O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!

O AMOR VERDADEIRO JAMAIS MORRE!
O coração de uma mulher é um oceano de segredos

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Imagem Real - Lynne Graham

(Título Original: The Billionaire's Trophy
Tradutora: Vera Vasconcellos
Editora: Harlequin
Edição de: março de 2015)

Noivas Desafiadoras 3/4

Em seus braços... e em sua cama?

O que a foto de sua estagiária estava fazendo em um site de acompanhantes? Bastian Christou não sabia se ficava mais surpreso com a vida dupla ou com aquela imagem deslumbrante! Entretanto, o que mais o intriga é o fato de Emmie Marshall ter conseguido esconder tão bem suas curvas. E agora que Bastian terá de encontrar sua ex-noiva, Emmie pode ser a solução perfeita para mantê-la a distância. 

Emmie fica possessa ao ser confrontada por seu chefe, pois não tinha a menor ideia de que sua foto estava na rede. Mas o contrato já havia sido assinado e ele tinha todo o direito de reclamar seu prêmio.


Palavras de uma leitora...


 "A mãe a encarou com olhar desafiador. 
- Você me deve dinheiro e pretendo cobrar."

- Emmie não cansava de se condenar por haver sido tão ingênua. Onde estava com a cabeça quando aceitara o convite de sua mãe? Como pode acreditar que alguém que abandonara as próprias filhas e jamais se arrependera poderia querer restabelecer algum laço com ela agora? Se sua vida se encontrava de cabeça para baixo naquele momento, a culpa era toda sua. E ela não sabia se doía mais ser vista por Bastian como uma mulher que vendia o próprio corpo ou... se o que mais lhe machucava era saber que para a mãe não passava de um objeto que ela poderia usar para enriquecer. 

Durante toda a vida Emmie se sentiu um estorvo. Sabia que não tinha sido desejada pela mãe, sabia que a mãe sequer suportava olhar para ela, que era a filha mais débil, mais tímida, mais inútil que tivera. E depois que sofreu um terrível acidente aos 12 anos, que a deixou condenada a uma cadeira de rodas durante quase toda sua adolescência, seu pai saiu de sua vida e sua mãe entregara as três filhas ao Estado. Se não fosse por Kat, não sabia o que teria sido dela. Se havia conhecido um pouco de amor, foi através da irmã que lutou para dar a elas o lar que não teve. Mas seu acidente cobrou um alto preço: como se não bastassem as marcas que carregaria para sempre em seu corpo, o laço que até então existia entre ela e a irmã gêmea se rompeu, pois Emmie já não era capaz de suportar ver na irmã tudo que ela jamais seria. Não importava se as pessoas a julgariam invejosa ou egoísta, lhe machucava demais estar perto de Saffy e ver o sucesso que a irmã era enquanto ela sempre seria um total fracasso.  

De certa forma, Emmie se desligara das relações familiares e se focara nos estudos, disposta a refazer sua vida da melhor maneira possível, por mais que guardasse mágoas dentro de si que não sabia se um dia seria capaz de superar. Mas uma decepção na época de faculdade, deixou seu coração ainda mais vulnerável e ela passou a ser uma sombra de si mesma, escondendo-se por trás de roupas que detestava, tentando suportar a vida que levava e se convencer que estava satisfeita daquela forma. Que tudo que queria para si era uma carreira de sucesso. Nada mais. Não poderia se permitir desejar nada mais. Ainda que... ao olhar para Bastian esquecesse até o próprio nome e sentisse dentro de si uma ânsia por ser querida, por se sentir especial e amada... nem que fosse apenas uma vez... Será que era pedir demais? Será que realmente merecia pagar um preço tão alto por esse sonho? 

"Os olhos cor de ouro derretido emoldurados pelos cílios longos se fixaram nela. 
- Pare de brigar comigo. Isto é infantil. Eu me desculpei...
- Ele pediu desculpas!- disse Emmie, irônica. - Estou impressionada."

- Ao conhecer Emmie, Bastian sabia que estava pagando por cada um dos seus pecados. Não existia uma só mulher que fosse capaz de insultá-lo, irritá-lo e enlouquecê-lo como ela. Toda tranquilidade que ele planejasse ter naquele final de semana se mostrava cada vez mais distante. Mas ainda assim... e ele não sabia por que diabos... desejava manter aquela fera ao seu lado... precisava da companhia dela. Por mais venenosa que fosse. 

"E aquele era o homem com quem decidira se deitar? Só tinha a lamentar a péssima escolha."

