O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Ardente Desejo - Lynne Graham


Não havia escapatória!

 

Joaquim Del Castillo era tão orgulhoso quanto sua origem latino-americana, e agiu imediatamente para reparar o erro que fora cometido contra seu leal e idoso empregado: atraiu a garota que devia dinheiro ao velho senhor até a Guatemala, e ali ela ficaria até que concordasse em pagar sua dívida!

Mas havia algo de misterioso na “prisioneira” de Joaquim. Lucy deveria parecer uma sofisticada cavadora de ouro, mas parecia ser uma mulher inocente e pura. Onde estava o segredo?


Palavras de uma leitora...

- É Lynne Graham, então, já sabem o que esperar da história, né? rsrsrs... Eu adorei! Outra coisa que também não é nenhuma novidade.

- Não tenho muito o que falar da história... Há vingança, chantagem, sequestro (risos), mágoas, ódio, paixão, sensualidade (nunca falta nos livros dessa autora) e romantismo. É... Tem romantismo. Eu achei muito fofo o modo como ele disse que ela tinha que se vestir no dia do casamento de ambos. Ele queria vê-la como sua princesa, mas, como todo mocinho arrogante, inventou uma desculpa insensível para sua atitude. Outra parte que achei lindinha...rsrs... Foi quando ele a presenteou com um anjo... Sei lá... Achei meigo! E impressionante vindo de alguém que aparentemente era insensível... Tão insensível que deixou seu orgulho de lado para tentar interromper o casamento da mulher amada com outro homem...rsrs... Calma! Não era ela quem estava casando... Era sua irmã gêmea.... A irmã frívola e egoísta que provocou toda aquela confusão, mas que também fez Lucy e Joaquim se conhecerem.

- Nossa mocinha é a típica mocinha altruísta da Lynne. Faz tudo que os outros lhe pedem. Esquece da sua própria vida em benefício dos outros... Se alguém lhe pedisse que se jogasse da ponte porque só assim conseguiria ser feliz... Ela se jogaria! rsrsrs... Mas gostei dessa mocinha, apesar dela não ter nenhum amor-próprio.... Enfim... Já estou acostumada....rsrs...

- Também gostei do nosso mocinho de sangue latino... Sangue muito quente, que ofendeu a mocinha de todas as maneiras que achou necessárias, fez amor com ela e nem com a evidência na sua frente descobriu que ela era virgem... E ainda se sentiu ultrajado por desejá-la e a culpou por seu desejo...rsrs... Pelo menos ele não a acusou de engravidar de propósito. Pelo menos nesse ponto ele soube assumir suas responsabilidades. E para que eu ficasse mais encantada e ele ganhasse o meu respeito e admiração... Nosso Joaquim soube pedir desculpas e dizer "eu te amo"... rsrs...

- Mas ele não apronta muito, não. Lucy também tinha que pedir desculpas por suas mentiras (não suporto quando alguém fica enganando a outra pessoa) e isso ela soube fazer também. Errou feio e mentiu até depois que eles fizeram amor. Ela não querer prejudicar a irmã, eu tento entender... Mas ela deveria então ter sido mais forte e não ter se envolvido intimamente com ele. As coisas ficam muito piores quando há esse tipo de envolvimento. E o Joaquim errou por ter ameaçado a garota e a ter sequestrado... Tudo bem que ela foi até a Guatemala por livre e espontânea vontade, mas ele a manteve em cárcere privado. Tudo bem também que ele pensava que ela era uma golpista farsante, mas não tinha nada que se fazer de Deus. A irmã da Lucy não tinha, necessariamente, extorquido dinheiro do empregado de Joaquim. Ela pensava que o homem era rico e se tivermos que culpar alguém por esse engano, devemos culpar o falecido marido dela. Cindy não era nenhuma santa... Era egoísta  e frívola, mas não era uma má pessoa que enganaria um senhor idoso sem nenhuma consideração. Ela cometeu erros na vida, mas se arrependeu deles e estava tentando mudar. Eu simpatizei com ela também e até gostaria de ler uma história com ela como personagem principal. Mas a Lynne nunca faria isso...rsrs... Sabe por quê? As mocinhas dela são sempre santas e a Cindy já posou até nua, se envolveu com homens casados (quando tinha dezessete anos) e gostava de luxo. As mocinhas da Lyn são bem diferentes, né? Mas eu gostaria dessa pequena (grande) mudança... Não que se tornasse padrão, mas seria uma novidade...


Um pequeno resumo:

Separadas quando pequenas, Lucy e Cindy passaram a maior parte de suas vidas sem se verem e tiveram vidas totalmente diferentes...

Lucy ficou vivendo com a mãe e recebeu dela todo seu carinho e amor. Teve uma infância feliz, mas foi mantida mais como uma prisioneira, pois sua mãe tinha medo de deixá-la até respirar sozinha.  Já Cindy ficou com o pai, um homem egoísta e alcoolatra que nunca lhe deu carinho e a deixava solta pela vida...

Só quando já eram grandes, as irmãs se reencontraram e estabeleceram um laço de amor grande e inquebrável. Embora fossem muito diferentes, elas se amavam. E foi por causa desse amor que Lucy resolveu fingir ser Cindy.

Quando tinha dezessete anos, Cindy se casou com Mário Paez, mas o casamento terminou de forma trágica, pois ele morreu logo depois, vítima de um ataque cardíaco. Sozinha mais uma vez, Cindy passou a fazer loucuras... Se envolveu com homens casados por dinheiro e posou nua. Somente anos mais tarde, após conhecer uma pessoa diferente e se apaixonar, foi que ela mudou e se arrependeu da pessoa que havia sido... Mas é justamente nesse momento que a vida resolve cobrar por seus pecados.

Cindy havia recebido uma carta que lhe comunicava que seu ex-sogro estava morrendo e queria vê-la. Desesperada porque não conseguia ficar perto de pessoas doentes e porque estava de casamento marcado, ela implora para que sua irmã assuma o seu lugar.

Sensibilizada pelas súplicas da irmã e pela situação do senhor que estava morrendo, Lucy aceita se passar pela irmã e toda sua vida sofre uma drástica mudança...

Na Guatemala Lucy conhece o ódio de Joaquim Del Castillo, mas também sua paixão e fica totalmente apaixonada por ele... Só que tudo que ele quer dela é uma doce vingança e... seu corpo... O coração não entra nesse jogo... Mas quem disse que existem regras pro amor?

O amor não obedece regras e não nos permite escolher o momento que ele irá chegar... Simplesmente acontece... E às vezes é quando você menos espera... Por quanto tempo Lucy e Joaquim conseguirão resistir?


- O livro é lindo, embora um pouco estressante. Mas vale a pena ser lido. Recomendo à todos os fãs da autora e a quem gosta de uma história com mocinhos arrogantes, porém, apaixonados...



 




3 comentários:

Anônimo disse...

Afff, odeio quando eles não percebem que a mocinha é virgem. rsrsrs

Tb gosto muito da Lynne Graham. Tenho alguns dela no meu ebook reader para ler, mas não sei se coloquei esse lá. Tenho que dar uma olhada. Beijos

Carla

Luna disse...

Olá Carla!

rsrs... Esses mocinhos são meio burros às vezes...rsrs...

Bjs!

Pamela Lemos disse...

oi Luna eu de novo! como faço pra conseguir esse livro em ebook? desde jah obrigado! bjus

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.