O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Conquista/Uma Mulher Independente - Candace Camp


1º Livro da série Women and Men (Homens e Mulheres)

2º Livro da série Amores Ousados

Juliana crescera em um lar sem amor nem compaixão. Apenas uma pessoa a tratava com carinho: Nicholas Barre, um menino órfão, porém herdeiro de uma vasta herança. Ele também sofria nas mãos de suas guardiãs, mas logo partiu em busca de novos caminhos. Forçada a trabalhar como dama de companhia, Juliana teme jamais desfrutar de sua juventude e encontrar o amor de sua vida... até reencontrar Nicholas em um baile, agora um homem rico e com um título de nobreza. E mais lindo do que nunca...

Muito requisitado pela sociedade londrina, Nick desafia todos os costumes ao reatar sua amizade com Juliana, de uma maneira mais forte e envolvente do que antes. Mas ela não é perdoada por ser a preferida dele, e logo se vê em apuros ao ser expulsa da casa em que trabalha. Por isso, Nick decide recompensá-la da única maneira possível: tornando-a sua esposa.

Entretanto o casal ignora que interesses ocultos buscam destruí-los, pois alguém deseja se apoderar da fortuna de Nicholas. E está disposto a tudo para consegui-la...


Palavras de uma leitora...


OBS: O livro Conquista tbm se chama Uma Mulher Independente.

- Vai ser difícil...rsrs... Na verdade, creio que será impossível eu me decepcionar com essa autora... Amei essa história! Achei linda a forma como o amor de infância floresceu e se manteve firme apesar do que a sociedade da época pensava... E amei o Nicholas! Amei o modo como, em nenhum momento, ele tratou mal a mocinha. Eles eram totalmente opostos em tudo e principalmente, na posição social. Isso, naquela época, era um obstáculo que não podia ser ultrapassado. Mas o Nicholas não se importou. A única pessoa com quem ele se importava e amava era Juliana. Ele a queria feliz e numa posição que ela merecia e nada que a sociedade pensasse ou deixasse de pensar...lhe importava. Ele poderia ganhar o desprezo de todos desde que tivesse o amor e a confiança de Juliana. Lindo demais!

- Sei que demorei muito para fazer a resenha desse livro e peço perdão aos fãs dessa autora. Não lembro bem porque demorei...rsrs... Para quem não sabe, eu já li o primeiro livro da série Amores Ousados e o segundo da série Women and Men . Na verdade, o primeiro livro da série Amores Ousados é o segundo livro que li da autora e o segundo livro da sérieWomen and Men, o primeiro que li da autora e não me decepcionaram. Isso é óbvio, né? Senão eu não teria lido outros livros da autora....rsrs... Enfim... Mas finalmente consegui ler o livro e tenho que confessar que amei a história desse casal!

- Ok. Sei que existem fãs da autora que o classificam como bom, pois a autora já escreveu histórias melhores. É verdade. O livro Audácia, a série As Casamenteiras e a série Herdeiros Chilton, por exemplo, são ótimos livros e melhores do que esse... Mas o livro Conquista conquistou meu coração! Eu achei o livro lindo, doce, romântico... emocionante. Achei o amor do casal emocionante. E, embora esse não seja o melhor livro da autora, eu o recomendaria para todos. Até para aqueles que ainda não conhecem as obras da autora. É uma leitura fácil e deliciosa. Não acredito que alguém possa não gostar desse livro.

- Bem... Eu estou totalmente sem tempo (nenhuma novidade) e vou tentar fazer essa resenha de modo decente (risos) e que vcs possam entender a história. Ok?

Um pequeno resumo:

O mundo de Juliana desmoronou no dia que perdeu seu amado pai. Ele era tudo para ela e com a presença dele, a vida dela e da mãe era perfeita... Mas no momento que ele partiu a vida das duas virou um inferno. Foi difícil aceitar sua morte e ainda ter que lutar para não morrerem também.

A mãe de Juliana perdeu todo brilho e felicidade no momento que seu marido morreu e sua dor aumentava ao pensar que em breve, talvez, não tivesse nem o que oferecer para sua filha comer. Não tinha nenhuma qualidade profissional e mesmo que tivesse, seria difícil conseguir um emprego quando tinha uma filha pequena. E suas poucas jóias também já estavam acabando e com elas, as suas esperanças... E quando a oportunidade de dar uma vida digna e confortável à sua única filha apareceu, ela não hesitou em aceitar... Mesmo que tivesse que pagar um alto preço por tudo aquilo...