- Eu estava relutando em começar a leitura deste livro. Porque a mocinha da história é aquela "criatura" que surgiu no primeiro livro e torrou minha paciência lá, lembram? Eu peguei uma antipatia muito grande por ela pelas coisas que ela disse para a irmã, mesmo ela não tendo a intenção de ofender nem nada. Mas ela foi tão arrogante, egoísta e insensível que eu quis esganá-la. Só que conhecer a Emmie em sua própria história só me fez recordar duas coisas bastante importantes: nunca julgue precipitadamente uma pessoa. E... toda história possui dois lados. Foi muito fácil julgá-la baseada em poucas palavras e em sua aparente insensibilidade. Mas eu não fazia a menor ideia do que havia por trás daquilo. Do que ela tinha passado antes de voltar para a casa da irmã e desejar encontrar um refúgio ali. 

- No primeiro livro, que conta a história da Kat, nós ficamos sabendo logo de cara que a Emmie está grávida. Ela volta para a casa da irmã após passar uma temporada na casa da mãe. Além de deixar claro que está grávida, não há nada que se possa fazer sobre o assunto e que ela vai ter o bebê quer queiram ou não, Emmie também se nega a falar sobre o pai da criança e tudo que se passou. E parece desenvolver um ódio de todos os homens em geral. E a visão que temos dela é de uma mocinha bem amarga que não pensa antes de dizer as coisas. Mas quando finalmente a conhecemos... toda essa ideia se desfaz. 

"Era quase impossível resistir a Bastian, mas havia uma coisa chamada bom senso e estava mais do que na hora de exercitá-lo sobre suas tendências autodestrutivas."

- A história entre Emmie e Bastian começa quando ela vai fazer um estágio temporário em sua empresa e um amigo dele, ao encontrar a foto dela num site de acompanhantes de luxo, resolve partilhar a informação com o nosso mocinho. Que mal consegue acreditar, é claro, já que na empresa Emmie se vestia como um "espantalho" (segundo as palavras dele) e naquela foto estava linda. Chocado e construindo uma ideia dela a partir daquela informação, decide contratar os serviços dela por um final de semana. Tinha que comparecer ao casamento de sua irmã e sua ex-noiva era justamente uma das madrinhas do casamento. Como a situação entre os dois estava "delicada" e ele não queria que a irmã tivesse nenhum aborrecimento nesse dia, decidiu ir acompanhado. Mas como não se sentia preparado para começar relacionamento algum com outra mulher, tinha que ser alguém que não confundisse suas intenções. E quem melhor do que sua linda estagiária? Não havia nada de errado naquilo... Pelo menos era nisso que ele queria acreditar. 

" - Não está acostumado a esperar e eu a me entregar."

- De modo algum eu poderia esperar que fosse me apaixonar por esta história! Isso não tinha sequer passado pela minha cabeça. Eu dei por certo que a odiaria e acabei me surpreendendo de uma forma maravilhosa. Sabe um casal delicioso, que te emociona e te faz rir com extrema facilidade? Emmie e Bastian são exatamente assim. Com eles eu me emocionei e também ri bastante. E me peguei desejando que a história não terminasse. Quanto mais o livro se aproximava do fim, mais desanimada eu me sentia. Eu queria que eles se acertassem, torci muito por eles dois e achei o livro inteiro precioso. E o final fechou a história com chave de ouro. No entanto... eu não quis que acabasse. E ainda sinto uma dorzinha no coração por conta disso. 

- Quando conhecemos o Bastian, queremos matá-lo. Não tem como desejarmos outra coisa. Ele é insuportável, cheio de pré-conceitos e tão sensível quanto uma pedra. Como nós sabemos o que leva a mocinha a aceitar aquele "contrato" e ser acompanhante dele, por mais que ela soubesse que ele a via como prostituta por causa daquela profissão... acabamos por voltar toda nossa raiva na direção dele. É claro que ele não sabia o que nós sabíamos (risos), mesmo assim o detestamos. Só que a Emmie não é o tipo de mocinha que aceita as acusações e ofensas e fica calada ou começa a chorar, sem ter atitude para se defender. De modo algum. Ela tem uma língua afiada e nenhuma paciência com homens como ele. Logo no início faz questão de apontar suas falhas e deixar claro que ele não a impressiona. Que ela o vê com péssimos olhos!rsrs... E o mocinho se sente indignado por conta disso, porque ninguém jamais se atreveu a falar com ele como ela ou zombar dele como ela zombava.rsrs... Mas o mais divertido e tocante nisso tudo é que a partir das "observações" que ela faz sobre ele, o Bastian passa a modificar suas atitudes. E isso realmente me encheu de ternura. O que ele nunca fez com outras mulheres, ele passa a fazer com ela, descobrindo em si uma gentileza que ele próprio não sabia que possuía.kkkkkkkk... E o mais terno é que ele queria que a Emmie notasse que ele estava mudando, mas como nossa mocinha é vingativa e rancorosa fingia não perceber. Eu sentia muita pena dele nesses momentos. 

