O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Desejo Incontrolável - Michelle Reid



Marco Bellini faz parte de uma rica família e a linda Antonia Carson é sua amante. Após ser pressionado pela família para providenciar um herdeiro, e uma noiva adequada aos padrões Bellini, Marco deve escolher entre os desejos de sua família ou o amor de Antônia.

Palavras de uma leitora...

- Eu estou com sorte...rsrs... Mais um livro que leio e não posso classificar como menos do que ótimo, maravilhoso!!!! E pensar que eu quase interrompi a leitura...


- Eu fui dar uma olhada nos livros que tenho que ler da Michelle Reid e fiquei procurando um tema de casamento em crise (estou no momento em que só quero ler sobre livros com casamento em crise... um livro onde tenha muitas brigas...rsrs... Vai entender...), quero ver como o casal vai solucionar seus problemas, as brigas reais, a reconciliação real.... Algo real. Mas esse livro que escolhi não é sobre casamento. Então por que o escolhi? Curiosidade! rsrs... Eu queria saber quem ele escolheria. Mas essa é fácil, pois os livros da Michelle Reid geralmente tem final feliz, né? Isso eu sei.... Acontece que eu queria descobrir se ele a abandonava para seguir os "conselhos" dos pais e depois de um tempo eles iriam se reencontrar e ele iria querer voltar para ela, pois sua vida estava sendo um inferno... Mas a história não segue por esse caminho. Ela é simplesmente fantástica! Apesar de não ser sobre casamento, eles brigam o livro inteiro e é tudo muito intenso... Mas como se amam! Cheguei a duvidar do amor do Marco, mas tenho que admitir que esse mocinho ama a mocinha! A demonstração de amor dele no final da histoória foi incrível! O que ele fez... Não vou dizer o que foi. A única coisa que não achei necessário foi ela ter que se vestir de forma "extravagante". Issso, na minha opinião, não era necessário.

- Esse livro é meio complicado de se ler. E como a Monica disse, pode ser considerado polêmico. Há nele elementos que não estou acostumada a ver em outros livros. Logo de início a gente fica conhecendo o passado da mocinha e também podemos julgar algumas das suas atitudes de forma equivocada ou pré-conceituosa. Eu não a julguei pelo que ela optou por fazer com o próprio corpo. Tentei abrir a mente e entender. O que me tirou do sério foi uma atitude vulgar dela na festa de aniverário de casamento da Nicola e do Franco (preciso saber se existe um livro sobre esse casal.). Ela se comportou de maneira ridícula e isso me deixou muito irritada. Parecia que ela estava incentivando as pessoas a chamarem ela de vadia. Fiquei muito tentada a abandonar a história. Não duvidei do amor que ela sentia pelo Marco e tenho que admitir que ele provocou bastante nossa mocinha. A ofendia como se tivesse direito de fazer isso porque estava "pagando" por ela. Ele pedia desculpa, mas fazia tudo de novo! Do amor dele eu duvidei bastante. Foi só depois que passei a entendê-lo melhor. Mas nossa mocinha não precisava ter feito aquele papel ridículo. Se ela não queria respeitar o Marco tinha que ao menos respeitar a si própria. Mas gostei dessa mocinha. Ela necessitava de alguém que a protegesse até dela mesmo.

- O amor do Marco pela Antônia não foi à primeira vista. Ele não a conheceu pessoalmente primeiro. O que ele conheceu foi o corpo nu dela num quadro. Entenderam? O livro indica desde o início que nossa mocinha se deixava pintar totalmente despida. O livro mente ou tenta nos confundir? Não. Só que as coisas não são como aparentam ser. Mas isso é segredo e vocês terão que descobrir sozinhos... rsrs... Como eu disse, o Marco não amava a Antônia desde o início. O que ele queria dela era sexo. Nada mais. Ela servia perfeitamente para esquentar sua cama e saciar o seu corpo, mas nunca poderia ser sua esposa. Só uma mulher digna poderia ocupar esse lugar digno. Preciso dizer o quanto fiquei furiosa com isso?! Me perguntei como uma mulher pode aceitar esse tipo de relação. Uma relação na qual ela era usada e ainda por cima tinha sua imagem totalmente manchada perante todos. Quem a via dizia que ela não valia nada. Somente os amigos de verdade a tratavam bem, com respeito, como se ela fosse um ser humano e não uma "coisa". Os outros só a aceitavam como a amante do Marco, sua nova conquista. E ela reconhecia que não passava da amante dele. E ele também jogou isso na cara dela. A roupa que ela vestia, a cama na qual dormia e o que comia... Tudo era dado pelo Marco em troca de sexo. Em uma das brigas ele afirma a posição que ela ocupa na vida dele. E diz até que o presente que ele deu de aniversário era um empréstimo... O carro que ele lhe "deu" ele apenas a deixava usar... Foi um tratamento muito sem respeito, sem afeição.

"—Aquele carro é meu — ele aparteou. —Somente permito que você o use."