Juliana não entendeu porque sua mãe começou a chorar convulsivamente quando aquele homem apareceu na casa delas, mas saiu em socorro da mãe. Ficou furiosa ao imaginar que aquele homem queria machucar sua mãe querida. Mas sua mãe simplesmente a abraçou com força e disse que elas estavam salvas. Então por que ela chorava? Isso Juliana só irá descobrir muito mais tarde...

Juliana ficou muito nervosa e assustada ao chegar na casa da prima de sua mãe, que era casada com Trenton Barre. Todos naquela casa pareciam feitos de gelo... menos ele. Menos o menino que a tratou com arrogância e falta de educação assim que ela lhe dirigiu a palavra. Naquele momento... Naquele primeiro encontro, quando ela só tinha oito anos e ele doze, o destino dos dois se tornou um só. Eles ainda não sabiam, mas entre eles se formaria um laço impossível de ser quebrado. Nem o tempo seria capaz de destruí-lo. Pelo contrário, só o fortaleceria.

Juliana e Nicholas tiveram que unir forças para poder suportarem todas as maldades praticadas por aquela família de monstros. Na verdade, Juliana nem teria sido constantemente punida por eles se não tivesse saído sempre em socorro de Nicholas quando o maltratavam. Aquela menininha pequena e leal, nunca deixou de tentar impedi-los de machucá-lo. E, embora não conseguisse, levava comida para ele quando o deixavam trancado no quarto (depois das agressões) sem direito à refeição. Juliana se importava com ele e Nicholas passou a amá-la. Um sentimento muito puro, forte e inquebrável. Juntos conseguiram suportar o passar dos anos... Até...

...O dia que tiveram que se separar. Juliana só tinha doze anos na época e sofreu demais quando seu único amigo e amor secreto, teve que ir embora. Ela não queria que ele partisse, mas sabia que não tinha escolha. Ou ele fugia, ou acabaria morrendo vítima da maldade dos próprios parentes. Mas a dor foi muito grande e ela nunca conseguiu esquecê-lo. E passou anos acreditando que um dia ele voltaria para lhe salvar daquela prisão.

Porém os anos foram se passando... Ela foi crescendo e a esperança foi diminuindo. Ao amadurecer, perdeu todas as esperanças e deixou de acreditar que um dia Nicholas voltaria. Não acreditava mais que ele pudesse se lembrar de sua amiga de infância. E quando sua mãe faleceu, Juliana não viu mais nenhum motivo para permanecer naquela casa... Vivendo da suposta generosidade de seus parentes... E também partiu...

Mas quinze anos depois... O reencontro finalmente acontece e contra tudo que Juliana pensava, Nicholas nunca a esqueceu e estava disposto a fazer de sua amiga de infânca.... A sua mulher.

- Eu adorei a história. Já disse isso, né? rsrs... Mas eu amei mesmo. Chorei três vezes... A primeira, foi quando eles se separaram. Foi um momento muito triste e digno de lágrimas. O amor deles era tão puro e lindo... E não consegui deixar de me emocionar. Depois me emocionei quando foi revelado o sacrifício que a mãe de Juliana fez por ela. Aquele amor de mãe... tão incondicional e protetor... me tocou, sabe? Ela merecia ter sido feliz, mas só encontrou dor em seus últimos anos de vida. E sacrificou sua vida e dignidade por amor à filha.

A terceira vez foi quando eles fizeram amor. Sei lá... Achei o momento bonito. Como algo realmente cheio de amor... Simplesmente, amei essa história e esse casal. Juliana e Nicholas se mereciam. Um casal único e que guardarei no meu coração.

- Como em todo livro da Candace Camp, há um toque de mistério. E dessa vez não era o que eu esperava. A sinopse dá a entender que vão tentar matar o Nicholas por causa da fortuna, mas não é verdade. O assassinato é de uma outra pessoa. E fico contente de ter adivinhado quem era o assassino logo de início! rsrs... Mas estava óbvio, embora fosse chocante. Sabe por que estava óbvio? Porque os fatos não apontavam na direção dessa pessoa. Exatamente por, de modo algum, poder ser essa pessoa, que eu suspeitei dela. E ainda adivinhei que essa pessoa também havia matado uma outra pessoa. Só não imaginei que sua maldade também pudesse atingir alguém totalmente inocente.