Por mais curta que a história seja, nós conhecemos profundamente o casal. E o Bastian sofre uma séria transformação ao passar do tempo. Ele dizia para si mesmo que não a amava. Repete e repete a mesma coisa para si mesmo durante quase toda a história, mas nós notamos que ele apenas sente medo de admitir dentro de si um sentimento que o deixaria vulnerável e para o qual ele não se considerava preparado de modo algum. Tanto ele quanto a mocinha tiveram uma infância traumática e ele ainda carregava as marcas dessa época. Não queria amar, entendem? Mas também não podia deixar a Emmie ir embora. A queria em sua vida e se via muito perdido por causa disso. 

"Era certo que havia se equivocado, lhe ferido os sentimentos, sido grosseiro, mas Emmie precisava guardar rancor?"

- Diferente da maioria dos mocinhos da autora, o Bastian sabe reconhecer que cometeu um erro e pedir perdão. Mas acontece que a Emmie não sabe perdoar.kkkkkkkkk... E ela não o deixa esquecer nenhuma de suas palavras ou atitudes. E assim que ele comete um novo erro, ela joga os erros anteriores em sua cara!rsrsrs... Me diverti tanto nesses momentos! A Emmie é impossível e é muito fácil amá-la nesta história! :)

- Toda a raiva que ela me provocou no primeiro livro morreu quando eu li a história dela. Agora posso compreendê-la e saber o que a levou a dizer aquelas coisas que tanto me irritaram. Conforme eu fui conhecendo seus pensamentos e seu passado, e também a forma como ela se sentia quando a comparavam com a irmã, eu senti muita vontade de protegê-la. É uma mocinha que estava com a autoestima totalmente destruída e morrendo de medo até mesmo de sonhar. Se julgava uma pessoa que não merecia nada e mesmo querendo ter a irmã de volta em sua vida, sentia receio de entrar em contato porque era uma relação agridoce. Porque por mais que quisesse o bem da irmã não podia evitar sentir-se ainda pior quando ela estava por perto. Se nós nos colocamos no lugar da Emmie entendemos perfeitamente o que ela sentia. E o quanto aqueles anos foram difíceis para ela. Por mais que eu odeie a mãe dela pelo que fez, por aquela maldita e suja chantagem, não posso deixar de pensar que se não fosse por causa daquilo... a Emmie talvez jamais tivesse se dado uma chance. 

"Sou seu, a qualquer momento que deseje, khriso mou. Não costumo bancar o difícil."

- Como eu estava dizendo (risos), esse casal me divertiu muito! A Emmie tinha uma séria mania de ficar dizendo provérbios e o Bastian que no início ficava ainda mais irritado quando ela fazia isso, aprendeu a devolver da mesma forma. E eu achava esses momentos encantadores! :) Por mais que seja apaixonada pelo casal da primeira história, Emmie e Bastian conseguiram se tornar ainda mais especiais para mim. Foi algo que eu não esperava. Um sentimento inevitável. 

Além de todas as mudanças que o mocinho sofreu e tanto me emocionaram, é muito difícil ver um mocinho da LG reagir de maneira tão fofa a uma notícia de gravidez. A alegria do Bastian foi tão inesperada e deliciosa que o livro ganharia 5 estrelas só por conta disso! :D É uma história simplesmente linda, gente. Que eu amo e que merece muito ser lida! 

" - Eu a amo - murmurou Bastian com uma intensidade tocante. Os olhos dourado-escuros cravados nos dela. - E finalmente entendi o quanto este sentimento pode enriquecer minha vida."


Série Noivas Desafiadoras

Imagem Real
4º Desafiando o Destino

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos!

Porém, existem duas regras:

1º Comentários cujo ÚNICO objetivo seja divulgar seu blog, um sorteio ou algo do gênero, serão excluídos;

2º Comentários ofensivos também serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog, basta mandar um email para luna.emocoes_leitora@hotmail.com e eu responderei o mais rápido possível.