- Eu odiei muito o Marco. Odiei a forma como ele a ofendia mesmo que soubesse pedir desculpas depois. Suas desculpas foram superficiais já que ele logo em seguida fazia tudo de novo. Mas depois, conforme a leitura foi avançando, eu percebi as contradições... Uma hora ele a tratava como sua prostituta particular e tinha na mente que em breve a deixaria para se casar com a mulher "ideal"... Já em outros momentos ele ficava apavorado com a possibilidade de perdê-la... era como se ela fosse preciosa para ele. Seus ataques de ciúmes, seu medo das brigas, o medo que sentia do rival... O que o impedia de ser feliz ao lado dela, o que o fazia negar o amor que estava começando a sentir por ela (como disse, ele não a amava desde o início) era o pré-conceito do passado dela. O fato dela ter sido a musa de um pintor. Está aí uma polêmica, né? Nem todas as pessoas do mundo aceitam bem pessoas que posam nuas, né? O livro levanta essa questão de modo sutil. Colocou uma mocinha que fez isso no passado, como a personagem principal da história. Eu, sinceramente falando, aceitei o passado dela mesmo não gostando desse tipo de coisa. Eu a respeitei como pessoa. O que me irritou nela, como disse antes, foi a atitude dela numa festa e também o fato dela aceitar ser humilhada pelas outras pessoas e até mesmo pelo Marco. Mas acredito que muita gente vai criticar a mocinha dessa história mesmo depois que o segredo for revelado. Mas ela é minha protegida agora...rsrs... Gostei muito dessa mocinha e vou protegê-la como uma filha! Não a ofendam aqui, por favor. Os comentários são moderados e dessa vez não vou aceitar...rsrs... Desculpem, mas não. Eu respeito muito a opinião de cada um e até hoje nunca deixei de publicar um comentário, mas se ofenderem essa mocinha com palavras de baixo calão, não vou publicar.

- Bem... Vamos ao "um pequeno resumo"...


Um pequeno resumo:


Já estava até acostumada a ser ofendida. Não tinha estudos, dinheiro e nem uma boa imagem. Todos a julgavam pelo que viam no quadro Mulher no Espelho. Para eles, ela era uma mulher fácil, sem moral  e que não tinha a menor vergonha de posar nua. Quando olhavam para ela viam apenas um corpo lindo... Nada mais. Uma mulher que serviria para aproveitar... E foi através daquele quadro que ela o conheceu.

Já fazia um ano que estavam juntos e as pessoas já começavam a dizer que o relacionamento em breve chegaria ao fim. Antônia também sabia disso, mas doía. Doía muito só pensar nisso. Ela o amava e o queria para ela, embora soubesse que pessoas como Marco se casassem entre si. Marco jamais casaria com uma mulher como ela: sem estudos, dinheiro e com o passado manchado. Mas não podia se impedir de pensar em como seria bom ser a esposa de Marco. Sabia o quanto era difícil viver ao seu lado, como ele podia ser cruel ao ofendê-la, mas não se importava. As pessoas podiam dizer o que quisessem da aitude dela, mas ela o amava. Amava-o e o aceitava como ele era... E ele fazia o mesmo com ela?

Antônia e Marco se conheceram de um modo inusitado. Ambos sabiam o que significavam um para o outro desde o início e que em breve o relacionamenteo acabaria para que ele pudesse se casar com outra mulher. Mas ninguém contava com o surgimento de um amor muito forte e capaz de lutar contra qualquer coisa... Um amor capaz de acabar com o pré-conceito, vencer a mágoa e ensinar o perdão. Um amor que duraria para sempre...

Ambos irão se machucar e sofrer até perceberem que nasceram um para o outro, mas permanecerão juntos até o fim...

- Achei essa história muito bonita e a recomendo para quem gosta dos livros dessa autora. Se lerem com a mente aberta irão gostar muito desse casal. O amor deles é lindo e a prova de amor final inesperada e fantástica. O livro está entre os meus preferidos assim como o livro A Falta Que Você Faz - Michelle Reid. Adoro histórias complicadas...rsrs...

- Um livro intenso, polêmico, com pré-conceito, mágoas, ódio, paixão e amor... Como disse: intenso, mas muito lindo! Eu adorei e dei cinco estrelas, pois o livro merece. Acho que muita gente tbm vai gostar dele. Embora outras possam odiar a mocinha.


OBS: repito mais uma vez que comentários com palavras muito desagradáveis não serão aceitos. Isso não quer dizer que vcs não possam dizer que odeiam a mocinha, odeiam o livro... Nada disso! Podem dizer o que pensam desde que não a ofendam com palavreado vulgar. Isso eu não vou aceitar. Na verdade, esse tipo de coisa não aceitarei em nenhum comentário. Se quiserem xingá-la, xinguem em outro lugar ou em pensamento...rsrs... Assim é permitido...rsrs...

- Esse livro quem me indicou foi a Monica. Mais uma vez, muito obrigada, Monica!





6 comentários:

Anônimo disse...

Eu li um da Helen Brooks com esse tema (casamento em crise) e gostei muito da redenção do mocinho. Se chama "Não quero te perder!". Se quiser arriscar bota mais esse na pilha. rsrs

bjs
Carla

Luna disse...

Olá Carla!


rsrs... Já coloquei! rsrs... Acabei de ir no skoob e coloquei o livro na lista. Esse tema me fascina tanto quanto amnésia.

Mais uma vez obrigada!

Bjs!

Pamela Lemos disse...

oi luna, não tem pra baixar não? porq eu amei a historia e queria muito ler essa e a primeira. bjão e obrigado desde jah.

Luna disse...

Olá Pamela!

Te mandei um email. Dá uma olhadinha na caixa de email. Talvez tenha ido parar na caixa de spam.

A partir de hoje, o blog Emoções À Flor da Pele não vai fornecer links de livros. É por causa da perseguição aos blogs. Estou tentando salvar o meu...rsrs... Nada será enviado mais pelo "blog".

Espero que todos entendam. Vou colocar o aviso no blog depois.

Bjs!

Lucila disse...

Aiiiiiiii... como eu gosto das suas resenhas e comentários...
Como eu gosto dos livros que vc recomenda!!
beijo

Luna disse...

Gracias, Lucila! :D Você sempre me deixa muito feliz com os seus comentários! :)


Bjs!

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.