O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

sábado, 10 de julho de 2010

Selinho Livro Eterno


Mais uma vez a Leu não se esqueceu de mim. Obrigada, miga! Seu blog também é eterno.

Esse selinho vem com três regrinhas:

1) Responda as perguntas.

2) Escolha no mínimo 3 blog's para participar da brincadeira.

3) Dizer que a brincadeira começou com o blog Eternos Romances




Perguntas:


1) Um romance que considera ETERNO.

Resposta: Embora a saga Crepúsculo seja o que considero como meu romance eterno, não é o romance que escolhi... Para responder a essa pergunta escolhi o livro O Dário da Nossa Paixão - Nicholas Sparks.



2) Por que o considera ETERNO?

Resposta: Porque mexeu muito comigo. O amor que supera as diferenças de classe social e até o tempo é muito emocionante e provoca lágrimas no leitor. Allie e Noah se amaram na juventude, ficaram quatorze anos afastados e ao se reencontrarem ainda percebem que se amam. Vivem um dia de cada vez e não deixam que nenhuma mágoa ou pergunta estrague o que tem juntos.

Palavras escritas de Noah para Allie podem explicar um pouco minha paixão por essa história:

"Queridíssima Allie

Não sei mais o que dizer excepto que não pude dormir na noite passada porque sabia que tudo acabou entre nós. É um sentimento diferente para mim, algo que nunca esperei, mas, olhando para trás, suponho que não poderia ter acabado de outra maneira. Tu e eu éramos diferentes. Viemos de mundos diferentes, e, no entanto, foste tu quem me ensinou o valor do amor. Mostraste-me o que era gostar de outra pessoa, e sou um homem melhor por causa disso. Quero que nunca o esqueças. Não me sinto amargo pelo que aconteceu. Pelo contrário. Estou seguro no conhecimento de que o que nós tivemos foi real, e fico feliz por nos ter sido possível estar juntos mesmo por um breve período de tempo. E se, nalgum lugar distante do futuro, nos virmos um ao outro nas nossas vidas, sorrirei para ti com alegria, e recordarei como passámos um Verão debaixo das árvores, aprendendo um do outro e crescendo em amor. E talvez, por um breve momento, tu também o sintas, e sorrias também, e saboreies as memórias que sempre partilharemos.
Amo-te, Allie.
Noah"

""Amo-te Allie. Sou quem sou por causa de ti. Tu és todas as razÕes, todas as esperanças, e todos os sonhos que sempre tive, e o que quer que nos aconteça no futuro, cada dia em que estamos juntos é o melhor dia da minha vida. Serei sempre teu. E, minha querida, serás sempre minha.
Noah".

3) Uma cena ETERNA do livro.


É a cena do fim. Quando ela se lembra dele e os dois morrem juntos...

Sinto a maravilha, sinto o terror, como um compositor a descobrir pela primeira vez as obras de Mozart. Ela mexe-se e abre os olhos, encolhendo-se docemente, e de súbito lamento a minha loucura, porque sei que irá começar a chorar e a gritar, porque é isso que sempre faz. Sou impulsivo e fraco, eu sei, mas sinto um forte impulso para tentar o impossível e inclino-me para ela, as nossas faces ficando mais próximas. E quando os lábios dela encontram os meus, sinto um formigueiro estranho como nunca antes senti, em todos os nossos anos juntos, mas não me afasto. E subitamente, um milagre, porque sinto a boca dela aberta e descubro um paraíso esquecido, imutável durante todo este tempo, sem idade como as estrelas. Sinto o calor do corpo dela, quando as nossas línguas se encontram, e permito deixar-me escorregar, como o fazia há tantos anos. Fecho os olhos e torno-me num poderoso navio em águas agitadas, forte e destemido, e ela é a minha vela. Suavemente desenho-lhe o contorno da face, depois pego a mão dela na minha. Beijo-lhe os lábios, as faces, e fico a ouvir enquanto ela murmura docemente, "Oh, Noah... Senti a tua falta." Outro milagre - o maior de todos! - e não há maneira de suster as lágrimas quando começamos a escorregar para o próprio céu. Porque, nesse momento, o mundo está cheio de maravilha enquanto sinto os dedos dela procurarem os botões da minha camisa e devagar, tão devagar, ela começa a desabotoá-los um a um.

4) Sinopse do livro.


" Todas as manhãs ele lê para ela, de um caderno desbotado pelo tempo, uma história de amor que ela não recorda nem compreende. Um ritual que se repete diariamente no lar de idosos onde ambos vivem agora. Pouco a pouco, ela deixa-se envolver pela magia da presença dele, do que ele lhe lê, pela ternura dele... E o milagre acontece. A paixão renasce, transpõe o abismo do tempo, o abismo da memória, e por instantes ela volta para ele... Apesar da doença. Mas haverá mais.

5) Tem ebook?

O DIÁRIO DA NOSSA PAIXÃO


Gostaria de saber qual é o romance ETERNO de:

1 comentários:

Lilith disse...

Obrigada luna pelo selinho! Bjs

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.