O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

domingo, 23 de outubro de 2011

O Impostor - Celeste Bradley



2º Livro da Série Liar´s Club (Clube dos Impostores)


Inglaterra, 1813


Pecadilhos de amor

Não é fácil circular pelas rodas da alta sociedade vestido como um janota, principalmente para um espião implacável. Mas é exatamente essa a missão de Dalton: fazer-se passar por sir Thorogood, o misterioso cartunista, cujas caricaturas satíricas de políticos chocam a cidade de Londres.



A verdadeira identidade de Thorogood é um mistério, e Dalton espera, ao personificá-lo, afastar a real ameaça antes que os desenhos causem mais danos à Coroa.

Ao conhecer Thorogood em um baile, Clara sabe imediatamente que ele é um impostor... pois ela é o verdadeiro cartunista. Agora, ela está empenhada em desmascarar o impostor. Porém, fingir ser outra pessoa tem o curioso efeito de levar uma mulher a fazer coisas que, em outras circunstâncias, ela nem de longe sonharia em fazer... até mesmo entregar-se aos braços de seu atraente adversário!




Palavras de uma leitora...


Me sentí amor temida al llegar a ti,
Tan perdida como el barco sin timón,
Del trabajo a casa esclava del reloj,
Sin apenas tiempo ni para el amor.

Amor, un relámpago en la oscuridad,
Amor, latigazo de electricidad,
Amor, terremoto sacudiéndome,
La noche se convierte en día junto a ti.

Corazón, corazón, yo te pido amor,
Necesito sentir vibrar mi cuerpo,
Corazón, corazón haz que otra vez
En tus brazos me vuelva a estremecer,
Haz que hierva la sangre por mis venas.

Corazón, corazón necesito amor
Llévame a las estrellas, llévame.

Esperaba como la nieve el sol de abril,
Esperaba que vinieras hoy por mí.

Amor, un relámpago en la oscuridad,
Amor, latigazo de electricidad,
Amor, terremoto sacudiéndome,
La noche se convierte en día junto a ti.

Corazón, corazón yo te pido amor,
Necesito sentir vibrar mi cuerpo,
Corazón, corazón haz que otra vez
En tus brazos me vuelva a estremecer,
Necesito tenerte para mí.

(Música: Yo Te Pido Amor)


- Estou surpresa... Creio que vocês já sabem que eu adoro essa série de impostores criada pela talentosa Celeste Bradley. Isso não é novidade. Só que eu me sinto meio chocada ainda por ter gostado muito desse livro...rsrsrs... Sabem por quê?! O protagonista desse livro é nada mais nada menos do que meu "amado" Dalton... Aquele Dalton que tratou a Rose com tanta frieza, que olhou com acusação para minha mocinha querida. O mesmo que era casado com a mulher que tinha tomado a Rose sob a sua proteção. E eu creio que já confessei aqui que o odiava. Eu o desprezava demais e não tinha a menor intenção de perdoá-lo por ter maltratado minha mocinha querida... por tê-la visto como um ser inferior e ter, inclusive e quase discretamente, ido contra o casamento da Rose com o sobrinho dele, meu Collis TDB. Eu o achava frio, arrogante e sem coração. Um homem que colocava o país acima das pessoas. Que protegia mais um nome, "Inglaterra", do que as pessoas que faziam parte do país. Eu o achava bastante parecido com o cretino do primeiro-ministro, Liverpool, e só agora descobri o motivo da semelhança... Enfim... Somente ao ler "Impostor Apaixonado" eu passei a ver o Dalton como um homem um pouco humano. Antes ele não era nada humano para mim... Foi só depois de ele apoiar a Agatha, ajudá-la quando o Simon lhe virou as costas, que eu resolvi que podia desprezá-lo um pouco menos...rsrsrs... Tinha ficado com raiva do Simon e queria até que o Dalton ficasse com a Agatha... até minha raiva passar, é claro. Enfim... Mas mesmo vendo o Dalton como um homem que tinha um coração de pedra pela metade (a outra metade era de carne mesmo), eu morria de medo de ler o livro que contaria a história dele. Achava que iria odiar o livro e não queria isso, pois aprecio de verdade essa série. Acho ela fantástica e as intrigas que há nela também contribuem para me encantar. Os problemas que os impostores enfrentam, a lealdade dividida entre o país e a mulher amada... as perseguições... tudo isso dá ritmo, intensidade aos livros. Você começa a ler a série e não quer mais parar, entende? Apesar de tudo isso, eu achei que iria odiar esse livro, mas isso não aconteceu. É o segundo melhor livro da série para mim...rsrsrs... (o primeiro é, claro, Desejo e Sedução)