- Achei a crueldade da família do Nicholas e da Juliana (é a mesma família) inaceitável. Achei bárbaro o que fizeram esse menino passar. Ele era só uma criança precisando de amor. Havia perdido os pais de forma trágica e o que recebe em troca é desprezo, ódio e agressão. Ele só não morreu porque é um livro. Em casos reais, creio que ele não teria sobrevivido, pois a "família" dele não ficaria satisfeita enquanto não o visse morto e enterrado. Foi irônico o menino maltratado e rejeitado acabar se tornando dono da herança e do título... Aqueles que um dia o maltrataram, se tornaram totalmente dependentes dele. A vida realmente dá muitas voltas...

- E foi maravilhoso a Juliana e o Nicholas regressassem ao "lar" juntos. Foi uma reviravolta fantástica. E a Juliana! Essa mocinha é das minhas favoritas! Não tem medo de falar o que pensa e defende quem ama como uma leoa. Quando ela saiu em defesa do Nicholas várias vezes eu fiquei admirada. Ela tem o meu respeito e admiração.

- Enfim... O livro é muito bom e eu recomendo. A história é bem leve, doce, romântica, sensual e tem um toque de mistério que só deixa a história melhor. Também adorei o final. Achei que terminou de foma bem romântica e linda.

O trecho da separação:

"Juliana agarrara-lhe o braço com ambas as mãos como se o pudesse reter a seu lado. O coração daquela menina de 12 anos estava partido.



— Não vá — suplicara ela. — Por favor...


— Não posso, Jules — respondera ele, franzindo o cenho — Tenho que ir. Não posso mais ficar aqui.


— Mas o que farei? — perguntara Juliana. — Será tão horrível isso aqui sem você. Mais ninguém, a não ser eles... — A última palavra foi pronunciada com desgosto.


— Você ficará bem. Conseguirá sobreviver. Eles não a machucarão.


— Eu sei — sussurrou ela, enquanto as lágrimas lhe escorriam pelas faces. Juliana sabia que ninguém jamais a ofenderia como fizeram com ele. Não haveria algemas, nem dias de prisão no quarto, como acontecera com Nick. No entanto, o pensamento de viver sem tê-lo a seu lado era melancólico e incômodo, quase insuportável.

[...]— Não posso ir também? — perguntara Juliana sem muita esperança, sabendo que a resposta seria negativa.



Ele meneou a cabeça.


— Eles com certeza viriam atrás de mim se a levasse comigo. Sozinho, talvez eu tenha uma chance de escapar.


— Você vai voltar? Por favor!


Ele sorrira então. Um daqueles sorrisos que poucos conheciam além dela.


— Claro. Ganharei montanhas de dinheiro e voltarei para levá-la comigo. Você será rica e todos a chamarão de dama. E Seraphina terá que lhe fazer reverências. O que acha disso?


— Perfeito. — O coração de Juliana ardia de amor por ele, mesmo que sua mente realista soubesse que aquele amor não tinha chance de ser correspondido. Com certeza, ele sairia de sua vida, como o pai dela havia feito.


— Não se esqueça de mim — disse ela, engolindo as lágrimas, recusando-se a agir como um bebê. Tirou a corrente que trazia em volta do pescoço e entregou-a a ele. Um pingente de ouro brilhava nela, simples e masculino.


Nicholas fitou-a, surpreso'.


— Não, Jules, isso era de seu pai. Não posso ficar com ele. Sei o quando significa para você.


— Quero que fique com ele — respondeu teimosa. -Isso o manterá em segurança.


Por fim, ele pegou o cordão da mão dela. Então com um último sorriso, desapareceu na noite, deixando-a só na escuridão do jardim.


Ela não mais o viu durante 15 anos."


Para conhecer o segundo livro da sérieWomen and Men:

 RELAÇÃO PERIGOSA

E para conhecer o primeiro livro da série Amores Ousados:
AUDÁCIA

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.