse cara arruinou a vida de sua pobre irmã. Prometeu se casar com ela, mas a abandonou logo depois que soube que Callie esperava um filho dele. Callie sofreu muito e dia e noite esperava que Damon retornasse. Não perdia a esperança e seu coração literalmente sofreu por causa dessa decepção. Sofreu um infarto e morreu logo após dar à luz. Deu sua vida pela do filho... E logo após sua morte, Alex Terzakis, irmão de Damon, decidi que Nicky vai morar na Grécia com Damon e sua esposa! Isso era mais do que um ultraje! Deus, como ela poderia permitir que o filho por quem sua irmã deu a vida fosse ser criado por outra mulher, uma mulher que estava casada com o amor da vida de sua irmã?! Não! Alex, Damon nem ninguém tinha direito a criança. Além do mais, a lei estava do lado dela e Alex não tinha nenhum poder sobre a criança. Mas ela queria vingança e a teria, nem que para isso precisasse se casar com Alex Terzakis!


Alex Terzakis não queria que nenhum escândalo caísse sobre sua família e afetasse a pobre Androula, a mulher traída de seu irmão. Que teve que suportar a traição do marido e ainda saber que essa traição gerou uma criança. E ele acreditava que Sarah era tão vadia quanto a irmã e que só estava interessada no dinheiro dele. Mas ela era bela, apesar de esconder essa beleza, e se o preço que tivesse que pagar para ter seu sobrinho e evitar um escândalo era se casar com ela, o pagaria, mas tiraria vantagem desse acordo...


Alex e Sarah estão envolvidos numa teia de mentiras e eles descobrem que não conheciam realmente seus irmãos, mas descobrem algo mais juntos: estão apaixonados um pelo outro.


É possível resgatar um relacionamento gerado pela vingança? É possível esquecer as mentiras e traições e salvar esse amor? Mas quem terá que ceder?


Descubra lendo a história!

3 comentários:

k-rol disse...

eua mo as histórias da lynne! esse romance eu nuna ca tinha visto na vida!ainda bem que existe seu blog! lá vai eu atras dele!

Beatriz Solano Pinzon disse...

Ainda bem que as opiniões são bem variadas, pois eu estou no time daquelas que detestaram o pseudo romance! Nos primeiros quatro capítulos foi bem interessante o enfrentamento dos dois, e aí você pensa que vai ser maravilhoso o amor do casal, porém daí em diante decepção total... Alex um tremendo babaca, um cara que foi desprezível do início ao fim do livro. Seu comportamento asqueroso após o casamento, suas atitudes mesquinhas e preconceituosas, suas infidelidades e humilhações públicas com a esposa, e, ainda, tem a cara de pau de reclamar que a esposa tinha que estabelecer padrões para que ele se sentisse um homem casado? Cara ridículo, por acaso ele era um garotinho inocente que não sabia que o que estava fazendo era errado, mas conhecido como traição? Ainda mais que ele teve um exemplo vivo dentro de casa, ou seja, o seu próprio pai que teve várias amantes, trazendo sofrimento à família! Na boa, perdi meu tempo!

Luna disse...

Olá, Beatriz!

Dá para sentir daqui a sua raiva pelo livro! Eu também fico assim muitas vezes com os supostos mocinhos da Lynne Graham. Ela sabe como criar verdadeiros canalhas. Mas não lembro muito desta história. Lembro que passei raiva, mas gostei do livro. Só não consigo lembrar exatamente de tudo que senti e nesta resenha não dei minha opinião, infelizmente.

Mas imagino que se eu lesse o livro novamente, sentiria a mesma coisa que você está sentindo. Sei bem como são certos mocinhos da autora. Como eles são miseráveis indignos das mocinhas! E muitas delas são grandes retardadas.

Realmente é cada desculpa idiota que esses mocinhos dão para justificar suas atitudes que dá vontade de esganá-los! E sempre culpam as mocinhas por tudo. É muito difícil ver tudo o que eles aprontam e depois acreditar no amor deles.

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.