- Isso não significa que eu não apreciei os momentos de sofrimento do Dalton. Mas, depois de ele ter me irritado algumas vezes e ter feito algo que eu achei bem estúpido, resolvi deixar meu ressentimento de lado (e o mau humor também) e olhá-lo com olhos justos. Já que detesto injustiças não podia continuar condenando-o sem tantos motivos assim, certo? E ele é um bom homem. Ainda me custa um pouco admitir isso, mas o Dalton provou ter seu valor e ser digno do amor da Clara. Inclusive, ele também ajudou a Rose nesse livro... ele não era aquela capa que mostrava. É uma pessoa que se importa com os outros e outra coisa: não buscava a aprovação de ninguém. Isso foi uma das coisas que mais me chamaram a atenção no Dalton, ao ler O Impostor. Achei uma atitude admirável. Agir sem se importar com o que os outros iriam pensar dele. Não ligar a mínima se gostavam dele ou não... Mas quando o motivo para isso foi revelado eu senti a compaixão tomando conta de mim. Quis lutar contra o sentimento, pois eu tinha que odiá-lo, mas não deu. Tão sozinho... levando uma vida tão sem sentido e lutando por uma causa nobre, mas fria. Sendo fiel a um homem que só o usou desde que ele era criança... que só via nele um instrumento que deveria ser manipulado constantemente. Eu senti muita compaixão dele, mesmo contra minha vontade. E isso foi bom, pois me fez ser justa. Realmente o que ele fez contra a Rose foi errado, foi precipitado e ele a magoou, mas errar faz parte da vida e ele não é perfeito. No final das contas, a Rose acabou se casando com o Collis e vivendo feliz. A atitude dele não a afetou de modo permanente. Acho que é hora de eu perdoar esse arrogante teimoso...rsrs... E, sinceramente, eu o perdoei... E a história dele acabou se tornando uma das mais especiais da série para mim. Esse teimoso acabou conquistando meu coração, acreditam?! Acho que o amo!kkkkkkk... Mas se ele cometer outra estupidez ao longo da série, juro que acabo com ele!


- Bem... que tal começarmos a entender essa série? Ou melhor, vou tentar explicar algumas coisas. Não garanto que irei me sair muito bem nisso, não...rsrs...


A série começa com o livro "Impostor Apaixonado" que faz parte da série Liar`s Club (conhecida como Clube dos Impostores/Mentirosos). Nele nós conhecemos a história de Simon, que era chefe dos impostores. Ele foi criado a partir de uma certa idade pelo pai do menino que ele salvou de um sequestro. O tal menino que não teve um relacionamento fácil com ele (por ciúmes... por achar que o pai gostava mais do Simon do que dele) se chama Nathaniel e tem seu próprio livro (O Lorde e a Camponesa - primeiro livro da série Royal Four - segunda parte dessa série). Bem... No livro do Simon, nós conhecemos outros dois espiões importantes: Dalton (antigo Cobra do grupo Royal Four... ele era um dos quatro "soberanos", mas desistiu do seu cargo para assumir o lugar do Simon, após ele se aposentar para casar com a Agatha) e James, irmão da Agatha e o segundo no comando do Clube dos Impostores. James também tem sua própria história contada no livro "A Espiã Que Me Amava". Basicamente, é uma série de espiões que trabalham para proteger a Inglaterra da ameaça provocada por Napoleão. Eles são assassinos quando tem que ser e eliminam aqueles que ameaçam, mesmo que seja levemente, a Inglaterra. A lealdade ao país tem que estar acima de tudo... absolutamente tudo. Esposas e filhos tem que vir em último lugar... pelo menos essa é a opinião do primeiro-ministro filho da mãe, Liverpool. E nossos espiões são completamente fiéis ao Liverpool, ao país até conhecerem suas amadas...rsrs... Depois que isso acontece, tudo muda. Não que eles decidam imediatamente colocá-las acima de qualquer lealdade ao país... mas sempre acabam escolhendo elas, o que enfurece o Liverpool (só para deixar registrado: eu odeio o Liverpool! Ele mandou matar uma pessoa querida!!! Ele adora manipular as pessoas e não vale um centavo), que tenta convencê-los a arriscar (e até eliminar) as amadas em vez de abandonar a "grande causa". Enfim... Ainda não conheço todos os livros dessa série e estou por fora de muitos acontecimentos. Não conheço todos os espiões e nem quais são todos os quatro espiões de elite que estão acima dos Impostores. Sei somente que o Nathaniel é um deles... desconheço a identidade dos outros três.


- É no meio de uma rede de intrigas e traições que nossos espiões conhecem suas amadas... e foi trabalhando em benefício da Coroa que o Dalton encontrou sua Clara...


- Simon havia se apaixonado e preferido ter uma vida "sossegada" ao lado de sua Agatha do que viver para sempre infeliz protegendo a Inglaterra. Agatha era sua luz, sua vida e nada podia ser mais importante para ele. E foi por isso que ele tomou a difícil decisão de abandonar a liderança do Clube dos Impostores, entregando-a para um homem de confiança, nosso Dalton.


- Dalton não tinha ninguém... nenhuma esposa que tivesse que proteger, que pudesse correr perigo pelo seu envolvimento em situações complicadas e aceitou assumir o lugar de Simon. Só que com o tempo aquilo deixou de ser suficiente. Seus espiões não o aceitavam como líder e o pior de tudo era ver a felicidade do seu amigo, Simon. Ver os olhares que ele trocava com a Agatha fazia Dalton sentir um gosto amargo na boca. Não por ele não desejar a felicidade do amigo, mas sim por não acreditar que poderia ser feliz também. Ter uma mulher que o amasse ao seu lado. Um lar... Durante muito tempo acreditou que estava acostumado com a solidão, que podia ser feliz sozinho em sua bela casa ou trabalhando para proteger a Inglaterra. Mas o casamento da Agatha com o Simon mudou tudo. Ele passou a desejar mais e lutou contra isso... até conhecer Clara. Foi aí que Dalton se viu numa situação complicada: ele tinha que escolher entre ela e a Inglaterra. E o pior: dependendo da sua decisão, a vida de Clara poderia chegar ao fim. Se ele escolhesse seu país... teria que entregá-la para a "justiça" e aconteceria com ela o que acontecia com quem provocava problemas: desapareceria... para sempre.


- Qual vocês acham que é a escolha do Dalton? Vou confessar: eu fiquei furiosa com ele. O achei muito estúpido num momento e senti meu coração se partir quando ele fez algo que eu não esperava. A dor da Clara me atingiu em cheio e eu desejei matá-lo! Porém...rsrs... Depois que a raiva passou, eu entendi a decisão dele. Não tinha sido uma traição, mas sim uma forma de ganhar tempo. Como posso explicar sem falar demais?! O Dalton faz algumas coisas que irritam e podem ser consideradas como traição a Clara, mas no final ele mostra que ela já ocupava o coração dele há muito tempo... ele faz algo que conquista nosso coração de vez.


- Eu achei linda a relação entre a Clara e o Dalton. A primeira noite de amor deles é belíssima e conseguiu me emocionar. As coisas que eles disseram, o carinho... deu para ver amor ali. A Clara, com seu jeito doidinho e justo (ela luta contra as injustiças provocadas pelos nobres e... por isso se mete numa grande confusão, que coloca sua vida em risco), conquista o coração do Dalton antes que ele próprio se dê conta disso. Eu achei emocionante a história de amor deles... o modo como tudo aconteceu. Clara deu sentido para a vida do nosso Dalton. Mudou toda a vida dele... fez ele ver que existem coisas mais importantes na vida. Que viver sozinho não é o melhor e que existia algo nele que o fazia merecedor do amor de alguém... do amor de uma pessoa especial. No final das contas, achei que ele encontrou a mulher ideal. Clara é perfeita para ele...

- Uma coisa que me entristeceu muito nesse livro foi ver como tudo começou a dar errado para o Nathaniel. Já li o livro dele e sei o quanto ele sofreu por sua escolha... por ter aceitado aquilo que o Liverpool decidiu fazer. Ver a Clara sendo forçada a destruir a reputação do Nathaniel foi bem difícil... Eles eram amigos. Ele a defendeu, protegeu e não merecia aquilo. Olha, eu acho que irei fazer uma festa quando o Liverpool finalmente cair. Porque aquele desgraçado tem que cair!!! Ele não pode continuar fazendo as coisas que faz, provocando o sofrimento das pessoas em nome do país e saindo impune de tudo. Eu quero que ele sofra por todo o sofrimento que tem causado. Irei ficar muito aborrecida se esse verme no final não pagar.

- Enfim... Achei o livro ótimo e totalmente digno das cinco estrelas. Assim como os outros livros da série que eu li, a leitura desse é deliciosa e muito fácil. Eu o li em poucas horas e não desejei interromper a leitura em momento algum. O achei mais intenso do que o primeiro e alguns acontecimentos me roubaram o fôlego, mesmo assim a leitura é fácil. Não existem muitos dramas... um livro para passar o tempo, porém do tipo inesquecível. :)



Ordem correta das duas séries:



1ª parte - Liar`s Club:


1º Impostor Apaixonado - CH 453 - séc. XIX, 1813
O Impostor - CH 424 - séc. XIX, 1813
3º A Espiã que me Amava - CH 435 - séc. XIX, 1813
4º Desejo e Sedução - CH 446 - séc. XIX, 1813
5º Adorável Trapaceiro - CH 427 - séc. XIX, 1813


2ª parte - Royal Four Club:




 O Lorde e a Camponesa - CH 445 - séc. XIX, 1813
2º A Primeira Noite de uma Mulher - CH 402 - séc. XIX, 1813
3º Um Espião em Minha Vida - CH 414 - séc. XIX, 1810
4º Adorável Mentirosa - CH 393 - séc. XIX, 1813


Bjs!

6 comentários:

Náh disse...

Ah... Eu já conhecia esse de outros blogs, mas ainda não li... Tenho uns romances aqui parados, mas acho que estou numa fase meio "sem romances", sabe? Eu começo a ler e logo paro... Nem sei por que!
Mas parece bom mesmo, apesar de não ter muito "drama"!
Bjinhos,
Náh

Renata Cristina disse...

Oi Luna!!

quanto tempo ... tô meio sumida né, nem tive mais tempo pra aparecer por aqui ...

Vou tentar reorganizar meu horário pra voltar a frequentar a blogsfera literário.

Menina!!! essa série parece muito boa, né, não lembro de vc ter escrito algo de ruim sobre nenhum dos livros da série.

Bjosss

ALEXIS disse...

Luna,
adorei sua resenha.
Eu já li as duas partes completinhas e digo que vc vai amar os outros espiões.
Vc vai se encantar pelo James e pelo Ethan. E tbm pelos membros Do Royal Four.
Vou parar por aqui senão vou dar com " a língua nos dentes" e contar as coisas, kkk
Bjus

Bruna Fernandes disse...

Uau! Resenha um pouco extensa rsrs fiquei super curiosa para ler este livro.Aki perto da minha casa eu não consigo achar livros assim,na internet deve ter para comprar né! Bjos

Luna disse...

kkkkkkkkkk...


Alexis, eu já estou completamente apaixonada pelo James! Que homem é esse, meu Deus! rsrs... Eu digo e repito: queria um James assim para mim, com todos os seus defeitos e qualidades! Vale muito a pena! :D

Estou começando a ler o livro do Ethan e já gosto bastante dele...rsrs... Espero amá-lo tbm!


Náh,

Espero que essa fase sem romances passe logo. Eu acho que os romances fazem muito bem para nossa saúde mental e não consigo me imaginar numa fase assim. Enlouqueceria! rsrs...


Bjs, meninas!

Luna disse...

Olá Tina!


Eu estava sentindo sua falta, flor! :) Tbm não tenho tido muito tempo para visitar e comentar nos outros blogs. O seu eu tenho lido com uma certa frequência ainda, mas por ter problemas na hora de carregar os comentários, não tenho comentado. :( É que não tenho tempo de esperar carregar, mas vou colocar os comentários em dia! rsrs...

Não entendo porquê, mas seu comentário só caiu para mim aqui hoje...

Sim! A série é maravilhosa e creio que não irei detestar livro algum dela! É um livro melhor do que o outro, Tina! Os mocinhos que eu mais amo até agora são: Collis e James! Eles são os maus caminhos inteiros, amiga! rsrsrs...


Bruna,

Não sei te responder isso, mas espero que vc encontre! :)


Bjs!

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.